Fundada em 1948 por Cav. Mario Antoniolo, a fazenda de mesmo nome, surgiu desde o início com o objetivo de melhorar os vinhos de Gattinara. A direção nos anos 80 foi tomada pela Sra. Rosana, que com a ajuda de seus filhos e Albert Lorella, produz os vinhos e DOC e DOCG que provêm exclusivamente vinhas da propriedade.

O Gattinara é uma comuna do Piemonte, Itália, que produz vinhos com 100% da uva Nebbiolo. É o primo pobre na região do Piemonte, em relação ao Barolo e Barbaresco, pela sua pequena visibilidade no mercado. É envelhecido por um ano em tonéis de madeira e mais dois em garrafa. Conquistou a DOC em 1967 e a DOCG em 1991.

O envelhecimento do Gattinara é de pelo menos três anos, destes, um em barris de madeira, e sua graduação alcoólica mínima é de 12,5%.

Avaliação Pessoal: ST (91)

Visual já mostrando ligeira evolução, sedimento aparente, aromas maravilhosos e complexos de figos em calda, floral, madeira velha, alcatrão, variando a cada momento na taça. Boca elegante, taninos redondos, acidez chamando uma refeição com final de boca longo e saboroso.