A Cossart Gordon & Co. fundada em 1745 por dois jovens escoceses, é a mais antiga empresa produtora de vinhos Madeira e também parte integrante da Madeira Wine Company, que reúne ainda as marcas (Blandy, Leacock e Miles). Desde 1989 pertence à poderosa família Symington, líder no segmento de vinhos generosos portugueses.

O estilo dos vinhos é marcado pelos clássicos descritores aromáticos, com classe e profundidade e diferenciam-se em boca por menor doçura, mesmo quando elaborados com a Malvasia (Malmsey) ou Bual. Nas linhas de entrada com vinhos vendidos mais novos, a elaboração é realizada a partir de uma estufagem forçada, em armazéns construídos para este efeito. Tratamento diferenciado recebem os vinhos de qualidade superior, que envelhecem em cascos colocados em armazéns (geralmente nas partes mais altas), ficando aí sujeitos às variações naturais de temperatura, método denominado “canteiro”. As temperaturas anuais em Funchal, onde estão estes depósitos, estão entre 18-22°C.

Ilha da Madeira – Distante 1.100 km da costa portuguesa. Vinhedos plantados a 200 metros de altitude no norte da ilha perto de São Vicente e no sul, em Câmara de Lobos.

Caracterizado por mesoclimas, apresenta verões quentes e úmidos e invernos amenos. Nas zonas vitícolas encontramos os climas sub-úmidos e úmido a árido, conforme vamos da costa norte no limite superior para plantação da vinha, até à costa Sul, a cotas inferiores a 150 metros de altitude. Os valores anuais médios de precipitação estão em 3.000 mm nas zonas elevadas e 500mm na costa Sul junto ao mar.

Solos de origem vulcânica, basálticos em sua maioria. De uma forma geral têm uma textura argilosa e quimicamente apresentam-se ácidos, ricos em matéria orgânica, magnésio e ferro, pobres em potássio e suficientes em fósforo.

Colheita manual, seguida de fermentação com leveduras naturais e na ausência das películas, a uma temperatura de 24-26°C em cubas de inox. Após 48 horas, a fortificação é efetuada com álcool vínico a 96°v/v, de forma a conservar o teor de açúcar natural desejado. Terminado esse processo, o vinho foi transferido para um tanque estufa, onde submeteu-se a um processo cíclico de aquecimento e arrefecimento, com temperaturas entre 45-50°C, durante 3 meses. Concluída a estufagem o vinho esteve a maturar em cascos de carvalho americano. Filtração e clarificação antes do engarrafamento.

Tinta negra mole é a casta de utilizada na elaboração do Vinho Madeira, resultou do cruzamento das castas Pinot Noir com a Grenache, originárias de França. Cerca de 85% do vinho da Ilha da Madeira tem esta origem.


Avaliação Pessoal: ST (90)

  • Visual granada claro, límpido e brilhante. Aromas de frutos secos, uva passa, figo, ameixa seca, passando para notas amendoadas. O paladar é seco, bom corpo, equilíbrio entre acidez e teor alcoólico. Persistência média. Retro-olfato intenso, confirmando o nariz. Um belo aperitivo!

Portugal – Ilha da madeira – V.L.Q.P.R.D. (Vinho Licoroso de Qualidade Produzido em Região Determinada) – 100% Tinta Negra Mole – 19% Alc – R$ 80,00 – Importador Decanter