O Taurasi é considerado um dos melhores vinhos do sul da Itália. Possui a denominação DOCG desde 1993.

A denominação San Gregorio, que ainda hoje é usada para nomear o distrito de Sorbo Serpico, no coração do antigo Principato Ulteriore, uma região de colinas suaves na Campania, tem sua origem na idade gregoriana, numa lembrança ao Patrimonium Sancti Petri, que englobava os condados de Irpinia e Sannio, dispostos ao longo da Via Apia, durante o pontificado de Gregório Magno (590 a 604 dC). É exatamente em Sorbo Serpico que a vinícola Feudi San Gregório se instalou, em 1986 e desde então tem se dedicado a produzir vinhos com as curiosas uvas autóctones da região, tais como a Greco di Tufo, a Fiano di Avellino, a Aglianico, a Aglianico del Vulture e a Primitivo di Manduria.

Destas, merecem destaque a Aglianico, a mais nobre e mais importante uva tinta do sul da Itália, com a qual são produzidos os vinhos da DOC Taurasi e a Greco di Tufo, a uva branca de maior destaque da região, já mencionada desde a antiguidade por Plínio e Virgílio e conhecida pela longevidade que conferia aos vinhos aos quais dava origem.

O enólogo consultor da vinícola Feudi San Gregório é Riccardo Cotarella.

Notas de prova:

Coloração escura não denotando seus treze anos de estrada, sem alo de evolução, aromas complexos de pepsi-cola, ameixa ,carne defumada e especiarias. Na boca muita elegância, taninos finos, muita estrutura e persistência media.

Itália – Taurasi – Agianico – 1997 – 13% – ST(91+)