Recentemente em uma viagem ao Sul do Brasil tive o conhecimento da levedura encapsulada. A novidade biotecnológica que foi introduzida com exclusividade pela Estrelas do Brasil na elaboração de seus espumantes pelo método clássico (champenoise).

A levedura encapsulada em alginato (polissacarídeo natural extraído de algas) é utilizada para a realização da segunda fermentação em garrafa, permitindo eliminar a etapa de “remuagem” na produção de espumantes pelo processo champenoise.

Após a introdução na garrafa, as leveduras desempenham sua atividade fermentativa dentro da cápsula, onde permanecem até serem retiradas da garrafa, com o simples ato de inversão da mesma sem turvar o líquido, seguido do degorgement.

Vantagens:

  • Redução da mão-de-obra, tempo e espaço da cantina devido a eliminação da etapa de remuagem.
  • Facilidade de uso comparado com o método tradicional, eliminando o fastidioso pé de cuba.
  • Diminui o risco de contaminação microbiológica, oxidação da cor e de perda de aromas.
  • Resposta rápida às necessidades do mercado e planejamento eficaz das expedições.
  • Características organolépticas idênticas à fermentação com leveduras livres.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook