A polícia está perto de uma prisão do responsável pelo ato de vandalismo a Case Basse Soldera em 2 de Dezembro, no qual 62.600 litros de seis safras Brunello foram perdidos após as torneiras dos barris terem sido abertas.

Segundo a Wine Searcher.com, o jornal italiano La Repubblica informou que o suspeito é um ex-empregado da Case Basse, localizado por investigadores em Montalcino.

Relatórios anteriores que indicavam que o ataque poderia ter sido realizado por uma organização criminosa já esta teoricamente descartada.

Uma prisão oficial é esperada para os próximos dias.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook