Como eu sempre falo, estar no lugar certo e na hora certa. Ontem á noite finalizando uma degustação na loja da Grand Cru em Vitória de novos rótulos tivemos uma agradável surpresa. Um confrade a mesa pede para falar, avisa que está com um vinho á cegas para apresentar. Pelo nível do confrade a expectativa era de ser um rótulo de grande qualidade. Logo fomos questionados para responder sobre as suas características safra, país e região. Ele tinha aberto o vinho em casa aonde colocou uma rolha de Don Melchor que no inicio da degustação jogou a mesa para confundir os confrades, e deu certo, alguns ficaram logicamente sugestionados, não sabendo que era uma pegadinha.

Château Palmer Gran Vin é um Troisièmes Cru, classificação 1855 de Bordeaux, se localiza em Margaux, uma comuna de Médoc, margem esquerda.

A safra 1999 foi considerada 7 em 10. Veja o que o site na vinícola fala desta safra: “Durante a maturação que se seguiu, em Palmer ocorreu uma concentração rara e natural, juntamente com alterações fisiológicas habituais: o que resultou em excepcional riqueza de açucares”.

Avaliação pessoal:

Visual ainda muito escuro, com leve borda acastanhada, aromas encantadores de tabaco, cedro, ameixa em calda, hortelã, especiarias…..No paladar mostra uma qualidade inquestionável, acidez viva, taninos ainda mordendo, confirmando o nariz com uma madeira na medida, fruta presente mais contida com uma persistência longa. Um belo vinho!!!

França – Bordeaux / Margaux – 48% Cabernet Sauvignon, 46% Merlot e 6% Petit Verdot – 12,5% – ST (94+) RP (95)