Ontem tive a oportunidade de conhecer dois vinhos de um país que poucos sabem da sua vocação para vitinicultura. São os vinhos da Croácia. Foram dois, um branco chamado Pošip 2008 e o tinto Plavac Mali 2007, todos os dois tem como o nome do vinho a uva. O produtor é Korta Katarina. Achei os vinhos muito interessantes pela sua originalidade de aromas e sabores, sendo um ótimo aprendizado na taça!


Visual do Pisip

Fundada pelo casal americano Lee e Penny Anderson que trabalharam na reconstrução do país após a guerra civil, a moderna vinícola Korta Katarina nasceu para ser a melhor vinícola da Croácia. Os tintos originam-se na península de Pelješac (“grand crus” de Dingač e Postup), berço da uva Plavac Mali (Zinfandel x Dobričić).  Na ilha de Korčula, terra da excelente uva Pošip, nasce seu grande branco (região de Čara). A viticultura é totalmente natural e a vinificação emprega tecnologia de última geração, com longas macerações e períodos de amadurecimento.

A Croácia ou “nova Riviera” é o destino turístico mais cobiçado pelos europeus no momento. Um paraíso mediterrâneo com tradição vitivinícola de 2.500 anos.


Posip 2008

REGIÃO: Croácia – Ilha de Korčula – Čara – Vinhedo específico localizado a 100-150 metros de altitude, exposto ao sul/sudeste.

CLASSIFICAÇÃO LEGAL: Vrhunsko Vino (Vinho de Qualidade Superior)

COMPOSIÇÃO DE CASTAS: 100% Pošip

GRADUAÇÃO ALCOÓLICA: 13,5° GL

ACIDEZ TOTAL: 5,4 g/L

PRODUÇÃO: 20.000 garrafas

CARACTERÍSTICAS CLIMÁTICAS: Tipicamente de padrão mediterrâneo.

CARACTERÍSTICAS DO SOLO: Solos argilo-calcários.

ELABORAÇÃO: Colheita manual das uvas no ponto ótimo de maturação. Rendimento de 1,5 kg por planta. Todo o trabalho de deslocamento durante a vinificação é realizado por gravidade. Suave prensagem de uvas inteiras. Maceração a frio por 15 horas. Débourbage. A fermentação ocorre em tanques de inox (50%) e em barricas de carvalho francês (50%). Amadurecimento. Permanência de 18 meses na garrafa antes da emissão ao mercado.

AMADURECIMENTO: 4-6 meses em barricas de carvalho francês, novas e de diversas passagens para metade do vinho.

ESTIMATIVA DE GUARDA: 5 anos +

Avaliação Pessoal: ST (90) – R$ 199,00 – Importador Decanter

  • Visual amarelo palha tendendo para o ouro, aromas que lembram mel, petróleo, floral, abacaxi, me fez lembrar um pouco a Riesling. Paladar apresenta Corpo médio, com bom equilíbrio entre acidez e teor alcoólico; persistência média. Retro-olfato floral e frutado.


Plavac Mali 2007

REGIÃO: Croácia – Pelješac, sul da Dalmácia – Postup e Dingač – Vinhedos localizados a 50-200 metros de altitude, expostos ao sul.

CLASSIFICAÇÃO LEGAL: Vrhunsko Vino (Vinho de Qualidade Superior)

COMPOSIÇÃO DE CASTAS: 100% Plavac Mali

GRADUAÇÃO ALCOÓLICA: 15,5° GL

ACIDEZ TOTAL: 5,5 g/L

PRODUÇÃO: 20.000 garrafas

CARACTERÍSTICAS CLIMÁTICAS: Tipicamente de padrão mediterrâneo.

CARACTERÍSTICAS DO SOLO: Solos argilo-calcários.

ELABORAÇÃO: Colheita manual das uvas no ponto ótimo de maturação. Rendimento de 1 kg por planta. Todo o trabalho de deslocamento durante a vinificação é realizado por gravidade. Desengace total e esmagamento das uvas. A fermentação ocorre em tanques de inox por 10 dias a 28°C. Tempo total de cuvaison de 30 dias. Amadurecimento em barricas de carvalho francês. Permanência de 24 meses na garrafa antes da emissão ao mercado.

AMADURECIMENTO: 12 meses em barricas de carvalho francês novas (25%) e de segunda passagem.

ESTIMATIVA DE GUARDA: 10 anos

Avaliação Pessoal: ST (90+) – R$ 255,00

Visual Rubi, ainda com reflexos violáceos, aromas abertos com toques de especiarias, ervas, além de um frutado. Corpo de médio, boa acidez e taninos de textura aveludada. Equilibrado e com boa persistência.

  • Gostei dos dois, porém achei os preços elevados.