O Espírito Santo Restaurant Week chega a 10ª edição sugerindo o tema da gastronomia saudável aos menus dos 40 estabelecimentos participantes. O festival gastronômico será realizado entre os dias 16 e 29 de março, com uma novidade na semana posterior ao término. Pela primeira vez aqui no Estado, os menus promocionais continuam pelos dias 30 de março a 5 de abril, com exclusividade para clientes Banescard. Outra novidade da edição é a destinação das arrecadações sociais, que pela primeira vez serão entregues à Santa Casa de Misericórdia de Vitória, que destinará o valor para a área de atendimentos oncológicos. A cada menu vendido, o Restaurant Week arrecada R$ 1,00 de doação.

Os menus contarão com duas opções de entrada, prato principal e sobremesa, no valor de R$ 37,90 no horário do almoço e R$ 49,90 no jantar. Alguns restaurantes foram além, como é o caso do Ristorante Valentina, que criou três opções de entrada, prato principal e de sobremesa, tanto no almoço como no jantar. Ao todo, o 10° Espírito Santo Restaurant Week conta com 474 opções de combinações de menus. São 198 combinações para o almoço e 276 para o jantar.

Comm tudo isso, mais uma vez o evento permite que o capixaba viaje pela gastronomia, já que entre seus 40 participantes há casas com especialidades da culinária japonesa, argentina, brasileira, francesa, portuguesa, árabe, suíça, e a italiana, que novamente é recorde no evento, totalizando 12 estabelecimentos com essa especialidade.

Além dos 26 restaurantes de Vitória e 11 de Vila Velha, agora Serra, Colatina e Nova Venécia também contam com seus representantes no festival. Na Serra, o restaurante Casa de Mestre, em Manguinhos participa pela primeira vez do evento. Em Colatina, a participação é do Restaurante Drink e em Nova Venécia é o Don Benin. Por aqui, mais uma vez destaca-se o bairro de Jardim Camburi, que firma-se como um novo pólo gastronômico. O circuito do Espírito Santo Restaurant Week é ainda uma opção para rechear de sabor a Semana Santa para aqueles que fazem o jejum de carne, já que 35 dos 40 participantes oferecem menus sem carne vermelha ou vegetarianas.

O tema leva os chefs a usar muita criatividade, mantendo o sabor e qualidade somados a um menu leve e saudável. Exemplo disso é o prato  “três mares”, do restaurante Aldeia da Ilha, que leva tentáculo de polvo, bacalhau e filé de salmão, cenoura, brócolis e arroz sete grãos; o menu do Le Méditerran conta com anéis de lula marinados ao azeite de oliva com pimentões vermelhos servido com arroz ao molho de tomate aromatizado ao açafrão e ervilhas frescas, a entrada do restaurante conta ainda com um petit gâteau salé, versão leve o tradicional bolinho francês, que é recheado com ragoût levemente apimentado de tomate pelati e atum ao azeite extra virgem; no Aroeira Bistrô e Armazém, um supremo de salmão grelhado com risoto aromático de gengibre marinado na seiva cítrica de laranja-da-China é destaque. O d’Bem elaborou uma sobremesa zero glúten e zero lactose cheia de sabor, um shot de cuscuz de castanha e abacaxi caramelado. 

 Todos os restaurantes e pratos –