Depois de provar as safras 1959, 1975 e 1987 do Maqués de Murrieta Castillo Ygay, o Deus Baco e o “rei da Espanha” me proporcionaram mais uma grande experiência com este vinho “raro”, provar a safra 1985, um privilégio para poucos habitantes do planeta.

A Marqués de Murrieta, a bodega mais antiga da Espanha, produz uma gama de vinhos, tanto tintos como brancos, sendo o seu Top “Castillo Ygay Gran Reserva Especial”, que é um dos mais conhecidos vinho e uma autoridade em Rioja. É uma mistura de Tempranillo tradicional, que após um estágio de vários anos em tonéis de carvalho americano, repousa outros 5 anos em garrafa antes de ser lançado ao mercado.

Avaliação Pessoal: ST (95) Marques de Murrieta Castillo Ygay Gran Reserva Especial 1985. 13% de álcool.

  • Visual granada, translúcido e brilhante, não aparentando sua longa idade. No nariz mostra a tipicidade dos vinhos da Rioja, discretamente frutados, com notas de tabaco, couro, baunilha e madeira. O paladar apresentou taninos finíssimos, excelente acidez, equilibrado, com fruta ligeiramente azeda (cítrico). Vinho de meditação!

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook