Jim Barrett, proprietário do Chateau Montelena, em Napa Valley, cujo seu chardonnay chamou a atenção do mundo com um primeiro lugar na celebre degustação Julgamento de Paris em 1976, morreu na quinta-feira. Ele tinha 86 anos.

A causa da morte foi “uma vida bem vivida”, disse Bo Barrett, seu filho, que agora assumiu a Montelena.

O vinho vencedor, um chardonnay de 1973, foi um dos primeiros vinhos que Barrett feitas depois que sua família comprou a propriedade Montelena.

Eles não sabiam que aquele resultado transformaria completamente o mercado de vinho, dando início a uma idade de ouro para a vinicultura que estende o mundo do vinho para além dos sacramentados limites da França – para Austrália, Chile, América do Sul, Nova Zelândia e por todo o globo. A prova foi amplamente divulgado na imprensa, ganhou filme é foi capa da revista Time.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook