A Argentina é considerada como uma das nações mais dinâmicas produtoras de vinho no mundo, e possivelmente a mais importante região vinícola da América Latina . Apenas quatro países no mundo produzem mais vinho que a Argentina. Investimentos consideráveis, foram feitos em novas vinhas e tecnologia de vinificação nos últimos anos, que junto com o plantio de variedades. A região de Mendoza é a região mais importante na indústria do vinho de Argentina .
 O Riglos Gran Corte é a prova de tudo isso, com sua primeira safra em 2005, utiliza uvas cultivadas no vinhedo Finca Las Divas , localizado a 1.250 metros de Tupungato, Mendoza. Passa por 18 meses em carvalho francês e é um blend de Malbec (55%) e Cabernet Sauvignon (45%).  
Notas de Prova:
 
Visual roxo brilhante, aromas agradéveis de cereja, amoras e leve cedro. Na boca se mostrou apesar de ser novo com uma maturidade, estando equilibrado com taninos macios, fruta integrada sem estar enjoativo, boa acidez e uma longa persistência. Vinho do confrade Luiz Cola.  

Argentina – Mendoza – Malbec e Cabernet Sauvignon – 14,5% – ST(91+) – 198,00