Reunidos no Barbacoa, em São Paulo, uma das melhores churrascarias da cidade, o júri foi formado pelos restaurateurs Lamberto Percussi, Juscelino Pereira; pelos experts Edecio Armbruster, José Roberto Turrini, e por Ricardo Castilho e Marco Merguizzo, da revista Prazeres da Mesa, degustaram às cegas os vinhos que são campeões de venda nos supermercados. Os vinhos foram comprados diretamente em lojas dos supermercados Pão de Açúcar, Wall-Mart e Carrefour, na cidade de São Paulo.

Veja o resultado abaixo:

88 Casillero del Diablo 2007 – Casta: Carménère – Produtor: Concha Y Toro – Vale de Rapel, Chile 

A linha Casillero Del Diablo é a mais conhecida da vinícola Concha y Toro que acabou se tornando um ícone dos vinhos chilenos no mundo, inclusive no Brasil, levando o título de vinho chileno mais consumido por aqui. Com personalidade própria é correto e agradável por conta de seus aromas de madeira, chocolate, frutas vermelhas e ameixa. É uma compra certa, sem sustos. Pão de Açúcar (VCT), R$ 33,90

87 Santa Carolina 2006 – Casta: Cabernet Sauvignon – Produtor: Santa Carolina - Valle del Rapel, Chile 

Trata-se de uma das mais antigas e tradicionais vinícolas chilenas, fundada no ano de 1875. Nos últimos anos vem passando por um grande processo de modernização e reestruturação, como a contratação do enólogo Sven Bruchfeld cinco anos atrás que está por trás de alguns dos vinhos mais vendidos no Brasil. Este vinho mostrou-se rico em aromas, como o de baunilha. Tem bom corpo, boa estrutura e taninos muito bem balanceados. Carrefour (Casa Flora), R$ 18,90

87 Luis Felipe Edwards Reserva 2008 – Casta: Carménère – Produtor: Luis Felipe Edwards – Colchagua, Chile

A vinícola familiar chega aos 32 anos de idade produzindo mais de 1 milhão de caixas ao ano que são exportadas para mais de 40 países. Na bodega, a capacidade de armazenamento impressiona: 5 milhões de litros em tanques de aço inox; 1.1 milhões de litros em tanques de cimento e 700 mil litros em barricas de carvalho francês e americano. De bom corpo, o vinho mostrou-se gostoso e bem equilibrado. Pão de Açúcar (importação própria), R$ 25,90

87 Concha y Toro Reservado (não safrado) – Casta: Cabernet Sauvignon - Produtor: Concha Y Toro - Santiago, Chile 

Este rótulo faz parte de uma linha básica da chilena Concha Y Toro composta de varietais que apesar de serem baratos, dão conta do recado. De cor viva, o jovem vinho é ligeiro e leve na boca, com um pequeno amargor no final. Carrefour (Villa Porto International Business S.A.), R$ 18,90 

87 Gracia de Chile Pasajero Reserva 2006 (*) Best Buy – Casta: Cabernet Sauvignon - Produtor: Córpora Viñedos e Bodegas – Rapel Valley, Chile

As primeiras plantações ocorreram no ano de 1989 com a proposta de elaboração de vinhos finos. Sete anos mais tarde, foi construída a bodega no Valle de Rapel, com capacidade de armazenamento para 10 milhões de litros. Na boca, lembra um pouco um vinho europeu, com couro no aroma e taninos moderados. Wal-Mart (importação própria), R$ 14,98

86 Periquita 2005 - Castas: Castelão, Trincadeira e Aragonez - Produtor: José Maria da Fonseca - Azeitão, Portugal 

Este é um dos mais antigos rótulos de Portugal que ainda é engarrafado. Uma boa pedida nessa faixa de preço, o corte das castas portuguesas Castelão, Trincadeira e Aragonez apresenta aromas de café torrado e chocolate. Carrefour (Diageo), R$ 25,40 

85 Miolo Seleção 2007 – Castas: Cabernet Sauvignon, Merlot e Pinot Noir – Produtor: Miolo – Vale dos Vinhedos, Brasil

A Miolo é uma das mais antigas vinícolas brasileiras, fundada no ano de 1897 no município de Bento Gonçalves (RS), por Giuseppe Miolo. Uma pequena parte deste tinto envelhece em barricas de carvalho americano, enquanto o restante permanece em tanques de inox por um ano até o momento do corte e engarrafamento. Na boca apresenta corpo médio que combina com as frutas vermelhas encontradas no bouquet. Wal-Mart, R$  15,90

85 Single de Oro 2007 – Casta: Cabernet Sauvignon - Produtor: Santa Helena - Colchagua, Chile 

Matias Rivera é o responsável pelo rápido crescimento – em números e qualidade – desta bodega chilena nos últimos anos. Os vinhos mais nobres provem de videiras com mais de 90 anos de idade. Este em questão tem boa fruta vermelha fresca, leve especiaria e complexidade. Fresco, equilibrado, com boa estrutura e acabamento. Carrefour (Interfood), R$ 26,90 

85 Montado 2008 - Casta: Trincadeira, Aragonês e Castelão – Produtor: José Maria da Fonseca – Azeitão, Portugal

Esse corte de Aragonês, Trincadeira e Castelão é produzido pela José Maria Da Fonseca – emblemática casa produtora de vinhos de Portugal. Na boca, se apresentou fácil de beber com taninos regulares. Pão de Açúcar (importação própria), R$ 22,90

85 Club des Sommeliers (safra não indicada) – Casta: Cabernet Sauvignon – Produtor: Les Chais Beaucairois – Beaucaire, França

Club des Sommeliers é uma marca criada pelo Grupo Pão de Açúcar que reúne sob um mesmo selo, varietais de diferentes países que antes de irem para as gôndolas, passaram pela aprovação do consultor Carlos Cabral. O rótulo degustado apresentou corpo muito leve e pouca estrutura. Pão de Açúcar (importação própria), R$ 23,90

84 Fleur du Cap 2007 - Casta: Pinotage – Produtor: Distell Limited – Stellenbosch, África do Sul

O Grupo Distell possui mais de 4.200 funcionários divididos entre as diversas marcas que compõe seu portfólio bebidas. O projeto Fleur du Cap é um dos mais importantes e conhecidos sobre os vinhos da África do Sul, resultado do trabalho da equipe da vinícola Bergkelder. No entanto, este Pinotage apresentou-se com pouca persistência e com amargor além do desejado. Pão de Açúcar (importação própria), R$ 35,90

82 Lavaque 2006 – Casta: Cabernet Sauvignon - Produtor: Lavaque – Mendoza, Argentina

O tinto é produzido na província de Mendoza, responsável por cerca de 70 por cento de todo o vinho argentino. Com 13º graus de álcool, este tinto apresentou-se muito ligeiro, muito leve na boca, faltando estrutura. O amargor também estava além do aceitável. Wal-Mart (importação própria), R$ 14,90

Via: Prazeres da Mesa

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook