Os 50 melhores vinhos portugueses para americano beber

Na sua 3.ª edição, os “50 Grandes Vinhos de Portugal” apresentam pela primeira vez a escolha dos master sommeliers, Dennis Kelly, Madeline Triffon e Peter Granoff. Promovida pela ViniPortugal, a ação tem o objetivo de “reforçar o conhecimento e a notoriedade dos vinhos portugueses junto dos consumidores e dos líderes de opinião norte-americanos, fortalecendo a afirmação da qualidade dos vinhos nacionais neste mercado.”

De acordo com dados recentes, a exportação de vinhos portugueses para os EUA aumentou 16,3% em 2015, com os vinhos tranquilos a contribuírem para um crescimento de 22,6%. E um estudo recente do Wine Market Council revela que 25% dos compradores de vinho com mais elevada taxa de frequência, compram vinhos portugueses, estando 39% dessas compras associadas à geração Millennials, sugerindo um sucesso ainda maior dos vinhos portugueses em 2016. “A Lista de ’50 Grandes Vinhos Portugueses’ deste ano é trabalhada a partir de mais de 10 regiões de alta qualidade, como o Douro, Alentejo e Dão, e apresenta a variedade e profundidade de vinhos portugueses produzidos em todo o país”, afirmou Evan Goldstein.

“O painel dos três Master Sommeliers selecionou uma lista inteligente, que sublinha as maiores forças de Portugal, a partir de castas autóctones de elevadíssimo valor”, reforça. Entre os 50 eleitos da lista completa, que o leitor pode consultar aqui para ver se consta o seu preferido, estão também Redoma Tinto; Alvarinho Soalheiro Primeiras Vinhas; Reserva do Comendador; Vinhas Velhas Tinto, do Luís Pato; Beyra Reserva; Casa da Passerella Descoberta Branco; Dona Ermelinda Reserva; Dow’s Vintage 2003 e Fiuza Alvarinho. O evento onde foi apresentada a lista é composto por quatro seminários que contam com a participação de diversos oradores, moderados pelo master sommelier Evan Goldstein. Os seminários são direcionados para um grupo exclusivo de 50 convidados, profissionais de trade e comunicação social mais influentes de diferentes regiões dos EUA.

XDécima on tap: Um novo conceito no consumo de espumantes!

Depois de muitos testes, o enólogo do grupo X Décima e o técnico acabam de lançar o XDécima on tap, um barril de espumante que se adapta em uma máquina de chopp, que preserva as características da bebida, como o frescor, aromas, sabores e o perlage, permitindo o consumo diretamente da torneira.

O espumante é acondicionado em barris de inox (iguais aos de chopp), disponível no tamanho de 20 litros. Segundo Alejandro, além de baratear o custo com a ausência de vidro, gaiolas e cortiças, esse método aumenta a vida da bebida, já que evita a oxidação natural depois de aberto na garrafa tradicional.

Em fase experimental em uma cervejaria, a saída do produto já é o dobro a de seu concorrente, o chopp.

Morre Paul Pontallier, diretor do Château Margaux

Diretor de uma das mais ilustres casas produtoras de vinho do mundo, o Château Margaux, Paul Pontallier morreu nesta segunda-feira (28), em decorrência de um câncer. Pontallier tinha 59 anos.

Conhecido por sua elegância, Pontallier, que estudou enologia em Montpellier e em Bordeaux, onde pesquisou o efeito do carvalho em tintos, chegou ao Château Margaux na célebre safra de 1983, uma das mais espetaculares da história do vinho francês segundo a crítica internacional. Apenas sete anos depois, assumiu a direção geral da casa. No começo, trabalhou sob a tutela de Émile Peynaud, mas logo ganhou luz própria, não só por fazer o vinho, mas por apresentar bem a propriedade.

Conhecido por sua elegância, Paul Pontallier era diretor do Château Margaux, uma das mais ilustres casas produtoras de vinho do mundo.

Para a inglesa Jancis Robinson, Pontallier fazia parte de uma pequena elite de cientistas do vinho. Sua relação com a proprietária do Château Margaux, Corine Mentzelopoulos, era um prazer de assistir, ela escreve em nota sobre a morte de Pontallier – sem sinais de estratificação social e com respeito mútuo.

“Seu entusiasmo sobre cada safra era tamanho que nós, degustadores do time Spurrier-Robinson, medíamos a qualidade da produção pela altura em que ele alcançava nas pontas dos pés ao descrevê-la. Para ele, não havia safra decepcionante e a qualidade da velha Cabernet Sauvignon do Château Margaux era sempre incomparável”, escreve Robinson.

Chile finaliza colheita das uvas em Colchagua e comemora com tradicional Festa da Vindima

Em Santa Cruz, cidade central da região de Colchagua, no Chile, variedades como Carménère, símbolo da produção vinícola chilena, Cabernet Sauvignon e Merlot acabaram de ser colhidas para compor os vinhos que o consumidor brasileiro adora beber.

“Tivemos um ano de excelência, em que as condições climáticas e a dedicação dos produtores foram essenciais para um resultado excelente. Certamente, a safra promete vinhos de alta qualidade e irá reafirmar toda a admiração e respeito que o Brasil transmite ao escolher um produto do Chile!”, exalta Maite Rodríguez, gerente da Associação Viñas de Colchagua.

A Festa da Vindima do Vale de Colchagua marca o final do verão e a colheita, primeira etapa das produções de alta qualidade, concentradas nos diversos terroirs do Vale de Colchagua, reconhecido pela bem-sucedida expansão da oferta de vinhos Premium no mercado internacional. 

A 17ª edição do evento, realizado na charmosa Praça de Santa Cruz, recebeu mais de 120 mil pessoas – número recorde de visitantes – que tiveram acesso à degustação de mais de 150 rótulos das renomadas vinícolas Bisquertt, Casa Silva, Koyle, Lapostolle, Los Vascos, Luis Felipe Edwards, MontGras, Montes, Neyen, Santa Cruz, Siegel, Ventisquero e Viu Manent. 

Da Cordilheira ao Oceano Pacífico, estão as raízes de uma ampla variedade de vinhos, e é justamente essa diversidade que a edição deste ano comemora: entre os rótulos  servidos estiveram alguns clássicos como Cabernet Sauvignon Chardonnay, Pinot Noir e Sauvignon Blanc, e também cortes inovadores como Gewürstraminer, Tempranillo, Mourvèdre e  Roussanne.

Além das degustações, o público foi privilegiado com uma seleção especial de peças de artesanato local, pratos dagastronomia regional e a apresentação de espetáculos musicais primorosos, programação que acompanhou a tradicional eleição da “Rainha da Vindima”. 

Viñas de Colchagua

A Viñas de Colchagua é a primeira associação regional de vinícolas do Chile, criada em Dezembro de 1999 com o objetivo de promover e difundir a Denominação de Origem Valle de Colchagua. Desde junho 2011 adquiriu um novo conceito legal como Associação Gremial, agrupando atualmente 13 produtores da região, além de ser responsável pela Rota do Vinho no Vale de Colchagua. Mais informações em: www.colchaguavalley.cl.

Vinhos e espumantes nacionais arrematam medalhas no país do champagne

Não é de hoje que a qualidade dos vinhos e espumantes brasileiros é reconhecida mundialmente. Prova disso, são os contínuos prêmios conquistados mundo afora. E nada melhor do que receber o reconhecimento de um concurso com prestígio e respeito internacional, realizado num país de tradição como é a França.

Sediado em Paris, de 26 de fevereiro a 1º de março, o Vinalies Internationales avaliou 3.441 amostras de 38 países, degustadas por enólogos, sommeliers e jornalistas. O presidente da Associação Brasileira de Enologia (ABE), enólogo Juliano Perin, que esteve representando o Brasil no evento, voltou da França com orgulho da produção nacional. “Nossos vinhos e espumantes são únicos e, justamente por isso, diferenciam-se dos demais, destacando suas particularidades que agradam paladares ao redor do mundo. Os espumantes são versáteis, descontraídos e com um frescor exclusivo.

Da mesma nossos vinhos apresentam características próprias com terroirs específicos de um país tropical”, destaca. Perin complementa enaltecendo que o Brasil não apenas conquistou um número expressivo de importantes prêmios como também colocou na vitrine diferentes rótulos, mostrando que a qualidade é uma condição do setor como um todo. 
  
PREMIAÇÕES

Medalha de Ouro

Casa Valduga Espumante Extra Brut  2010 – Casa Valduga Vinhos Finos

Casa Valduga Raízes Cabernet Franc  2015 – Casa Valduga Vinhos Finos

Cave Geisse Espumante Brut – Vinícola Geisse

Cave Geisse Espumante Brut Blanc de Blanc – Vinícola Geisse 
  
Medalha de Prata

Casa Perini Espumante Brut – Vinícola Perini

Cave Amadeu Espumante Brut – Vinícola Geisse

Cerro da Cruz Cabernet, Tannat e Merlot  2012 – Cooperativa Vinícola Nova Aliança

Garibaldi Espumante Chardonnay Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Prosecco Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Panizzon Espumante Chardonnay Brut – Sociedade de Bebidas Panizzon

Ponto Nero Espumante Brut – Domno do Brasil

12º Espírito Santo Restaurant Week – 21 de março a 10 de abril

O festival gastronômico Espírito Santo Restaurant Week tem início na hoje, segunda-feira (21), oferecendo menus completos a preços mais baixos em 38 estabelecimentos. Neste ano, almoços custam R$ 39,90 e jantares, R$ 51,90. Cada restaurante propõe refeições com entrada, prato principal e sobremesa.

Ao todo foram elaboradas 36 propostas de entradas, 42 pratos principais e 36 sobremesas para o almoço e 60 entradas, 68 pratos principais e 59 sobremesas para o jantar. Os números permitem uma combinação de 406 menus.

Polenta, rabada, coxinha, quindim, pé de moleque, brigadeiro… são pratos que remetem à clássicos brasileiros e não ficariam de fora desta edição do evento.

Semana Exclusiva Clientes Banescard: 21.03 a 27.03

Confira a lista de restaurantes –

1º Edição Zanatta Wine Fest – 12 de Abril – 19h às 23h

No dia 12 de abril, o Zanatta Wine Store será palco de uma Feira de Vinhos. Durante o evento, serão apresentados para o público mais de 50 rótulos de 6 países, sendo algumas novidades no mercado e novas safras. Todos os vinhos degustados na Feira estarão à disposição para serem adquiridos no local, com descontos de 30%. Além dos vinhos, serão servidos pães, pastas frios, embutidos e água.

O investimento por pessoa é de 89 reais até dia 4 de abril. Vagas limitadas. Mais informações: 27 3026-6440.

Avenida Carlos Gomes de Sá, 730, Loja 01, Mata da Praia.

Olimpíadas Rio 2016 ganha vinho oficial

A Evino, um dos principais e-commerces de vinhos do País, iniciou, com exclusividade, a venda do Lidio Carraro Faces Rio 2016, vinho oficial dos Jogos Olímpicos Rio 2016.O vinho chega nas versões tinto, branco e rosé, e foi desenvolvido pela Lidio Carraro Vinícola Boutique, da cidade de Bento Gonçalves (RS). A Lidio Carraro tem uma tradição de mais de 140 anos no cultivo de uvas e desde 2001 atua como vinícola.

Os vinhos Lidio Carraro Faces Rio 2016 têm edição limitada e chegam na Evino com o valor especial de R$39,90 cada. Os rótulos integram os melhores sabores da vinicultura brasileira, com o espírito dos jogos olímpicos, marcados pela paixão, pelo desafio, além da superação e celebração.

Para a produção dos vinhos, foram escolhidas as melhores uvas Chardonnay, Merlot e Pinot Noir. O Faces branco apresenta aroma intenso de flores brancas, frutas tropicais e toque cítrico, refrescante, exótico e delicado.

O tinto é rico em aromas de frutas vermelhas e especiarias. O resultado é um vinho equilibrado, com taninos aveludados e boa estrutura. Já o Faces rosé é frutado, floral, com toque sutil de especiarias.

“Ficamos muito felizes com essa parceria. São rótulos de qualidade e especiais, que marcam um momento histórico para o Brasil e estarmos envolvidos nesse projeto só reforça nosso objetivo de democratizar o consumo do vinho no país”, comenta Ari Gorenstein, sócio e cofundador da Evino.

A coleção de rótulos do Faces terá venda inicial exclusiva pela Evino. Confira as opções pelo site da loja on-line www.evino.com.br.

Wine.com.br realiza sua 1ª degustação online

Em ação inédita, a Wine.com.br – terceiro maior e-commerce de vinhos do mundo – preparou uma comemoração especial para os seis anos de seu clube de vinhos, o ClubeW, que é também o maior da América Latina. A empresa, que tem sede no Espírito Santo, convida os amantes do vinho para um evento gratuito que será realizado online. O fundador e CEO da Wine.com.br, Rogerio Salume, junto ao Winehunter, Vicente Jorge, conduzirão a degustação ao vivo no dia 23 de março às 21 horas.

Para participar basta acessar o link: .

O evento pretende reunir todos os sócios do ClubeW, que já são 140 mil, e a comunidade apreciadora de vinhos para promover uma experiência nova. O programa contará com a apresentação de um vinho de cada opção do ClubeW e de um vinho especial produzido pela Bodega Goulart em parceria com a Wine.com.br. “Queremos estar mais perto dos nossos sócios para comemorar esses seis anos que estamos juntos, como não é possível estar junto de todos ao mesmo tempo, resolvemos fazer esta degustação online, da qual todos poderão participar”, diz Rogerio.

Cada opção do ClubeW tem vinhos com características para cada tipo de sócio, são cinco possibilidades: oClubeW One tem vinhos fáceis de beber, o ClubeW Clássic possui vinhos selecionados para representar regiões com bastante tradição de vinho, o ClubeW Premium oferece seleções exclusivas de diferentes partes do mundo, oClubeW Espumantes a modalidade ideal para compartilhar e celebrar todos os momentos, transformando-os em brindes especiais e o ClubeW Fresh é o primeiro clube de vinhos brancos e rosés do Brasil. “As seleções dos rótulos e as dicas que apresentaremos serão feitas de maneira descontraída, seguindo a cultura da Wine.com.br que se estabeleceu no mercado como a pioneira em democratizar o consumo consciente do vinho”, diz Vicente.

Os vinhos degustados pelo CEO e pelo Winehunter serão: Primitivo Puglia Corello IGT 2014, V9 Ventisquero Gran Reserva Red Blend Maipo 2013, Reclos de La Couronne 2012, Fantinel The Independent Rosé Brut 2014,  Las Torres Gewurztraminer 2015, todos disponíveis na Wine.com.br por um preço especial para os sócios do ClubeW.