Há já alguns anos que algumas adegas na Califórnia produzem às escondidas vinho com Cannabis sativa, a erva que dá origem ao haxixe. Segundo o presidente da Associação dos Produtores de Cannabis de Napa Valley, Crane Carter, a bebida está a tornar-se conhecida na região, principalmente através da divulgação “boca-a-boca”. Os Cabernet Sauvignon são os que melhor combinam com a erva, disse Carter ao jornalista Alberto Martinez, para o blog Uvinum. 

Carter explica ainda que os efeitos do vinho com cannabis nos que o bebem«são mais rápidos do que os das bolachas com cannabis», também produzidas na região. O vinho provoca uma tontura interessante, ironiza. Segundo Carter, boa parte das adegas californianas já testam vinhos com cannabis, mas ainda em quantidades pequenas, porque apesar da liberalidade dos californianos, a produção de vinho com a droga ainda é ilícita. É para ser compartilhado com amigos de mente aberta, opina o jornalista especializado em vinho, Mike Stenberger, que define o sabor da bebida como picante como a erva e cujo aroma recorda um alojamento universitário num sábado à noite. 

Para fazer a bebida, são misturados cerca de meio quilo de cannabis com o mosto das uvas maceradas numa barrica e logo se produz a fermentação – o que resulta em 1,5 grama de cannabis por garrafa de vinho.

Via

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook