Maria Mora, projeto do enólogo Carlos Lucas na região do Alentejo em Portugal

Recentemente esteve em Vitória/ES meu amigo e enólogo português, Carlos Lucas. Referência na região do Dão, se dedicou a projetos internacionais, no Piemonte (Itália), no Priorat (Espanha) e também na implantação da produção de vinhos no Vale de São Francisco (Brasil).

Atualmente lidera quatro projetos em Portugal, dentre eles um na região no Alentejo – “Maria Mora” – uma homenagem à mulher da região refletida em uma ilustração de Manuel Ribeiro de Pavia, pintor neo-realista do início do século XX.

O Distrito de Mora é um local de grande tradição de vinhos da região, onde a civilização romana produzia vinhos em Talhas – grandes ânforas de barro, que são usadas até hoje. Maria Mora representa as camponesas do Alentejo, jovens e trigueiras, que trabalham em seus campos quentes e calmos. Ali, são produzidos vinhos que combinam os ensinamentos de antigamente com a técnicas modernas.

Maria Mora Tinto 2015

O enólogo elabora este tinto com as castas Trincadeira, Syrah, Touriga Nacional, sem passagem em madeira. Na taça apresenta um visual rubi com aromas com frutas vermelhas em destaque. No paladar, corpo de média intensidade, com taninos macios, fresco, pedindo o próximo gole. Tem 13,5% de álcool. Custa em torno de R$ 60.

Maria Mora Reserva Tinto 2014

Elaborado com 40% Touriga Nacional, 40% Syrah e 20% Alicante Bouschet, rápida passagem em barricas de carvalho (seis meses).  Visual  rubi, aromas maduros, com fruta mais contida. Agradável no paladar, com taninos bem mesclados com seu corpo de média intensidade, e um toque mineral. Tem 14% de álcool. Custa em torno de R$ 85.

Os vinhos Maria Mora são importados pela Uaine Group.

Conheça o “Sommelier do Ano – Vinhos de Portugal 2017” no Brasil

Eduardo Araújo, do The Wine Pub, em Florianópolis, foi eleito melhor sommelier do Brasil para os vinhos de Portugal, ao conquistar o júri com a sua sensibilidade e criatividade, e com os seus conhecimentos únicos sobre vinho português.

Sócio-sommelier do The Wine Pub, um pequeno mas badalado wine bar em Florianópolis, Eduardo Araújo é responsável por uma carta de vinhos de mais 200 rótulos. Antes foi proprietário da Santa Adega Vinhos Finos e passou já por mais de 15 países, conhecendo bem as suas principais regiões produtoras. Formou-se como sommelier em 2007 pelo SENAC SC e é Certified Sommelier pela Court of Master Sommeliers em prova na Califórnia e WSET 2. Actua também na área da educação, conduzindo palestras, além de escrever sobre vinhos no jornal Imagem da Ilha e no seu blogue vinho365.com.br.

A final do concurso Sommelier do Ano decorreu esta Sexta-feira, no Consulado Geral de Portugal em São Paulo. Depois de uma formação intensiva e de uma tour por várias regiões vitivinícolas portuguesas, os finalistas foram postos à prova por um reputado júri, composto pelos wine experts brasileiros Alexandre Lalas, Manoel Beato e Alexandro Bronzato, e por Sónia Vieira, da ViniPortugal.

Parabéns aos restantes finalistas – Julieta Carrizo, Marcos Lima, Gabriele Frizon, João Pichetti, Gustavo Giacchero e Patricia Skvira – pela excelente prestação!

Enólogo Carlos Lucas apresenta os vinhos “Maria Mora” sábado no Supermercado Perim Mata da Praia e no Carone de Santa lúcia | Vitória – ES

O enólogo Carlos Lucas, um dos mais respeitados produtores de vinhos de Portugal, estará em Vitória, Espirito Santo, no próximo dia 25 de novembro (sábado), para uma sessão de autógrafos e apresentação de sua linha de vinhos da região do Alentejo – “Maria Mora”, no Supermercado Carone Santa Lúcia, das 10;30 as 13 horas e no Supermercado Perim, Mata da Praia, das 17 às 20 horas. A linha é importada pela Uaine Groupe.

A “Maria Mora” é uma homenagem à mulher Alentejana, refletida em uma ilustração de Manuel Ribeiro de Pavia, pintor neo-realista do início do século XX. O Distrito de Mora é um local de grande tradição de vinhos da região, onde a civilização romana produzia vinhos em Talhas – grandes ânforas de barro, que são usadas até hoje. Maria Mora representa as camponesas do Alentejo, jovens e trigueiras, que trabalham em seus campos quentes e calmos. Ali, são produzidos vinhos que combinam os ensinamentos de outrora com a irreverência contemporânea, conferindo-lhe um perfil sóbrio e moderno.

Champagne da década chega ao Brasil

Aos aficionados por grandes champagnes, uma ótima notícia: o Cuvée de Prestige Piper-Heidsieck Rare Millésime 2002 Brut, eleito o Champagne da Década, acaba de chegar ao Brasil pela Importadora BEV GROUP. Produzido somente em anos de safra excepcional e em quantidade limitada, este champagne agora pode ter lugar de destaque na sua adega. São somente 300 garrafas para todo o território nacional.  O valor da garrafa (750 ml) é R$ 1.800,00 e a compra pode ser feita direto com a importadora. BEV GROUP www.bevgroup.com.br.

Escolhido como “O Champagne da Década 2000” pela Fine Champagne Magazine e Tastinbook.com, Rare 2002 é elaborado com uvas Chardonnay (70%) e Pinot Noir (30%). Possui extraordinária finesse, resultado do blend de 17 crus e de pelo menos sete anos de envelhecimento nas caves da Piper. Até hoje, somente oito anos renderam uvas com propriedades extraordinárias e produziram o Vintage Rare: 1976, 1979, 1985,1988, 1990, 1998, 1990 e 2002. Piper-Heidsieck Rare Millésime supera todos os Cuvées de Prestige: é sinônimo de riqueza e generosidade.

SOBRE A PIPER-HEIDSIECK:
Criada em 1785 por Florens-Louis Heidsieck, visando criar um vinho digno de rainha, a Piper-Heidsieck é uma das mais tradicionais e antigas casas de champagne da França. Os champagnes Piper estão estreitamente ligados ao mundo das Artes, do Cinema e da Moda: desde 1993, Piper é o champagne oficial do Festival de Cannes e desde 2015 é o champagne exclusivo do Oscar®. Além disso, estilistas mundialmente renomados, como Jean-Paul Gaultier, Cristian Louboutin e Viktor & Rolf, tiveram participação na produção de artigos de luxo ligados à marca. Além do Rare, a BEV GROUP importa também os champagnes Piper-Heidsieck Cuvée Brut, Piper-Heidsieck Rosé Sauvage Brut e Piper-Heidsieck Cuvée Sublime Demi-Sec, à venda nos principais empórios e lojas especializadas do Brasil.

Wine Spectator divulgou a lista dos 100 melhores vinhos de 2017

A respeitada revista norte-americana Wine Spectator acaba de publicar a esperada lista anual dos 100 melhores vinhos do ano. A avaliação é elaborada segundo quatro critérios: a qualidade (expressa em pontos), o preço, a disponibilidade (número de caixas produzidas) e o fator “X” (que os editores designam por “excitement”, que também pode ser traduzido como o prazer que o vinho proporciona ao ser bebido).

TOP 100 WINE SPECTATOR 2017

1º DUCKHORN MERLOT NAPA VALLEY THREE PALMS VINEYARD 2014

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 98
Caixas produzidas: 3.170

2º K Syrah Powerline Estate 2014 (Walla Walla Valley – Washington)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 45
Caixas produzidas: 1.319

3º Château Coutet premier cru classé branco 2014 (Barsac – Bordeaux, França)

Pontuação: 96/100 pts.
Preço: US$ 37
Caixas produzidas: 4.000

4º Casanova di Neri 2012 (Brunello di Montalcino – Toscana, Itália)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 65
Caixas produzidas: 6.054

5º Château de Saint Cosme 2015 (Gigondas – Vale do Rhône, França)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 43
Garrafas produzidas: 4.000

6º Domaine Huët Le Mont white Demi-sec 2016 (Vouvray)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 44
Garrafas produzidas: 2.000

7º CHÂTEAU CANON-LA GAFFELIÈRE 2014 (St.-Émilion – França)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 61
Garrafas produzidas: 4.083

8º Meyer Vineyard Cabernet Sauvignon 2014 (Napa Valley)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 70
Garrafas produzidas: 1.200

Pahlmeyer Chardonnay 2015 (Napa Valley)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 75
Garrafas produzidas: 2.500

10º Booker Oublié tinto 2014 (Paso Robles)

Pontuação: 95/100 pts.
Preço: US$ 80
Garrafas produzidas: 1.500

Confira a lista completa aqui > http://top100.winespectator.com/lists/

Vivino divulga os melhores vinhos do ano segundo 26 milhões de usuários!

Vivino, o mais popular aplicativo para reconhecimento e classificação de vinhos no mercado, acaba de divulgar os melhores do ano – Vivino’s Wine Style Awards 2018 – divididos em mais de 149 categorias. Os prêmios deste ano foram determinados por 26 milhões de usuários que deixaram suas avaliações no ano passado. Para cada categoria (estilo de vinho) foram selecionados os mais votados. Um banco de dados incrível!

Brasil (Merlot)
Pizzato DNA 99 Single Vineyard Merlot 2008 – 4.1
Casa Valduga STORIA Gran Reserva Merlot 2011 – 4.2
Almaúnica Parte 2 Merlot 2012 – 4.2
Lidio Carraro Grande Vindima Merlot 2006 – 3.9
Miolo Terroir Merlot 2012 – 3.9
Salton Desejo Merlot 2012 – 3.9
Maximo Boschi Biografia Merlot 2007 – 3.9
Cave de Pedra Adaga Merlot 2012 – 3.8
Casa Valduga Leopoldina Terroir Merlot 2014 – 3.9
Boscato Gran Cave Merlot 2008 – 3.6

Confira A LISTA COMPLETA aqui > https://www.vivino.com/awards

Vinhos do Alentejo apresentam os finalistas do concurso “O Melhor Sommelier do Brasil 2018”

O concurso “O Melhor Sommellier do Brasil 2018”, está em sua etapa final. A Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), organização que certifica e promove os vinhos da região do Alentejo, em Portugal, anuncia os oito finalistas do concurso das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília:

São Paulo

  • Aldo Assada – Grand Cru Importadora
  • Débora Cristine Vendramini – O Beijo de Bacco

Rio de Janeiro

  • Amauri Santana de Souza – Restaurante Rubaiyat Rio
  • Adriano Henrique Cíndido de Souza – Carrefour

Curitiba

  • Alessandro Pescara – Adega Brasil Empório
  • Mizael Tavares Gomes – Angeloni

Brasília

  • Frederico Benjamim de Souza Nunes – MWC Comercio e Consultoria
  • Rafael Costacurta – Marietta Café

Em sua quinta edição no país, a iniciativa visa aumentar a notoriedade e o conhecimento sobre os vinhos do Alentejo, além de revelar novos talentos brasileiros: cerca de 120 sommeliers de todo o país participaram da disputa este ano.

“A edição 2018 do concurso superou as expectativas. O nível de conhecimento dos sommeliers brasileiros é brilhante”, afirma Maria Amélia Vaz, responsável de Marketing dos Vinhos do Alentejo no Brasil.

A segunda etapa do concurso começa em Janeiro e acontece no Alentejo, em Portugal. Os oito finalistas embarcam para a região para visitar as diversas vinícolas locais, terminando em um teste prático onde um juri escolherá “O Melhor Sommelier do Brasil – 2018”. O nome do grande vencedor será revelado também em Janeiro.

Sobre a quinta edição do concurso

A quinta edição do “O Melhor Sommelier do Brasil – 2018”, realizada entre os meses de Setembro de 2017 e Janeiro de 2018, envolveu cerca de 120 sommeliers de todo o Brasil, que participaram das seletivas regionais realizadas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília.

Em cada etapa, foram apresentados conceitos-chave da região vitivinícola do Alentejo, tais como o seu histórico, terroir e perfil dos vinhos. Ao longo do evento, os participantes realizaram um teste escrito e foram convidados a aferir as caraterísticas singulares dos vinhos alentejanos. Os dois melhores de cada cidade foram selecionados para a próxima e última fase. Os oito finalistas vão ao Alentejo conhecer de perto a realidade dos vinhos alentejanos, as grandes variedades de castas e os distintos terroirs.

Ao longo de uma semana, os brasileiros vão poder trocar experiências com os produtores e enólogos da localidade para aprofundar seus conhecimentos com os vinhos da região. No último dia, todos serão submetidos a um teste escrito e uma prova oral sobre os conhecimentos adquiridos. O grande vencedor, além de sagrar-se embaixador dos Vinhos de Alentejo durante o ano de 2018, receberá da CVRA um troféu especial, simbolizado por um decanter de cristal gravado com o título de “Melhor Sommelier Vinhos do Alentejo no Brasil 2018”.

DOC Tasting: evento reúne vinhos de vários países no Hotel Sheraton Praia do Canto | Dia 9, quinta-feira!

Os apreciadores dos bons vinhos já têm encontro marcado em Vitória. Dia 9 de novembro, próxima quinta-feira, acontece mais uma edição do DOC Tasting, que apresentará 25 rótulos de vinhos de vários países, no Hotel Sheraton Praia do Canto. O evento é realizado pela loja Espaço DOC.

O formato será o de Wine Show, no qual os expositores apresentam seus produtos para a degustação, em contato direto com os visitantes. No final você poderá comprar os rótulos que mais gostou com desconto de até 30%.

Harmonização com queijos

Para acompanhar a grande degustação dos vinhos, estará disponível para degustação e compra os Queijos Premium da “Serra das Antas”, com produção localizada na região montanhosa de Bueno Brandão – MG, conhecido reduto de alguns dos melhores queijos do país, elogiados por grandes chefs e de qualidade reconhecida em concursos e mídias especializadas como o prêmio “PALADAR” do Jornal O Estado de São Paulo.

25 rótulos do mundo todo
Data: 09/11
Hotel Sheraton Praia do Canto – Vitória/ES
Horário: 18h30 até as 22h
Vagas limitadas 100 convites
Valor R$ 100,00 por pessoa

INCLUÍDO: Petiscos para acompanhar, pão, azeite e água.

ww.espacodoc.com.br

III Prêmio Queijos do Brasil: Conheça as amostras premiadas!

Foi divulgado recentemente o resultado do III Prêmio Queijos do Brasil, realizado entre os dias 26 a 29 de outubro com o apoio da Revista Prazeres da Mesa. Entre os 405 queijos concorrentes no Memorial da América Latina, em São Paulo, 5 receberam Super Ouro, 40 Ouro, 98 Prata e 156 bronze, num total de 299 diplomas distribuídos aos produtores presentes.

A novidade dessa edição é que cada queijo recebeu um parecer com sua avaliação pelos jurados. O corpo de jurados foi dividido em dois grupos, técnico e gustativo, que avaliaram os seguintes critérios: Aspecto/Aparência, Olfato/Aromas, Textura e Sabor.

Os queijos começaram com nota máxima para o corpo técnico e foram perdendo pontos à medida que os defeitos foram sendo identificados. Em seguida, o corpo gustativo avaliou os queijos “com um olhar mais comercial, buscando qualidades gustativas e olfativas, possibilidades de receitas gastronômicas” (regulamento do concurso). Nessa segunda etapa os queijo começaram a avaliação com a nota mínima, que foi aumentando com as qualidades encontradas. A soma total desta avaliação foi determinante para qual premiação o queijo vai receber.

Super Ouro só foram cinco

  • Parmesão Serra das Antas.

Fabricado por Airton e Waldeci Costa em Bueno Brandão, cidade de 10 mil habitantes na divisa com a cidade de São Paulo. Eles são produtores desde 1989. “Eu gostaria de fazer queijo de leite cru, mas a legislação dificulta isso, se um dia eu puder fabricar sem pasteurizar, vou ter que adaptar minha tecnologia à qualidade do leite para garantir sempre a mesma qualidade do produto” explicou Airton. O diferencial do seu parmesão é que o leite é um pouco mais gordo, com maturação mínima de 1 ano. No Espirito Santo é representado por Silvestre Tavares (27) 999866041.

  • Azul do Capril do Bosque.

Da produtora Heloisa Collins, que estava impossibilitada de comparecer devido à um problema de saúde não grave.

  • Terruá Faixa de Carvão.

Do Produtor Edson Cardoso de Barbacena, do Capril

  • Queijo de Araxá.

Do produtor Reinaldo Lima.

  • Queijo Faixa Dourada.

Do produtor Márcio Martins de Barros de Alagoa e curado por Osvaldo Filho, do queijo d’Alagoa.

Lista de Prêmios Ouro

Lista de Prêmios Prata

Lista de Prêmios Bronze

Conheça os rótulos premiados na 6ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil

Foram divulgados os destaques da 6ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil. Realizada recentemente no Rio de Janeiro a prova contou com 827 rótulos de 125 vinícolas de vários estados brasileiros. Uma comissão de 23 jurados comandados por Marcello Copello teve a missão de escolher os melhores espumantes, brancos, rosés e tintos do Brasil. Os vinhos integrarão o Anuário Vinhos do Brasil 2017.

Espumante Brut Branco Champenoise: Espumante Cave Geisse Brut

Espumante Brut Branco Charmat: Espumante Casa Galiotto Brut

Espumante Brut Rosé Champenoise: Espumante Casa Valduga Arte Brut Rose

Espumante Brut Rosé Charmat (EMPATE):

  • Espumante Dunamis Ar Brut Rosé
  • Espumante Cave del Veneto Brut Rosé, Adega Chesini

Espumante Extra-Brut, Nature Branco: Espumante Victoria Geisse Extra Brut 2017

Espumante Extra-Brut, Nature Rosé: Espumante Victoria Geisse Extra Brut Rosé 2016

Espumante Prosecco/Glera: Espumante X Decima Prosecco

Espumante Moscatel Branco: Espumante Giaretta Moscatel

Espumante Demi-Sec Branco: Espumante Casa Perini ICE Demi-Sec

Espumante Moscatel e Demi-Sec Rosé: Espumante Monte Paschoal Moscatel, Basso

Branco Chardonnay: Pizzato Legno Chardonnay 2016

Branco Sauvignon Blanc: Dom Pedrito Obelisco Sauvignon Blanc 2016

Branco Gewurztraminer: RAR Collezione Gewurztraminer 2011

Branco Riesling: Aurora Varietal Riesling Itálico 2017

Branco Moscato: Monte Paschoal Moscato Frisante, Basso

Branco de Outras Castas e Cortes: Miolo Quinta do Seival Alvarinho 2016

Rosé: Cattacini La Sagrada Familia 2017,

Tinto Cabernet Sauvignon (EMPATE):

  • Angustifólia Cabernet Sauvignon 2012, Vinícola Araucári
  • Panizzon Celebrando Gerações Cabernet Sauvignon 2015

Tinto Merlot (EMPATE):

  • Monte Paschoal Dedicato Merlot 2013, Basso
  • Barão de Petrópolis Reserva Merlot 2012

Tinto Tannat: Almejo Tannat 2012, Família Bebber

Tinto Sangiovese: Cave Antiga Sangiovese 2012

Tinto Syrah: Vista da Serra Syrah 2015, Guaspari

Tinto Pinot Noir: Monte Paschoal Dedicato Pinot Noir 2014, Basso

Tinto Tempranillo: Lendas do Pampa Tempranillo 2015, Guatambu

Tinto Cabernet Franc: Barão de Petrópolis Reserva Cabernet Franc 2012

Tinto Marselan: Casa Perini Marselan 2014

Tinto de Outras Castas: Lidio Carraro Singular Teroldego 2010

Tinto Cortes: Lidio Carraro Quorum Grande Vindima 2008

Doces e Fortificados: Boscato Licoroso

Suco de Uva Integral Branco: Suco de Uva Integral Zanrosso

Suco de Uva Integral Tinto: Suco de Uva Integral Galiotto