Vinho dos Mortos é uma das mais tradicionais e curiosas histórias do mundo vínico em Portugal. Começa no momento da invasão francesa em Portugal, datada em 1807. Os produtores de vinho de Boticas (em Trás-os-Montes , norte de Portugal), com medo de perderem vinhos para as tropas francesas, decidiram enterrá-los no chão sob os barris e tonéis. Quando as tropas se retiraram e os moradores recuperaram suas casas, tiveram uma ótima surpresa, ao desenterrarem os vinhos, verificaram que os vinhos estavam muito melhores do que eram antes. A partir desse momento os vinhos locais passaram a ser enterrados por 1 ou 2 anos antes do consumo, e foram chamados de “Vinho dos Mortos“.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook