A história de produção de vinhos finos na Nova Zelândia é relativamente nova, pois foi impedida com as atitudes conservadoras em relação ao álcool. Nos anos 80s, a Nova Zelândia finalmente começou a investir em seu clima marítimo, ideal para produção em vinhos de alta qualidade e em especial para a Sauvignon Blanc. Atualmente produz bem menos que seu vizinho mais próximo, a Austrália, porem, sua produção aumenta a cada ano. E ao contrario da Austrália conseguiu manter sua imagem de elite para seus vinhos, ao invéz de uma imagem de boa qualidade para o dia-dia.

O vinho degustado foi o Palliser Estate Sauvgnon Blanc 2010, elaborado na régião norte, distrito Martinborough, famosa pela produção de ótimos Pinots. Isso não quer dizer que não tenha SB de qualidade por lá.

Para informações detalhadas sobre a vinícola acesse: http://www.palliser.co.nz/

Para informações sobre a vinícola acesse: ST (88) = Muito bom

Visual amarelo esverdeado, aromas intensos de grama, cajá e manga. O paladar mostra uma ótima acidez, corpulento, fruta bastante acentuada, fresco, com final de média intensidade.

Nova Zelândia – Martinborough – 100% SB – 13,7% – Importador Premium Wines