Fundada em 2000 por Antonio Lopes Ribeiro, a Casa de Mouraz está localizada em Mouraz, Portugal. Tem como marca registrada, ter elaborado o primeiro vinho produzido na região do Dão, de acordo com método orgânico e logo depois pelo cultivo biodinâmico. O Dão é uma das regiões vinícolas mais importantes e prestigiadas em Portugal. Nesta terra de encostas íngremes e pequenos vales onde correm rios sinuosos, localizado entre as serras da Estrela e do Caramulo, os monges de Cister construirão o mosteiro de S.Pedro de Mouraz (século 12), dando origem à criação de vinhas e vinho nesta região. 

As variedades mais plantadas são importantes Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro, Jaen e Água Santa para os vinhos tintos e Malvasia Fina, Bical, Cerceal e Alvarinho para os brancos. Este projeto pioneiro e inovador de vinho foi criado para produzir vinhos autênticos que expressam toda a riqueza do seu terroir, respeitando os ciclos da natureza. A fazenda, com 13 hectares, é dividida em 10 parcelas com diferentes solos e altitudes. Nonas e velhas vinhas plantadas se mesclam entre pinheiros, carvalho, castanheira e sobreiro. Os solos são predominantemente compostos de granito e argila, com altitudes que variam de 140-400 metros. 

Seus vinhos estão disponíveis no Brasil através da importadora Da Confraria. Segue abaixo minha avaliação pessoal:

Dão Casa de Mouraz 2010 – 100% Encruzado – 13,5% – Portugal – Importador: Da Confraria – R$ 184,00 – ST (90)

Este vinho foi produzido com a uva branca Encruzado, de origem portuguesa cultivada em maior quantidade na região do Dão. Usada em corte com outras castas, atualmente tem sido utilizada também em vinhos varietais com sucesso. Na casa de Mouraz são cultivadas de forma biológica, num respeito absoluto pelo terroir de origem. Após a fermentação a temperatura controlada estagiou 3 meses sobre a sua borra fina com levantamento da mesma (“battonage sur lies”). 

  • Visual amarelo com reflexo verdeal. Nariz com aromas de frutas cítricas, e com mineral bastante destacado, petrolato. Corpo médio, com bom equilíbrio entre acidez e álcool; persistência média; retrogosto frutado, floral. Um vinho com uma personalidade incrível e única.

Flor de Mouraz Reserva 2009 – 80% Touriga Nacional e 20% Tinta Roriz, Jaen e Alfroucheiro – 14,5% – Importadora: Da Confraria – R$ 363,00 – ST (91+)

Vinho TOP da vinícola é uma mescla de uvas, vinificado em lagar, com pisa feito a pé; afinando após por 18 meses em barricas de carvalho francês.

  • Visual rubi com reflexos violáceos. Aroma intenso de “BANANADA”, violeta, frutas vermelhas bem maduras, toques de madeira e especiarias. Paladar é encorpado, boa acidez e “levemente alcoólico”. Macio, com taninos de boa qualidade; persistência longa; retrogosto frutado, com toques de madeira. Impressiona pela grande potencia e concentração. Merece guarda.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook