Fundada em 1975, Bodega y Cavas de Weinert está localizada em Lujan de Cuyo, Argentina, berço de vinhos de alta qualidade. O prédio antigo em estilo espanhol, remanescente de uma família antiga até 1920 chama atenção, convidando aqueles que passam por ela para saber o que o salvou no seu interior.

Bernardo Weinert, fundador e proprietário da bodega, nascido em uma pequena colônia alemã no sul do Brasil, montou sua história na empresa de transporte internacional na América do Sul. Fascinado pelo mundo do vinho, decidiu iniciar sua própria adega, na Argentina, com uma filosofia incondicional: produzir vinhos de alta qualidade.

Antes de iniciar esta tarefa, fez um extenso estudo de Mendoza: clima, solo, vinha, e encontrado em Lujan de Cuyo o local ideal para empreender. Depois de um intenso trabalho de restauro do edifício adquirido em 1974, trouxe a mais recente tecnologia de vinho, que o tempo e se juntou com enólogos aclamado. Naquele tempo todos acreditavam que era louco, mas o tempo provou que ele estava certo. Após a sua primeira colheita comercial em 1976, ocorreu em 1977 Weinert Malbec Estrella 1977, provadores de vinho de prestígio reconhecido por todo o mundo.

Avaliação Pessoal: ST (95)

Depois de provar o Merlot 1980, semana passada no qual fiquei impressionado pela sua integridade, vem o 1983 um corte de Cabernet, Merlot e Malbec e se apresenta ainda melhor.

O vinho na taça parecia um intaliano “Top”, explodindo com notas de ameixa, groselha, madeira nobre, especiarias, baunilha e uva passa. O paladar com taninos domados, acidez equilibrada e viva, retrogosto de frutas em compota com persistência longa. Um vinho que sem dúvida ficará em minha memória.

Depois de 45 minutos na taça o vinho começou a cair, porém continuou muito bom!

Argentina – Mendoza – Cabernet Sauvignon, Merlot e Malbec – 13%