Quatro décadas, quatro variedades. Este gran assemblage é resultado do equilíbrio entre vinhos da safra 2012: 40% Merlot, 30% Cabernet Sauvignon, 15% Tannat e 15% Nebbiolo. Fruto de uma colheita particular com cuidados rigorosos e da sensibilidade e técnica em todo o processo de elaboração, o Dal Pizzol 40 Anos é um exemplar histórico desta combinação entre natureza e cultura. “Assim, nos é permitido acreditar que este vinho aconteceu para comemorar a passagem dos 40 anos de trabalho, dedicação e perseverança de um grupo de pessoas em torno de um objetivo herdado de gerações abençoadas. Mas, pode também ter sido resultado consciente ou inconsciente de uma cultura que vem acompanhando o homem desde os primórdios da história da humanidade e que, modernamente, se expressa no conceito de que o vinho não é só um produto agroalimentar, mas um produto cultural”, destaca Dal Pizzol. São 3.520 garrafas em lote único comercializadas em caixas de madeira com quatro garrafas.


O enólogo Dirceu Scottá, Rinaldo e Antônio Dal Pizzol (foto acima)

Para o diretor presidente da vinícola, Antônio Dal Pizzol, também fundador e irmão de Rinaldo, o vinho é um presente a ser compartilhado. “O que somos, de onde viemos, por onde andamos e o que desejamos a todos que se relacionam com a Dal Pizzol pode ser degustado em cada gole deste vinho. Inovamos em tecnologia e conhecimento, mas nunca deixamos de lado a sábia vocação de quem iniciou esta trajetória com amor pelo saber e fazer. Esse é o nosso mais valioso bem”, declara Antônio Dal Pizzol.

Para o enólogo da vinícola, Dirceu Scottá, elaborar e conceber a composição deste vinho é algo gratificante e ao mesmo tempo um compromisso de altíssima importância. “Traduzir em um vinho quatro décadas de histórias, aprendizado, cultura, humildade e conhecimento não é tarefa fácil. Mas como todo vinho é também um filho, tentei criá-lo e encaminhá-lo para que tenha uma vida longa, repleta de sucesso e realizações. Este é o vinho Dal Pizzol 40 anos“, declara o enólogo da vinícola, Dirceu Scottá.