O blog Vivendo a Vida a convite de algumas vinícolas localizadas em diversas regiões de Portugal, está junto a um grupo de jornalistas conhecendo a produção de vinhos por meio de visitas técnicas, com o intuito de aprofundar o conhecimento sobre o setor vitivinícola desse magnífico país. Além disso estamos conhecendo bons restaurantes e hotéis. Estarei de volta dia 7 de outubro com muitas novidades para contar. Enquanto isso você pode acompanhar várias dicas em tempo real pelo meu instagram – @silvestretg.

Hermann Lírica Crua, espumante natural sem dégorgement na taça!

O espumante brasileiro já está entre os melhores do mundo e vem a cada dia conquistando o paladar dos consumidores das borbulhas refrescantes. Para quem ainda não conhece a qualidade dos nossos espumantes, pode provar sem medo, existem muitas opções interessantes no mercado. Um belo exemplo degustado recentemente e que surpreendeu pela qualidade e originalidade foi o espumante da linha Lírica, da vinícola Hermann, o Lírica Crua.

As uvas utilizadas, Chardonnay, Gouveio e Pinot Noir, vem de Pinheiro Machado, na Serra do Sudeste no Rio Grande do Sul, plantado com mudas de alta qualidade. O projeto conta com a assessoria técnica de Anselmo Mendes, um dos mais brilhantes enólogos de Portugal, o “rei do Alvarinho”.

Mas o que chama atenção nesse espumante e o diferencia dos demais é a ausência do dégorgement, técnica que expulsa as leveduras e por consequência a não adição do licor de expedição (açúcar) última etapa no processo de produção dos espumantes, que determina sua classificação (Nature, Extra Brut, Brut…) e também, é claro, sua tampa de cerveja. Com isso mantém sua pureza e essência tornando ainda mais complexo pela permanência das leveduras no interior da garrafa.

Na taça apresenta um visual amarelo pálido, com certa turbidez provocado pela presença das leveduras, com bolhas médias, persistentes e aromas delicados de frutas cítricas, com destaque para o limão. No paladar é bastante fresco, com notas confirmando o nariz, textura cremosa, além de boa persistência. Uma delícia!!! ST (90) – Disponível no mercado capixaba por 70 reais.

Terremoto não afeta vinícolas chilenas

Como todos já sabem, um forte terremoto (8,3) ocorreu na noite desta quarta-feira (16) ao norte de Santiago, perto da região de Coquimbo, no Chile, que compreende três áreas vitivinícolas, Elgui Valley, Limati Valley e Choapa Valley. Apesar da magnitude desse terremoto a informação oficial é que as vinícolas não foram afetadas.

Comunicado oficial Wines of Chile

A Associação Vinos de Chile/Wines of Chile expressa profundo pesar pelo terremoto no centro do país, ocorrido ontem, 16 de setembro. Nos solidarizamos com as pessoas que foram afetadas pelo evento e estamos atentos à situação de todos aqueles que trabalham na indústria do vinho, no caso em que tenham sido ou sejam afetados.

Salientamos que, de acordo com os primeiros levantamentos, a nossa indústria não foi afetada. No entanto, estamos trabalhando para reunir mais informações, minuto a minuto, com o apoio das vinícolas que fazem parte da Wines of Chile.

Em relação aos colaboradores da indústria, até o momento não foram comunicados quaisquer casos de acidente. Com respeito à infraestrutura, não houve danos significativos. As vinícolas estão funcionando em boas condições, devido ao alto padrão de construção e tecnologia que possuem os produtores.

A Wines of Chile agradece o interesse demonstrado por todos, especialmente por parte da comunidade internacional, à qual comunicamos que a conectividade do país não foi afetada e os portos continuam a funcionar normalmente.

Atenciosamente,

Wines of Chile

Vai começar o ES Restaurant Week

Um prato que estimule boas memórias e a sensação de bem estar, este é o conceito da culinária afetiva, conhecida como comfort food. O estilo gastronômico é tema do próximo Espírito Santo Restaurant Week, que chega ao Estado em setembro. Na onda contrária ao fast food e avessa às receitas super elaboradas, o que conduz a culináriacomfort é a simplicidade.

O festival gastronômico ocorrerá entre os dias 21 de setembro e 4 de outubro, com a participação de 44 endereços, incluindo um em Pedra Azul e outro em Nova Venécia. De 5 a 11 de outubro acontece a semana exclusiva para clientes Banescard. Os menus completos (entrada, prato principal e sobremesa) terão o valor de R$ 39,90 no almoço e R$ 51,90 no jantar, mais R$ 1,00 para doação à Santa Casa de Vitória. 

Para esta edição foram criadas 110 opções de menus, entre elas há escolhas veganas, sem lactose e sem glúten, tudo para que pessoas com os mais diversos paladares possam apreciar as delícias elaboradas especialmente para o evento. O menu vegano, do Bendito Bistrô, é feito com mix de greens com peras grelhadas e nozes caramelizadas na entrada, cogumelos grelhados com musseline de inhame, brócolis ao alho e balsâmico trufado no prato principal e abacaxi grelhado com calda de cardamomo e sorbet de coco verde na sobremesa.

Já o menu do d’Bem conta com todas as opções sem lactose e um menu completo sem glúten. Gratinado de bacalhau servido sobre pão naan e azeite perfumado com alho negro é a opção de entrada sem lactose; e o espeto de vegetais grelhados, vinagrete de hibiscus e mescla de folhas é sem glúten e sem lactose. Nos pratos principais, vatapá cremoso sem glúten acompanhado de moquequinha de camarões pequenos, campanha de tomate verde, pimenta dedo de moça e pimenta de cheiro; ou fatias de filé mignon grelhado deitadas sobre batata esmurrada, creme de alho poro, sal de amêndoas e saladinha d’Bem. A sobremesa também é sem glúten e sem lactose: aveludado creme de baunilha coberto com morna ganache de chocolate e café d’Bem ou creme à base de leite e gemas, perfumado com canela e laranja, com cobertura crocante de açúcar mascavo e cardamomo.  

Os apreciadores da boa gastronomia podem comemorar a variedade culinária das casas participantes. As especialidades dos estabelecimentos passam pela gastronomia japonesa, argentina, italiana, steak, frutos do mar, contemporânea, mediterrânea, francesa, capixaba, americana, brasileira, mexicana e portuguesa. Dentro do total, é possível formar uma combinação de 175 menus para o horário do almoço e 277 para o horário do jantar.

Outro destaque da edição é a participação de casas com diversos endereços. É o caso do Argento Parrilla, com lojas na Praia da Costa, Shopping Vila Velha e Shopping Vitória; Banzai, que participa com as duas casas da Praia do Canto, além de Jardim Camburi e Praia da Costa; o Rock Burger que está presente na Praia do Canto, Jardim Camburi, Praia da Costa e Shopping Vila Velha e o Preferito que tem sede em Vila Velha e em Pedra Azul (Domingos Martins). Do total dos 44 endereços, 29 casas estão em Vitória e 13 em Vila Velha, 1 em Domingos Martins e outra em Nova Venécia.

Os amantes da culinária oriental têm muito o que comemorar. O restaurante Banzai participa com quatro casas. O Banzai Lounge, na Praia do Canto, conta com um menu diferente das outras lojas. Tartar de robalo e ceviche clássico estão na entrada, frutos do mar e combinados são as opções da entrada e na sobremesa: creme brûlée de chá verde ou sembei especial. As outras casas da rede contam com camarão e cream cheese envoltos em salmão ou frutos do mar no alumínio na entrada. Teppan de peixe branco e combinado no prato principal. E na sobremesa, o morango é a estrela: sorvete de creme com mini harumakis recheados de morango e Nutella ou morangos com sorvete de chocolate, calda de Nutella, amêndoas torradas e licor de amarula.                                                                                                                        

Curiosidades

  • Estreantes: Banzai (Praia do Canto, Jardim Camburi, Praia da Costa), Banzai Lounge, By Rock, Il Pescatore, Jalapeño, Preferito da Montanha, Argento Pariilla Shopping Vitória, Los Chicos Vila Velha e Rock Burger são os restaurantes que participam pela primeira vez do evento.
  • O restaurante d’Bem elaborou menus completos sem lactose e sem glúten, incluindo a sobremesa. E o Bendito Bistrô criou uma opção de menu totalmente vegano. Os dois ficam na Praia do Canto.
  • Especialidades: 12 restaurantes têm especialidade italiana; carnes e culinária argentina são especialidade de cinco casas e três são especialistas na culinária portuguesa e em frutos do mar.
  • O município de Domingos Martins pela primeira vez conta com um representante, é o Preferito da Montanha. Nova Venécia mais uma vez participa do evento com o restaurante Don Benin.
  • 21 restaurantes estarão com menu week no horário de almoço e 34 no jantar. É possível formar uma combinação de 175 menus para o almoço e 277 para o horário do jantar.

Link para todos os restaurantes e pratos

Documentário “À Sombra das Videiras” será lançado nesta semana

Com o objetivo de analisar as diferenças culturais, de comportamento e de convívio que surgem do encontro do produtor de uva com os migrantes temporários que vem à Serra Gaúcha para trabalhar no período da Vindima, surgiu o documentário À Sombra das Videiras, que será lançado nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, às 19h30min, na Fundação Casa das Artes. A entrada é gratuita e sem restrição de idade.

Realizado pelo Núcleo Audiovisual Cenecista (NAC), o projeto foi gravado em duas etapas: na primeira, o foco das gravações deu-se em torno da rotina de três famílias bentogonçalvenses, Dall’Óglio, Zucchi e Moro, registrando os afazeres domésticos, as refeições e o início da colheita, realizada sem a ajuda dos migrantes. Na segundo etapa, abordou-se a colheita sendo feita pelas famílias produtoras com apoio dos trabalhadores temporários, a relação surgida entre ambas as partes e a despedida dos migrantes.

​O diretor do documentário, Boca Migotto, acredita na intensa participação dos moradores. “Torço para que a comunidade de Bento Gonçalves não perca a oportunidade de ser ver na tela, de refletir e discutir sobre sua própria cultura e história e, também, de brindar mais essa obra que retrata a cidade para as telas do país”. 

À Sombra das Videiras conta com patrocínio do Fundo Municipal de Cultura e apoio das produtoras Epifania Filmes e Majola Pró Vídeo, além do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS/Região Uva e Vinho), Vinícola Aurora e da Associação Riograndense Empresa Técnica Extensão Rural de Bento Gonçalves (EMATER – BG).

 
 

Argentina Tasting Experience 2015: Mega degustação de vinhos argentinos em São Paulo dia 30 de setembro

No dia 30 de setembro de 2015, às 16:30, a Wines of Argentina, realiza o Argentina Tasting Experience na cidade de São Paulo no Hotel 115 – Vila Madalena. O evento contará com uma Mega Degustação às cegas, degustações sensoriais sobre diferentes temas e um espaço central com um bar que terá os vinhos premiados com medalhas de Ouro e Prata no último Argentina Wine Awards.

O Argentina Tasting Experience é um evento dinâmico e interativo e os participantes poderão participar de várias palestras onde os palestrantes serão renomados enólogos como Alejandro Vigil (Catena Zapata), Sebastián Zuccardi (Familia Zuccardi), Bernardo Bossi (Casarena), Hervé Birnie Scott (Diretor da Chandon) e Manoel Beato (Sommelier-Chefe do Grupo Fasano), entre outros.

Cerca de 150 pessoas terão a oportunidade de provar às cegas os 18 vinhos premiados com troféu e com medalha de ouro na última edição dos Argentina Wine Awards. Outra atividade durante o dia incluirão o “BAR AWA” com 22 vencedores de medalhas de ouro e prata na AWA 2015. O evento começa às 16:30 e vai até às 23:00.

Esta será uma forma inovadora de apresentar vinhos de forma descontraída e instrutiva.

Haverá também um espaço central e social, mais “lifestyle, para que os convidados possam aproveitar um cocktail exclusivo, com música e um um DJ convidado, além de um espaço de fotos cabine de fotos para aqueles que desejam ser fotografado.

As entradas para o evento serão vendidas através do site

Os valores são:

Palestras (16:30 às 19:00): R$ 80,00.

Degustação Principal (20:00 às 22:30): R$ 100,00.

Pacote Palestras + Degustação: R$ 150,00.

As Vinícolas argentinas participantes:

  • ANDELUNA CELLARS
  • BODEGA ARGENTO
  • BODEGA ATAMISQUE
  • BODEGA DEL FIN DEL MUNDO – PATAGONIA ARGENTINA
  • BODEGA RIGLOS
  • BODEGA SEPTIMA
  • Bodegas Salentein
  • CASA BIANCHI
  • CASARENA
  • DOÑA PAULA
  • EL ESTECO
  • FAMILIA ZUCCARDI
  • FINCA SOPHENIA
  • KAIKEN
  • LAGARDE
  • MASCOTA VINEYARDS
  • NIETO SENETINER
  • NORTON
  • PASCUAL TOSO
  • PROEMIO WINES
  • RICCITELLI WINES
  • TERRAZAS DE LOS ANDES
  • TRAPICHE
  • VINORUM

Sobre o Argentina Wine Awards:

Organizado desde 2007 pela Wines of Argentina, o AWA é a competição mais importante para o vinho argentino. Ele reúne os mais prestigiados especialistas internacionais e permite que as vinícolas locais mostrem ao mundo a força e qualidade de seus vinhos. Seu objetivo é avaliar e reconhecer a qualidade e o progresso do vinho argentino.

Os critérios utilizados para degustação são baseados na classificação de todas as amostras por tipo, variedade e preço, realizando provas às cegas.

O júri varia de acordo com cada edição, reforçando os diferentes aspectos dos mercados-alvo. No entanto, é sempre garantido que terão 12 especialistas altamante qualificados, com uma visão geral do mercado mundial do vinho, quer sejam jornalistas, Master of Wine, Master-Sommelier e Enólogos, entre outros. Além disso, a equipe destes jurados internacionais são sempre acompanhados por seis especialistas de prestígio da Argentina.

Sobre a WofA

Wines of Argentina é a entidade responsável pela “marca” vinho argentino no mundo. Desde 1993, a organização promove a imagem de vinhos locais no exterior, bem como ajudando a orientar a estratégia de exportação da Argentina, estudando e analisando as mudanças que ocorrem nos mercados de consumo. O seu objetivo é contribuir para a consolidação da Argentina entre os principais exportadores de vinho do mundo e contribuir para o sucesso global da indústria do vinho, procurando levantar a percepção positiva no comércio, formadores de opinião e consumidores.

Maiores informações: [email protected]

“Tre bicchieri” Gambero Rosso 2016: Liguria, Molise e Calabria

Dando seguimento aos resultados do guia de vinhos italianos Gambero Rosso, segue os vinhos da Liguria, Molise e Calabria avaliados “Tre Bicchieri” (3 taças – nota máxima) de 2016.

Liguria

  • Colli di Luni Vermentino Et. Nera ’14 – Lunae Bosoni 
  • Colli di Luni Vermentino Il Chioso ’14 – Picedi Benettini 
  • Colli di Luni Vermentino Il Maggiore ’14 – Ottaviano Lambruschi 
  • Dolceacqua Sup. Vign. Posaù ’13 – Maccario Dringenberg
  • Riviera Ligure di Ponente Pigato Albium ’13 – Poggio dei Gorleri
  • Riviera Ligure di Ponente Pigato U Baccan ’13 – Bruna 

Molise

  • Molise Rosso Don Luigi Ris. ’12 – Di Majo Norante

Calábria

  • Grisara ’14 – Roberto Ceraudo
  • Magno Megonio ’13 – Librandi
  • Moscato Passito ’14 – Luigi Viola

41ª edição do maior leilão de vinhos do Novo Mundo, o Nederburg Auction começa hoje na África do Sul

Considerado o maior leilão anual de vinhos do Novo Mundo, o Nederburg Auction, chega a sua 41º edição. Realizado anualmente na cidade de Paarl, em Westerm Cape, na África do Sul, o evento acontece entre hoje e amanhã, e tem entre seus principais objetivos promover o vinho local, divulgar os avanços do país no cultivo das uvas e na produção do vinho, além de criar um canal para venda de safras antigas e recentes.

Promovido pela vinícola Nederburg, a primeira edição do Auction aconteceu em 1975, em conjunto com outras quatro vinícolas. Desde então, o número de participantes é cada vez maior. O evento, que é o mais antigo do Novo Mundo, está entre os principais do planeta, ao lado dos leilões de Hospice de Beaune na França e na KlosterEberbach na Alemanha.

Ao todo, 67 vinícolas participam do evento este ano disponibilizando vinhos para compras e provas. Os consumidores e especialistas, além de degustar a bebida e dar os seus lances, também podem acompanhar, entre um pregão e outro, eventos que valorizam a cultura sul-africana.

As vendas no Auction são divididas em sete categorias: Noble late Harvest, Semi-Sweet White, Port, Red, Cap Classic Sparkling, Fortified e Dry White. No ano passado, o leilão teve um novo recorde de vendas com um aumento em 68,5% em relação à edição de 2014 – quando preço médio por litro foi de R 597.36 (R$ 128,00) e total de vendas foi de R 7 milhões (R$ 1,5 milhão).

O Nederburg Auction também realiza uma ação beneficente em que parte das vinícolas participantes doam rótulos especiais para a venda. O valor arrecadado é destinado à Fundação Hope Through Action e ao Centro Breytenbach. Entre esses rótulos está o Nederburg Private Bin Edelkeur 1977. 

Superando as expectativas a cada edição, o Nederburg Auction tornou-se uma plataforma de expansão nacional e internacional dos vinhos sul-africanos. Além disso, o evento revela ao mundo o potencial da região como produtora de vinhos de qualidade. como indústria e a qualidade dos vinhos da região.

Confira a lista das vinícolas e seus respectivos rótulos que estarão à venda no Nederburg Auction: www.nederburgauction.co.za/2015-wines-on-auction/

Gambero Rosso “Tre Bicchieri” 2016: Valle d’Aosta e Basilicata

Dando seguimento aos resultados do guia de vinhos italianos Gambero Rosso, segue os vinhos do Valle d’Aosta e Basilicata avaliados “Tre Bicchieri” (3 taças – nota máxima) de 2016.

Tre Bicchieri Valle d’Aosta

Valle d’Aosta Chambave Moscato Passito Prieuré ’13 – La Crotta di Vegneron
Valle d’Aosta Chardonnay Cuvée Bois ’13 – Les Crêtes
Valle d’Aosta Petite Arvine ’14 – Elio Ottin
Valle d’Aosta Pinot Gris ’14 – Lo Triolet
Valle d’Aosta Pinot Noir Semel Pater ’13 – Maison Anselmet
Valle d’Aosta Syrah ’13 – Rosset Terroir 

Tre Bicchieri Basilicata

Aglianico del Vulture Il Repertorio ’13 – Cantine del Notaio
Aglianico del Vulture Serpara ’10 – Re Manfredi – Terre degli Svevi
Aglianico del Vulture Titolo ’13 – Elena Fucci

Vinhos e espumantes brasileiros conquistam medalhas no Concurso Vinus 2015, em Mendoza

A 12ª Edição do Concurso Internacional de Vinhos e Licores Vinus 2015 foi realizada de 5 a 7 de agosto na cidade de Mendoza, na Argentina. Foram 556 amostras provenientes de 20 países inscritas, degustadas por um grupo de 44 enólogos.

Representando o Brasil, estiveram os enólogos Gilberto Simonaggio, Ricardo Morari e Sandi Marina Corso, que explicou a logística do concurso, onde eram degustadas cerca de 30 amostras por dia. “Nosso espumante já possui uma visibilidade bem significativa. Eles têm grande respeito, admiram e reconhecem o Brasil como produtor de excelentes espumantes”, explica a enóloga.

O Concurso Internacional de Vinhos e Licores Vinus possui também a análise por custo/benefício. No momento da apresentação das amostras,  os organizadores divulgam o valor de comercialização de cada garrafa. Os degustadores avaliam se o valor corresponde à qualidade da bebida e fazem a análise considerando também esses itens.

Confira a relação de vinhos e espumantes premiados: 

MEDALHA DE OURO DUPLO                                                  

  • Aurora Espumante Moscatel Branco – Cooperativa Vinícola Aurora                                 
  • Casa Valduga Identidade Arinarnoa 2012 – Casa Valduga Vinhos                                  
  • Cave de Castro Espumante Moscatel – Vinhos Finos Casa Garcia                                   
  • Gran Legado Espumante Rosé Brut – Natural Products                 

MEDALHA DE OURO                                                     

  • Aracuri Cabernet Merlot 2010 – Aracuri Vinhos Finos                                  
  • Aurora Espumante Brut 100% Chardonnay – Cooperativa Vinícola Aurora                    
  • Casa Valduga Espumante Moscatel 2014 – Casa Valduga Vinhos                                  
  • Casa Valduga Identidade Marselan 2012 – Casa Valduga Vinhos                        
  • Cerro da Cruz Chardonnay 2012 – Cooperativa Vinícola Nova Aliança                           
  • Elegance Peterlongo Espumante Brut – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo
  • Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi                           
  • Garibaldi Espumante Prosecco – Cooperativa Vinícola Garibaldi                          
  • Gran Legado Chardonnay 2015 – Natural Products                          
  • Gran Legado Espumante Moscatel – Natural Products                                 
  • Ponto Nero Espumante Moscatel – Domno do Brasil                        
  • Ponto Nero Espumante Rosé Brut – Domno do Brasil                                  
  • Presence Peterlongo Espumante Moscatel – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo
  • Villagio Grando Malbec Gran Reserva 2013 – Villagio Grando Boutique Winery                        

MEDALHA DE PRATA                                        

  • Aracuri Espumante Brut Rosé 2015 – Aracuri Vinhos Finos                                   
  • Casa Valduga Mundvs Malbec 2012 – Casa Valduga Vinhos                                
  • Conde de Foucauld Espumante Brut Rosé – Cooperativa Vinícola Aurora                     
  • Garibaldi Espumante Chardonnay Brut- Cooperativa Vinícola Garibaldi                         
  • Marcus James Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora                              
  • Villagio Grando Malbec Plinio Alta Gama Malbec 2013 – Villagio Grando Boutique Winery    
  • Ponto Nero Celebration Brut – Domno do Brasil                                
  • Privilege Peterlongo Espumante Brut Rosé -Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo