Para começar esta conversa foi uma das melhores sensações enológicas que já tive. Dizem que estes vinhos não são essas coisas tá de brincadeira, são fantásticos. A noite girou em torno de um baby pork que foi encomendado do empório santa luzia, que acompanhado de um risoto de aspargos verdes harmonizou perfeitamente. O primeiro vinho foi uma champagne Agrapart & Fils brut blanc de blancs terrois st(93) uma grand cru de respeito cremosa com aromas de pêras, maça e muito mineral alc 12%. O segundo o Clos de la bergerie 2005 st(90) um vinho da uva chenin blanc 100%, vale do loire, 14,5% alc do mestre da biodinâmica Nicolas joly para minha opinião um vinho da uva chenin que não tinha ainda degustado foi uma boa experiência, que me pareceu muito complexo que se deve ter paciencia para analisar. O Dom melchor 2001 st(95), da vinícola concha y toro, região maipo e 14% alc , o melhor em nariz da noite estava com aromas caracteristicos do maipo chile e na boca muito complexo e persistência longa. O mais esperado o Nicolas Catena zapata 2004 st (96) vinícola catena zapata, região de mendoza com 78% cabernet e 22% malbec feito pelo famoso Nicolas catena e nota de rp(98) realmente fantastico um aromas ainda pouco desenvolvidos mais na boca mostra uma explosão de sabores e persistência 50+. Estavam presentes Audir e Cristina, Marcos e Hilka e eu e keila.

VIVA A VIDA !!!!!