Em recente encontro com produtores de Pinto Bandeira (RS), tive a oportunidade e o privilégio de provar em primeira mão, na companhia de Daniel Geisse e Carlos Abarzúa Espejo, os lançamentos da vinícola Cave Geisse: Cave Geisse Blanc de Blanc Brut Vintage 2009 e Cave Geisse Blanc de Noir Brut Vintage 2009.

Fundada em 1979 pelo chileno Mario Geisse (Ex Chandon do Brasil), a vinícola está localizada em Pinto Bandeira (RS), onde possui 76 hectares, dos quais 23 são apropriados para o cultivo de Chardonnay e Pinot Noir. A região tem boa amplitude térmica, é mais alta (750 metros de altitude) e mais fria do que o Vale e os vinhedos, com uma posição solar ideal para a produção dos vinhos.

No controle de doenças e pragas, é utilizada uma técnica desenvolvida no Chile pela empresa Lazo TPC (Thermal Pest Control), uma máquina de jato de ar quente que ativa as defesas naturais das plantas, diminuído o uso de agrotóxicos.

Para quem ainda não sabe os vinhos espumantes elaborados somente com uvas brancas Chardonnay são chamados de Blanc de Blancs, branco de brancas. E os Blanc de Noirs, menos frequentes, são elaborados somente com uva tinta, geralmente a Pinot Noir.

Perfeita sala de degustação da vinícola Aurora, onde foram apresentados os produtos.

Lançamento: Cave Geisse Blanc de Blanc Brut Vintage 2009 (12,5% de álcool e 8,5 gramas de açúcar por litro), 100% Chardonnay, foi elaborado pelo método tradicional (Champenoise), 28 meses de autólise.

  • Visual amarelo esverdeado, com bolhas pequenas, numerosas e persistentes. Nariz com notas de frutas secas, tropicais, floral, panificação e mel. Corpo médio, acidez é marcante, além de uma cremosidade muito agradável. Persistente, aromático, apresentou frescor e notas tostadas, sem amargor. 

Lançamento: Cave Geisse Blanc de Blanc Brut Vintage 2009 (12,5% de álcool e 8,5 gramas de açúcar por litro), 100% Pinot Noir, foi elaborado pelo método tradicional (Champenoise), por 28 meses em autólise.

  • Visual rosa claro de média intensidade com ótimo perlage. Nariz aberto de frutas vermelhas e brancas, toques florais e de fermento. Paladar estruturado, muito boa acidez e ótima cremosidade. Persistência aromática de boa intensidade, deixando um final bastante fresco.

Os Capixabas poderão encontrar em breve na Loja da Ville du Vin em Vitória ao preço de R$ 85,00 reais a garrafa.

*Viajei ao Rio Grande do Sul a convite do IBRAVIN, para mais uma edição do Projeto Imagem.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook