Lançado em 1843 o primeiro champanhe GRAND VINTAGE da marca é produzido somente em anos de safras excepcionais, respeitando o estilo da Maison e expressando as particularidades da colheita. A safra degustada foi lançada em 2007, é o MOËT & CHANDON GRAND VINTAGE 2000, o 67º desde a criação desta edição de champanhes. 

Avaliação Pessoal: ST (92)

Visual amarelo brilhante, bom perlage, bolhas pequenas, em médio número e persistentes. Aromas complexos e evoluídos, frutas brancas, brioches, avelãs, manteiga, leveduras (pão fresco tostado) e notas de cogumelos. O paladar é seco, bom corpo, ótima acidez, boa mousse cremosa, consistente, boa persistência e textura macia. 

França – Champagne – 50% Chardonnay, 34% Pinot Noir e 16% Pinot Meunier