Na Argentina, junto com o Sauvignon Blanc e o Torrontes, o Viognier é uma das cepas que se aposta para o desenvolvimento de vinhos jovens, muito frutados e frescos. É de recente implantação e, embora não exista uma ampla superfície desta variedade, algumas adegas lançaram sua elaboração como varietal. Sua origem é francesa, do vale do Ródano. Cepa relativamente nova na Argentina, introduzida por pé americano. 

A história da vinícola começou no século passado com Don Miguel Escorihuela Gascon, homem muito visionário de grande perseverança, deu origem a uma das empresas de vinhos de maior prestígio da Argentina: Estabelecimentos Vitivinícolas Escorihuela. Desde o inicio, o objetivo era fazer vinhos de qualidade superior. Portanto, sempre levou em conta a escolha e o cuidado da vinha, a preparação em métodos artesanais e a incorporação contínua de tecnologia com uma equipe qualificada de profissionais da Argentina e do conselho de peritos do vinho de renome e especialistas estrangeiros que podem manter um elevado nível de qualidade internacional. Assim, esta casa ao longo do tempo, os seus produtos ocupam um lugar privilegiado nos mercados nacional e internacional com um elevado grau de fidelização dos clientes.

País: Argentina – Região: Mendoza – Uvas: 100% Viogner – Graduação Alcoólica: 13,8%

Visual:  Amarelo dourado de média intensidade, límpido e brilhante.

Aroma: Bastante intenso, especiarias, pêssego, melão, damasco e notas doces de “doce de leite”.

Paladar: Na boca se mostra untuoso, leve dulçor, pecando na falta de acidez para equilibrar. Retrogosto confirma o nariz, com final médio sem amargor. É um vinho para ser degustado solo, sem acompanhamento.

Envelhecimento: Inox

Importador:  www.grandcru.com.br

Onde comprar em Vitória: Adega Capixaba/Grand Cru

Site Vinícola:  

Preço: 54,00

Avaliação Pessoal: ST (84) bom

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook