A elegante Heléne Garcin, proprietária de quatro vinícolas em Bordeaux, França-Clos L`Eglise e Chatêaus Barde-Haut, Branon e Haut-Bergey e duas na argentina ( Poesia e Clos des Andes ), foi destaque em duas palestras do encontro. Durante o painel ” America do Sul por Franceses”, Garcin destacou um elemento comum entre seus vinhos. ” Vinhos é o que me emociona “, afirma a produtora, imagem da nova era de mulheres do vinho na França. ”Procuro trabalhar mais no vinhedo do que na vinícola, e fazer o vinho mais natural possivel, pronto para beber”, disse Garcin, que apresentou Poesia 2005, Château Haut-Bergey 2005, Barde-Haut 2003 e clos L´Eglise 2004. Fonte: Prazer&Cia-Agazeta