Mais uma prova desse vinho Português que dificilmente decepciona nata taça. O Quinta da Bacalhôa é um Cabernet Sauvignon único, que evolui de forma surpreendente. Sua primeira safra foi em 1979. A Bacalhôa Vinhos de Portugal, fundada em 1922, sob a designação João Pires & Filhos, fez um longo percurso, afirmando-se como um dos mais inovadores produtores de vinhos em Portugal. Situada no litoral Oeste a Sul de Lisboa (Terras do Sado), é nesta região vitivinícola que se produz o famoso e tão apreciado Moscatel de Setúbal.

Avaliação Pessoal: ST (93) – Quinta da Bacalhôa 1999 – 12,5%.

Visual granada (tijolo), com halo de evolução, levemente turvo. Aromas de boa intensidade, frutas secas, mel, madeira velha, e própolis. O paladar se mostrou cheio de sabores, confirmando o nariz, ótima acidez, álcool integrado, taninos polidos, maduros e sedosos, bom corpo e um final longo. Um vinho que não cansa, delicia! Acredito que estava no seu melhor momento, embora tenha aparentado agüentar mais alguns bons anos de guarda.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook