Em 2005 nas terras de Cebreros, Castilla y León, Espanha, nasceu um projeto chamado Zerberos Villa, com a idéia de refletir o melhor das uvas de Cebreros nos seus vinhos.
Em termos gerais, Cebreros tem dois tipos de solo, areia de origem granítica, ardósia e xisto, que situam-se entre 750 e 800 metros. As vinhas velhas tem mais de 90 anos, prestes a ser centenárias. Os vinhedos de ardósia Garnacha são quase 50 anos e uma fazenda de cerca de 100 anos que estão entre 850 e 900 metros. Três fazendas: El Gato, El Galayo e La Movida.
Zerberos Villa não tem a sua própria adega, que não está impedindo-o de concluir um trabalho meticuloso, respeitando os terroirs diferentes daqueles de seus garnachas. Desta forma, os vinhos são feitos em pequenos tanques de aço inoxidável, misturando o velho com técnicas modernas. A fim de respeitar a máxima pureza do vinho, que não são filtrados.
O enólogo Daniel V. Ramos é formado em Madrid, da nova geração de grandes enólogos espanhóis, tem a vantagem de ter crescido entre o novo e o velho mundo do vinho e da vinha, selecionando o melhor dos dois mundos para fazer seus vinhos. Após os estudos históricos, trabalhando por toda a Espanha viu futuro nas vinhas Garnacha de Cebreros, e decidiu começar a vida e fazer história com Zerberos vitícolas e 7 Navas.

Zerberos Viento Zephros 2008 – Espanha – Castilla Y Leon – Idade das vinhas : mais de 70 anos – Uvas: 84% Sauvignon Blanc e 16% Albillo – 9 meses de carvalho francês – Não Filtrado -produção: 1.574gfs + 6 Magnuns – R$ 116,00 – Biodinamico – ST(90)

  • Feito com Sauvignon Blanc e uma parcela da uva nativa Albilo, envelhecido e fermentado em barricas de carvalho por nove meses, mostra uma personalidade única. Visual amarelo claro, seus aromas aparecem melhor com temperatura um pouco mais quente, mostrando tostado, floral, cítrico. Na boca boa acidez, untuoso e uma boa persistência. Ontem postei sobre a história de seu rótulo, muito interessante, sendo feito pelo vento .

Zerberos Pizarra 2006 – Espanha – Castilla Y Leon – Produção: 988 gfs e 15 Mgs – 12 meses em carvalho francês – Não Filtrado – 100% Garnacha – Vinhas com 50 anos – Daniel Ramos – R$ 264,00 gf – ST(95+)

  • Os dois tintos da linha Zerberos mostram características distintas, o Pizzara 2006, uma combinação de potencia e elegância, aromas de menta, verniz e frutas vermelhas. Boca gorda, super aveludado, boa acidez e um final muito longo!

Zerberos Arena 2007 – Espanha – Castilla Y Leon - Idade das Plantas 100 anos – 100% Garnacha – 14 meses em Barrica francesa – Não Filtrado – Produção 1098 gfs 24 mags – R$ 379,00 gf – Produtor: Daniel Ramos – R$ 379,00 – ST(96+)

  • O Arena 2007 já mostrou outros aromas como humus, terra molhada, compota de framboesa. Na boca o que impressiona nesses vinhos é o equilíbrio, um tripé perfeito entre taninos acidez e álcool.

Estes vinhos fazem parte no novo portfólio da importadora Casa do Porto, e já está disponível para venda.