Depois de ter provado a safra 2009 do Smith Haut Lafitte Blanc (Pessac-Léognan) 2009 no evento promovido pela UGCB (Union des Grands Crus de Bordeaux), que esteve pela primeira vez no Brasil em março deste ano, tive a oportunidade de provar outra safra, a 2003.

Com o dinheiro de seu negócio de roupas esportivas e com seu considerável talento e entusiasmo, os Cathiard têm, desde 1990, transformando a reputação de sua famosa e antiga propriedade, com a modernização do vinhedo, da adega, do Château e do vinho. O branco, mesmo não sendo um cru classe, é um dos melhores da região.

Avaliação Pessoal: ST (94)

  • Visual amarelo palha claro, bastante intenso no nariz com notas erva frescas, frutas brancas maduras, e baunilha. No paladar se apresentou fresco, com acidez média, confirmando o nariz… frutas brancas maduras e um leve dulçor que não atrapalha. Madeira muito bem colocada e de ótima qualidade. Persistência longa. Um vinho elegante, delicioso! A safra 2003 foi ótima para os brancos na região. Normalmente são vinhos longevos, durando 20-30 anos, porém a acidez frágil do vinho em questão, compromete a sua evolução.

França – Martillac – Gironde – Bordeaux – Chateau Smith Haut Lafite ( D. Cathiard) – 90% Sauvignon Blanc, 5% Sauvignon Gris e 5% Semillon – Enólogo: Yann Laudeho – 12 meses em barricas de carvalho francês ( 50% novos) – Tanoaria própria. – $ 55 dólares.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook