O crítico de vinhos Marcelo Copello, um dos mais respeitados do Brasil, acompanha de perto, desde 1995, a evolução do vinho brasileiro. Ao longo deste caminho, constatou, ano após ano, quase sempre o mesmo: a indústria brasileira segue firme em sua escala de qualidade. Na prova deste ano, publicada no “Anuário Vinhos do Brasil 2013” ficou evidente este avanço. Primeiro no que diz respeito à quantidade: nunca tiveram tantas vinícolas participantes. Foram 85, que permitiram a prova de 554 vinhos nacionais, quase o dobro do ano anterior. No aspecto qualitativo, o avanço também se fez notar. No ano passado, foram 42% dos vinhos com 85 pontos ou mais; neste ano; este percentual subiu para 57,7%, com 325 vinhos com 85 pontos ou mais. Das vinícolas participantes, 81 tiveram ao menos um vinho classificado, ou seja, quase todas apresentaram um produto de bom nível. Segue a lista abaixo:

Cortes Tintos

Quinta da Figueira Reserva Perpétua Lote ll (Florianópolis – SC) – 90 pontos

Suzin Zelindo 2008 (São Joaquim –SC) – 90 pontos

Don Abel Don Gran Reserva 2005 (Serra Gaúcha – RS) – 89 pontos

Almaúnica Super Premium Quatro Castas 2010 (Vale dos Vinhedos – RS) – 89 pontos

Quinta da Figueira Reserva Perpétua Lote l (Florianópolis – SC) – 89 pontos

Salton 100 anos 2008 (Bento Gonçalves – RS) – 89 pontos

Cabernet Sauvignon

Don Abel Rota 324 Cabernet Sauvignon 2005 (Serra Gaúcha – RS) – 90 pontos

Aurora Millésime Cabernet Sauvignon 2009 (Serra Gaúcha – RS) – 89 pontos

Basso Monte Paschoal Dedicato Cabernet Sauvignon 2011 (Farroupilha – RS) – 89 pontos

Valmarino Cabernet Sauvignon 2009 (Bento Gonçalves – RS) – 89 pontos

Don Abel Cabernet Sauvignon Premium 2005 (Serra Gaúcha – RS) – 88 pontos

Merlot

Miolo Terroi Edição Limitada 2009 (Vale dos Vinhedos – RS) – 89 pontos

Dom Cândido Documento Merlot 2009 (Vale dos Vinhedos – RS) – 88 pontos

Pizzato Reserva Merlot 2009 (Vale dos Vinhedos – RS) – 88 pontos

Salton Desejo Merlot 2007 (Serra Gaúcha – RS) – 88 pontos

Don Abel Reserva Merlot 2006 (Serra Gaúcha – RS) – 88 pontos

Tannat

Valmarino Tannat 2011 (Bento Gonçalves – RS) – 89 pontos

Don Abel Reserva Tannat 2008 (Serra Gaúcha – RS) – 88 pontos

Antônio Dias Tannat 2009 (Alto Uruguai – RS) – 87 pontos

Casa Venturini Reserva Tannat 2009 (Flores da cunha – RS) – 87 pontos

Don Laurindo Reserva Tannat 2008 (Vale dos Vinhedos – RS) – 87 pontos

Pinot Noir

Pericó Basaltino Pinot Noir 2011 (São Joaquim –SC) – 89 pontos

Basso Monte Paschoal Dedicato Pinot Noir 2011 (Farroupilha –RS) – 88 pontos

Angheben Pinot Noir 2010 – (Encruzilhada do Sul – RS)– 87 pontos

Boscato Pinot Noir 2010 (Serra Gaúcha – RS) – 87 pontos

Bueno Bellavista Estate Pinot Noir 2011 (Campanha – RS) – 87 pontos

Cabernet Franc

Valmarino Cabernet Franc Xlll 2008 (Bento Gonçalves – RS) – 89 pontos

Casa Valduga Premium Raízes Cabernet Franc 2010 (Vale dos Vinhedos – RS) – 88 pontos

Marselan

Dom Cândido 4ª Geração Marselan (Vale dos Vinhedo –RS) 2008 – 88 pontos

Viapiana Via 1986 Marselan 2009 (Flores da Cunha – RS) – 87 pontos

Outras variedades tintas

Pireneus Bandeiras Barbera 2010 (Serra dos Pirineus – GO) – 89 pontos

Almaúnica Reserva Syrah 2011 (Vale dos Vinhedos – RS) – 88 pontos

Casa Valduga Arinarnoa Single Vineyard Identidade 2008 (Encruzilhada do Sul – RS) – 87 pontos

Dom Cândido Reserva Malbec 2009 (Vale dos Vinhedos – RS) – 87 pontos

Don Guerino Gran Reserva Teroldego 2007 (Serra Gaúcha –RS) – 87 pontos

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook