Pois é meus amigos, se 2015 vai ser bom eu não sei não, mas o começo está maravilhoso, rs. No início dessa semana participei junto com os amigos Felipe Colombo, Wellington Andrade, Marcos Fonseca e o anfitrião Aldir Almeida na Varanda “NALOCA” de uma noite vínica de tirar o folego, mágica, com vinhos raros, magníficos, excelente gastronomia e muitas risadas. O encontro teve quatro etapas. Começou com os champagnes Dom Perignon Vintage 2004 (Felipe), Krug Grande Cuvée Brut NV (Marcos) e Dom Pérignon Rosé Vintage 2003 Jeff Koons Edition (Wellington), seguiu com duas safras, 1966 (Silvestre) e 1985 (Aldir), do mais ilustre vinho tinto português, o Barca Velha – tentamos finalizar com o magnifico Taylor´s Fladgate Quinta de Vargellas Vintage Port 1968 (Silvestre) e fomos surpreendidos pelo anfitrião com um Pera Manca 1995 para fechar a noite. Nesse primeiro poste vou falar sobre as champas que foram devidamente harmonizadas com um Mariscada divina, foto abaixo:

Mariscada do chef Aldir Almeida

Dom Perignon Vintage 2004

Na taça mostrou um perlage finíssimo, notas florais e cítricas, com pouco tostado (panificação). Um vinho de médio corpo, muito elegante, com paladar extremamente fresco, e mineral, com ótima acidez e persistência eterna. Nota (ST): 91/100

Krug Grande Cuvée Brut NV

Bem diferente que o DP, maior concentração e estrutura, porém fresco, cremoso e elegante. Notas de malte, nozes, castanhas, mel, frutas maduras, vindas de uma mescla de cerca de 40 vinhos base de até 10 safras diferentes. Nota: (ST): 92/100

Dom Pérignon Rosé Vintage 2003 “Edição especial assinada pelo artista plástico Jeff Koons”.

Considerado por Richard Geoffroy a joia da maison, o champanhe Rosé tem uma perfeita escolha da uva branca (chardonnay) que equilibra a forte personalidade da tinta (Pinot Noir), seguido do envelhecimento de oito a dez anos nas adegas. Sublime! Visual casca de cebola, untuosa espuma, finíssimo perlage, e uma riqueza aromática e gustativa fazem do Dom Pérignon Rosé um champanhe realmente especial. Refrescante e sedoso. Nota (ST): 96/100