Texto publicado originalmente na coluna Vivendo a Vida | Caderno Prazer & Cia | Jornal A Gazeta

Virada a página de 2013, é hora de fazer uma retrospectiva, analisar o que deu certo, o que não deu e traçar metas e objetivos para o ano que acaba de começar. Meu 2013 foi espetacular, pessoalmente e profissionalmente, de muito aprendizado, com viagens, eventos e participações no júri de diversos concursos. Avaliei mais de mil rótulos.

Não poderia esquecer do meu início aqui no jornal, como colunista. Só tenho a agradecer a Deus por realizar meus sonhos e me dar a oportunidade de fazer o que gosto. É um verdadeiro “vidão”, como dizia meu falecido pai.

Critérios

Os critérios que utilizei para a escolha dos rótulos passam por qualidade, valor (limite 200 reais), disponibilidade no mercado capixaba ou pela internet e, finalmente, o gosto pessoal, um critério bastante subjetivo. Mas os vinhos são assim. Os sugeridos a seguir são de safras novas, facilmente encontrados no mercado, vinhos dos quais gostei muito e compraria para beber novamente. Ficaram de fora da seleção grandes ícones de safras antigas, que muito aprecio. Porém essa informação seria de pouca utilidade ao leitor, pura soberba.

Pesquisando os vinhos para classificar e incluir na lista, lembrei-me de cada momento, dos aromas e dos sabores, das conversas com amigos… foi incrível. Nada melhor do que ter o direito de desfrutar de um bom gole dessa bebida. Afinal, ao contrário do que alguns sugerem, degustar é um ato simples. Basta ter um abridor, uma taça e uma garrafa de boa marca e safra. Se a companhia for agradável, melhor ainda.

Desejo a todos um 2014 repleto de saúde, paz, realizações e bons caldos na taça. Até a próxima!

Vinho do Ano

Santa Ema Amplus Carignan 2009: aroma gostoso, com mentol, coco e baunilha (que também aparece em boca). Prazeroso, com ótima acidez, pede o próximo gole. Tinto longo e equilibrado, impressiona na taça. Campeão. R$ 79 | Onde: Wine Vix

Branco do Novo Mundo

Bravado Wines Marina 2011 Sauvignon Blanc: visual amarelo esverdeado e aromas minerais – nota de cajá evidente e encantadora. Paladar muito fresco, com acidez viva e bem equilibrada. Vinhaço! R$ 73 | Onde: Buywine.com.br

Tinto do Novo Mundo

Manso de Velasco 2009: 100% Cabernet Sauvignon de aroma intenso (cânfora, mentol e ameixa em calda). Paladar de bom corpo, taninos sedosos e boa acidez. Equilibrado e longo. Onde: Devinum.com.br | R$ 200

Branco do Velho Mundo

Esporão Reserva 2012: nariz com uma boa salada de frutas (abacaxi, tangerina, pêssego) e toque mineral. Paladar gordo, com notas frutadas e minerais. Saboroso, com ótima acidez. Final longo e equilibrado. R$ 80 | Onde: Ville du Vin

Tinto do Velho Mundo

Poliphonia Signature Tinto 2009: corte nada habitual de Syrah e Alicante Bouschet. Aroma intenso (coco, caramelo e frutas). Paladar gordo e retrogosto intenso, marcado pelo coco. 18 meses em carvalho. R$ 160 | Onde: Carone

Espumante Brasileiro     

Alma Única Nature: método champenoise. Borbulhas finas e persistentes. Seu aroma intenso e complexo lembra frutas secas e um delicioso tostado. Na boca, é estruturado, refrescante e longo. R$ 48 | Onde: Almaunica.com.br

Brasileiro do Ano

Miolo Lote 43 2011: de aroma intenso e complexo. Notas de frutas vermelhas e negras, florais, minerais e madeira sutil. Boca macia, fresca, com ótima acidez. Estruturado, longo e equilibrado. R$ 118 | Onde: Wine.com.br

Custo-benefício do ano

Paulo Laureano Clássico Tinto 2011: aroma de frutas frescas, ameixa e amora (toque de especiarias). Paladar leve e fresco, equilibrado. Bem-elaborado. Excelente custo-benefício. R$ 29 | Onde: Carone