Nada como começar um novo ano brindando com um bom espumante. Eu como não sou diferente de ninguém, fui na mesma balada. Dentre os espumantes e champagnes “or concours” degustados na noite da virada e no almoço de domingo, um Brut argentino chamou a minha atenção e dos presentes. Se trata do Fuzion Brut da vinícola Zuccardi.



Cultivado aos pés da Cordilheira dos Andes, uma região excepcional devido à sua condições únicas para o cultivo de uvas de alta qualidade. Sua heliofania alta(representa a duração de horas de sol ou luz do dia), ampla faixa de temperatura, a diversidade de solo e altitude são alguns dos aspectos que fazem Mendoza uma das regiões vinícolas mais emocionantes do mundo.

Fuzion é produzido com uvas de vinhedos deserto clima localizados em áreas de 700 m (2300 ft) a 1300 m (4.265 pés) de altura.

Estas regiões têm características muito diferentes. Uco Valley, Medrano, Agrelo, Santa Rosa e Maipú são as principais áreas.

A Equipe de Viticultura Fuzion dirigido por Agustín López (Fuzion vinhas gerente) tem como objetivo encontrar uvas com o equilíbrio perfeito de maturação, frescura e concentração. Estes vêm de um grupo seleto de produtores, situados em diferentes áreas de Mendoza, que nos permite aproveitar ao máximo os diferentes solos, alturas e microclimas da região.

Avaliação Pessoal: ST (90)

Visual amarelo palha, borbulhas pequenas, boa quantidade e persistência. Aromas remetem a pêssego, damasco, floral e cítricos. O paladar é cheio, fresco, cremoso e com boa estrutura e final. Harmonizou bem uma lagosta grelhada ao molho de ervas finas no domingão!