Acho que a maioria das pessoas que me acompanham aqui no blog sabe da minha paixão pelos vinhos antigos. Estou sempre a procura deste estilo, ponta de estoque, adegas antigas a venda, lojas fora do Brasil e por ai vai. Na semana passada consegui em uma importadora, algumas garrafas de Cavas de Weinert Gran Vino Merlot 1980 e um corte da mesma bodega 1983. Sempre bate aquele medo, e se não estiver bom??? Porém….

A história da Bodega y Cavas de Weinert começou em 1975, Mendoza – Luján de Cuyo. Para que não sabe, o brasileiro Bernardo Carlos Weinert, é um dos fundadores, dono da propriedade, tendo uma enorme participação na história da bodega.

Foi a primeira bodega argentina a produzir um Malbec top de exportação, o Malbec Estrella 1977, cultuado e aclamado, todos tem uma curiosidade de provar.

Seus vinhos são elaborados e tanques de concreto que repousam por longos períodos em grandes tonéis de carvalho, ditos por eles ser um dos maiores do mundo, antes de ser engarrafado.

Avaliação Pessoal: ST (94+)

Garrafa em perfeito estado, rótulo, nível e rolha. Na taça mostrou o que todos queriam, integridade. Visual granada claro, halo de evolução, límpido e brilhante. O nariz mostrou muita intensidade, madeira nobre, ameixa, medicinal, fumo e leve especiarias. O paladar e potente, textura aveludada, acidez incrível, álcool ainda aparente, taninos maduros, saboroso, amplo com final longo. Um achado!

Argentina – Mendoza/Luján de Cuyo – 100% Merlot – 13,5% álcool.