Para nós gourmets #moedores (estilo de vida), por mais que seja simples a refeição é um ritual cercado de detalhes. Isso por que, sempre temos uma harmonização diferente para experimentar e verificar a sua compatibilidade.

A harmonização perfeita é o equilíbrio entre os dois, combinando os sabores dos alimentos com as características dos vinhos. Os dois devem sempre se complementar e não se sobrepor. O resultado tem que ser agradável e prazerosa, dando a sensação de que os ingredientes “casam” perfeitamente.

O Cachorro quente nada mais é que um molho vermelho de tomate leve, porém temperado e com salsicha. Neste caso foi harmonizado com um Montepulciano, vinho italiano frutado, levemente tânico com uma boa acidez. Foi um casamento perfeito, recomendo!!!