Hoje estive almoçando no restaurante Vitória Bistrô, da Chef Sylvia Lins, com alguns amigos. Além de provar os saborosos pratos elaborados para o Restaurant Week, tive a oportunidade de degustar o vinho chileno Acróbata 2011, mais uma aposta de Jaime Rosello, Diretor Veramonte Wines & Neyen de Apalta, com a assessoria enológica Patrick Valette, nosso velho conhecido.

É elaborado na região de Entre Cordilheiras, uma das zonas vitivinícolas mais antigas do Chile, que tem a mesma distancia entre o mar e a cordilheira, recebendo a influência de ambos, dando origem a vinhos tintos encorpados com notável capacidade de guarda. Com 69% Cabernet Sauvignon e 31% Carmenère, leveduras indígenas e 15 meses de barricas francesas, apresentou aroma franco, alegre, que se mostrou de imediato, sem a necessidade de aerar, deliciosas notas de frutas vermelhas, florais, de grafite e especiarias. No paladar confirmou as notas do nariz, uma textura aveludada, fresco, pedindo o próximo gole. O álcool não incomoda. Produção: 17.488 garrafas. Quer saber se vale o preço?…depende do seu bol$o. Custa R$ 168 na Espaço Doc e Ville du Vin.