Os apaixonados pelo Champagne tiveram ontem dia 28 de outubro 2011 a oportunidade de trocar impressões e celebrar esta bebida tão apreciada e cheia de história. Foi realizado o segundo #ChampagneDay, um evento mundial fortalecido pelas mídias sociais.

Os participantes trocaram idéias sobre o Champanhe, que, aliás, só vem da região de Champagne, na França. Compartilhei algumas fotos, notas de degustação adicionando a hashtag #ChampagneDay. Foi muito legal!


O Champagne degustado na noite foi o Jacquesson Cuvée nº 729 Brut.

Cuvée é o termo francês derivado de Cuve, que significa “vat” ou tanque, em diferentes contextos. Champagne usa  para definir o primeiro e melhor suco saído da prensagem, e também para o blend de vinhos bases para a 2ª fermentação, que as leveduras incorporadas transformam em álcool e anidrido carbônico o açúcar acrescentado. E desta vez, não se deixa o anidrido carbônico escapar, ficando preso na garrafa e criando assim as borbulhas.

Deste momento em diante é a segunda fermentação efetivamente acontece, podendo ser realizada em garrafa (método Champenoise) ou em tanque (Charmat).

Cuvée de prestige em Champagne refere-se a uma champagne de primeira linha preoduzido pelos melhores vinhedos da região e envelhecido por muitos anos nas caves antes de ir para o mercado: La Grande Dame, Don Pérignon entre outros.

Para saber mais sobre esta champagne a história da vinícola clique aqui > http://j.mp/uOOEUR


Avaliação Pessoal: ST (97)

Como vocês podem ver acima a coisa foi séria….

Visual amarelo ouro brilhante, mousse consistente com borbulhas finíssimas em grande quantidade com persistência bastante longa. Aromas de evolução com muita intensidade, pão tostado, castanhas, damasco, mel….. O paladar apresentou cremosidade, equilíbrio, finesse, frescooooor, uma loucura!!!