Mais um trabalho difícil por estes dias aqui na capital Capixaba. Desta vez a loja da Ville du Vin que em parceria com o italiano Marco Colmo, promoveu uma degustação histórica. Pela primeira vez acredito aqui foi feita uma degustação harmonizada com pratos base de trufas, que foram preparados pelo Chef Ivan Di Cesar do restaurante Pier.

Para aqueles que ainda não conhecem as trufas, são fungos subterrâneos que vivem em raízes de algumas árvores, sobretudo sobreiros. Embora na Europa há mais de 20 espécies de trufas, só alguns têm o valor de culinária para o mercado.

Por que são tão caras? O aroma intenso e único, dá um sabor único aos pratos que a utilizam como ingrediente. Uma trufa negra do tamanho de uma noz é capaz de inundar uma sala inteira com aroma. As trufas são conhecidas e apreciadas desde os tempos antigos. Os egípcios e os romanos usavam em sua cozinha, mas eram consumidos principalmente por serem afrodisíaco.

Quais são as melhores trufas comestíveis? Duas trufas são as melhores: a trufa branca de Alba ( Tuber magnatum ) e trufa negra de inverno ( Tuber melanosporum ). Outras trufas são muito menos intenso aroma.

Bom, agora vamos aos vinhos.

O Sommelier Boris Azevedo definiu a seqüência que a partir daí foi só alegria, degustando de joelhos e confirmando a perfeição na harmonização com os pratos. Apesar de todos os vinhos mostrarem ótima qualidade, destaco nesta degustação o Barbaresco La Cà Nova 2004, vinho que mostrou aromas complexos e um paladar perfeito para os pratos, se destacando na acidez.

Não é à toa que Barolos e Barbarescos fazem um par perfeito com as trufas.

Comendator Enrico 2006 – Rosso Toscano I.G.T – Merlot 40%, Sangiovese 25%, Cabernet Sauvignon 25% e 10% Petit Verdot – ST (88)

Castello di Verduno Barbaresco docg 2003 – Nebbiolo – Rabajá – 14,5% – ST (90)

La Ca Nova, Barbaresco Montestefano DOCG 2004 – Nebbiolo – 13,5% – ST (95)

Castello di Verduno docg 2004 – Massara – Nebbiolo – 14% – ST (92+)

Barolo DOCG 2005 – Nebbiolo – 14% – ST (93)

Lorlano Vinsanto Del Chianti Classicio – Malvasia Bianca 50% e Trebbiano Toscano 50% – ST (91+)

Parabéns para os organizadores desta belíssima degustação!!!

Os vinhos degustados ainda não estão disponíveis para venda, quando estiver darei a nota aqui no Vivendo a Vida.