Confesso que os vinhos elaborados com a uva Pinot Noir dificilmente me atraem, mesmo nos limites da Borgonha. Talvez por minha própria culpa. Nunca procurei me aprofundar, provando poucos rótulos. Mas essa historia está mudando. Prometo ser mais aplicado nessa matéria, rsrsrs.

Em recente jantar com amigos conheci o Sol de Sol Pinot Noir 2008, um exemplar sul-americano que me que me fez mudar de ideia. Sendo o melhor Pinot Noir que provei até hoje. É elaborado pela Viña Aquitania, no sul no Chile, aproximadamente 650 km de Santiago, em Traiguén.

Avaliação Pessoal: ST (93) – Chile – Traiguén – 13% – 100% Pinot Noir – envelhecimento em barris de carvalho franceses durante 12 meses – R$ 118,00Importadora Zahil

  • Visual apresentou uma cor rubi escura, sem halo de evolução. Nariz com complexidade, frutas vermelhas (cereja), notas florais, mentol, e toques elegantes de carvalho. Paladar elegante, com ótima acidez, bom corpo e equilíbrio. Evoluiu muito na taça, com várias nuances de sabor e aromas. Ainda jovem, demonstrou muita personalidade e um ótimo potencial de envelhecimento. Um vinhaço!!!

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook