Na semana passada a convite do meu amigo Carlos Meneghel, fui conferir de perto a nova proposta da loja Zanatta Wine Store, o vinho na calçada. Para você que gosta de vinho, mas não gosta da “frescura” que gira em torno dele, vai aprovar. Toda última quarta feira do mês, o proprietário da casa Olair Zannata e mais um representante de alguma vinícola recebem de uma forma simples, com mesas na calçada para provar vários rótulos e petiscos variados. O investimento é de 60,00 reais.

A loja está localizada na Av. Carlos Gomes Sá, 730, próximo ao Supermercado Perim, Mata da Praia, Vitória-ES. Lá você encontra bom atendimento, e mais de 400 rótulos para sua escolha com ênfase em vinhos de custo x beneficio. O funcionamento da casa é de Segunda a Sábado, das 12h às 0h. Telefone: (27)3026-6440

Quem comandou a última degustação foi o enólogo Fabian Houjeije (em pé) da vinícola uruguaia Antigua Bodega Stagnari, importada no Brasil pela Vinho Sul. Fizemos um tur pelos vinhos Stagnari, dois mais simples que custam em média 39,00 reais até o seu Osiris Tannat Reserva, um vinho de 200,00 reais que merece o status de top da linha.

Antigua Bodega Stagnari produz vinhos desde 1880. Tem uma capacidade total de produção da bodega chega aos 2.400.000 litros, mas hoje produz 840.000 garrafas em 30 ha de vinhas próprias com cepas importadas da França.

O Uruguai é um pequeno produtor de vinho mundial, mas tem ótimos números relativos em exportação e em consumo interno. Por possuir uma região pequena e ainda investimentos modestos, os resultados dos produtores do Uruguai são promissores. Possuem ótima entrada e aceitação em mercados em franco desenvolvimento, como o Brasileiro, superando grandes produtores, como Austrália, Alemanha e até Espanha. Têm a quarta maior produção da América do Sul. E seus vinhos vão ganhando notoriedade aos poucos, pelo requinte e qualidade. As regiões Sur e Suroeste, próximas ao Oceano Atlântico, têm o melhor clima e produzem os melhores rótulos do país, com temperaturas noturnas bem baixas e um bom índice pluviométrico.

Os vinhos: *Chardonnay 2010 com aromas de frutos cítricos, floral, acidez média. *Tannat/Merlot 2009 sendo 60% Tannat, passa 6 meses em barricas; redondo, macio, boa fruta…fácil de beber. Tannat 2009, 8 meses em barricas, Da linha Ragazza: mais robusto, levemente tânico, vai muito bem com queijos fortes e uma carne vermelha. *OsirisTannat Reserva 2006, passa 12 meses em barricas, aveludado, gordo, frutado, uma belza de vinho na taça.

Oswaldo Oleari meu amigo e grande jornalista também estava lá, confira aqui
a sua matéria no Don Oleari Ponto Com.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook