“Nesta quarta-feira pela manhã, a sommelière Gabriela Monteleone, responsável pelos vinhos dos restaurantes D.O.M. e Dalva e Dito, em São Paulo, comunicou a comissão da Ibravin que está retirando todos os vinhos brasileiros das cartas das duas casas. Ao todo, são 20 rótulos diferentes. A ação foi definida em conjunto com Alex Atala, o chef brasileiro de maior prestígio internacional. Na avaliação de Atala e Gabriela, não basta apenas deixar de trabalhar com os vinhos das vinícolas que apóiam a salvaguarda – até porque são poucas as empresas que informam, oficialmente, serem a favor da medida.
As pessoas não imaginam como é difícil vender vinhos brasileiros. Muitas vezes, fazemos um grande trabalho de convencimento do cliente para ele aceitar um vinho brasileiro“, afirma Gabriela. E agora, na avaliação de Gabriela e de Atala, a salvaguarda está colocando a perder todo o trabalho pela imagem do vinho brasileiro“.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook