Mesmo degustando muitos vinhos do velho mundo ultimamente tenho que confessar que tenho uma queda forte pelos do novo mundo, mais especificamente pelos vinhos chilenos. Talvez por ter sido a minha primeira experiência sensorial no mundo do vinho, 12 anos atrás. Apesar de ser um apaixonado pelos vinhos chilenos, depois quando me tornei um maior conhecedor e com uma exigência gustativa, passei a criticar sua falta de acidez, resultando em vinhos que na minha opinião não combinam bem com uma refeição. Exceto um carne vermelha, churrasco por exemplo, me fazendo optar por uma degustação solo. Agora ao degustar o Santa Ema Amplus One, tive uma agradável surpresa.

A Santa Ema é um grande produtor chileno, produz vinhos de alta qualidade desde do seu vinho de entrada, mais barato, até o top da linha. O vinho degustado foi o Amplus One Carmenére 2006. Um corte com 75% de carmenére, 20% Syrah e 5% Carignan, que descansam 12 meses em barricas de carvalho Francês.

Avaliação Pessoal: ST (89) = Muito bom

Visual escuro, aromas característicos da carmenére, leve pimentão, muita fruta vermelha, com tabaco no fundo de taça. O paladar mostra bom corpo, taninos macios, um acidez incomum para vinhos do novo mundo, muito equilibrada, liberando bom frescor, chamando para uma refeição.

Chile – Peumo, Cachapoal – 75% Carmenère, Syrah 20%, 5% Carignan – Importador Vinoteca – R$ 100,00