search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Archive for março, 2015

O Espírito Santo Restaurant Week chega a 10ª edição sugerindo o tema da gastronomia saudável aos menus dos 40 estabelecimentos participantes. O festival gastronômico será realizado entre os dias 16 e 29 de março, com uma novidade na semana posterior ao término. Pela primeira vez aqui no Estado, os menus promocionais continuam pelos dias 30 de março a 5 de abril, com exclusividade para clientes Banescard. Outra novidade da edição é a destinação das arrecadações sociais, que pela primeira vez serão entregues à Santa Casa de Misericórdia de Vitória, que destinará o valor para a área de atendimentos oncológicos. A cada menu vendido, o Restaurant Week arrecada R$ 1,00 de doação.

Os menus contarão com duas opções de entrada, prato principal e sobremesa, no valor de R$ 37,90 no horário do almoço e R$ 49,90 no jantar. Alguns restaurantes foram além, como é o caso do Ristorante Valentina, que criou três opções de entrada, prato principal e de sobremesa, tanto no almoço como no jantar. Ao todo, o 10° Espírito Santo Restaurant Week conta com 474 opções de combinações de menus. São 198 combinações para o almoço e 276 para o jantar.

Comm tudo isso, mais uma vez o evento permite que o capixaba viaje pela gastronomia, já que entre seus 40 participantes há casas com especialidades da culinária japonesa, argentina, brasileira, francesa, portuguesa, árabe, suíça, e a italiana, que novamente é recorde no evento, totalizando 12 estabelecimentos com essa especialidade.

Além dos 26 restaurantes de Vitória e 11 de Vila Velha, agora Serra, Colatina e Nova Venécia também contam com seus representantes no festival. Na Serra, o restaurante Casa de Mestre, em Manguinhos participa pela primeira vez do evento. Em Colatina, a participação é do Restaurante Drink e em Nova Venécia é o Don Benin. Por aqui, mais uma vez destaca-se o bairro de Jardim Camburi, que firma-se como um novo pólo gastronômico. O circuito do Espírito Santo Restaurant Week é ainda uma opção para rechear de sabor a Semana Santa para aqueles que fazem o jejum de carne, já que 35 dos 40 participantes oferecem menus sem carne vermelha ou vegetarianas.

O tema leva os chefs a usar muita criatividade, mantendo o sabor e qualidade somados a um menu leve e saudável. Exemplo disso é o prato  “três mares”, do restaurante Aldeia da Ilha, que leva tentáculo de polvo, bacalhau e filé de salmão, cenoura, brócolis e arroz sete grãos; o menu do Le Méditerran conta com anéis de lula marinados ao azeite de oliva com pimentões vermelhos servido com arroz ao molho de tomate aromatizado ao açafrão e ervilhas frescas, a entrada do restaurante conta ainda com um petit gâteau salé, versão leve o tradicional bolinho francês, que é recheado com ragoût levemente apimentado de tomate pelati e atum ao azeite extra virgem; no Aroeira Bistrô e Armazém, um supremo de salmão grelhado com risoto aromático de gengibre marinado na seiva cítrica de laranja-da-China é destaque. O d’Bem elaborou uma sobremesa zero glúten e zero lactose cheia de sabor, um shot de cuscuz de castanha e abacaxi caramelado. 

 Todos os restaurantes e pratos –

O evento tem por objetivo enaltecer o vinho natural e seus atributos, proporcionar o contato direto com profissionais do mercado brasileiro e consumidores finais com expositores internacionais e promover o intercâmbio entre produtores franceses e brasileiros.

As cidades sede, Rio de Janeiro e São Paulo, receberão, durante um dia inteiro de feira, sete produtores franceses e seis brasileiros, todos de vinho natural, os quais apresentarão pessoalmente seus vinhos. Na véspera serão realizados jantares com estes mesmos vinhos.

Nessa primeira edição, o evento fará homenagem a Pierre Overnoy, produtor emblemático da região do Jura, e personagem histórico, aclamado pela sua importância no cenário do vinho natural na França e no mundo, que virá pessoalmente dar a sua contribuição ao mercado brasileiro do vinho natural.

Produtores internacionais

  • Emmanuel Houillon e Pierre Overnoy – Domaine Houillon Overnoy
  • Jean e Agnés Foillard – Domaine Jean Foillard
  • Eric e Pfiferling – Domaine l’Anglore
  • Catherine e Pierre Breton – Domaine Breton
  • Sébastien Bobinet e Émeline Calvez – Domaine Sébastien Bobinet
  • Patrick e Mireille Meyer – Domaine Julian Meyer
  • Marcel Richaud – Domaine Richaud

Produtores Nacionais

  • Marco Danielle – Tormentas
  • Mauricio Ribeiro – Vinhedo Serena
  • Lizete Vicari – Domínio Vicari
  • Eduardo Zenker – Arte da Vinha
  • Marina Santos – Vinha Unna
  • Luiz Henrique Zanini – Era dos Ventos

Quando e onde:

Rio de Janeiro

Jantar harmonizado no Rio de Janeiro dia 30/03/2015 com a presença de produtores às 20 horas no restaurante Casa Vieira Souto: Avenida Vieira Souto, nº 234 em Ipanema a R$ 300 por pessoa.

Feira no Rio de Janeiro dia 31/03/2015 no restaurante Aprazível: Rua Aprazível, 62 – Santa Tereza – das 13 às 16 horas para profissionais do setor e das 16 às 20 para o grande público a R$ 100 por pessoa.

Compre aqui

São Paulo

Jantar Harmonizado em São Paulo com a presença de produtores dia 1/04/2015 no restaurante Bravin – Rua Mato Grosso, nº 154 na consolação a R$ 300 por pessoa.

Feira em São Paulo dia 02/04/2015 no Espaço Coleção Particular: Rua Arthur de Azevedo, 51 em Pinheiros – das 13 às 16 horas para profissionais do setor e das 16 às 20 para o grande público a R$ 100 por pessoa.

Compre aqui – http://www.blueticket.com.br/?secao=Eventos&evento=13771&obj=listagem-tipo

Profissionais iniciantes poderão ter consultoria de especialistas no projeto ‘Dr. Wine’

Consolidado como o maior evento de vinhos da América Latina, o ExpoVinis Brasil chega à sua 19º ediçãoe promete, em 2015, reunir os principais players do setor vitivinícola, além de apresentar as novidades do segmento e mediar grandes negócios. Para facilitar o acesso de quem visita e trabalha durante a feira, aBTS Informa, organizadora do ExpoVinis, anuncia a abertura do credenciamento para profissionais do setore para equipes de imprensa que farão cobertura do evento, que acontece entre os dias 22 e 24 de abril no Expo Center Norte.

O credenciamento de empresas, entidades de classe, profissionais liberais/autônomos e instituições de ensino deve ser feito pelo site www.expovinis.com.br na seção ’Credenciamento’. Para os profissionaispré-credenciados até o dia 16 de março a credencial será enviada via correio para o endereço de cadastro.

Equipes de imprensa devem entrar em contato com a CH2A Comunicação pelo telefone (11) 3253.7052 ou pelo e-mail [email protected] para solicitar o credenciamento.

O primeiro dia do evento é dedicado exclusivamente a profissionais do setor e equipes de imprensa.Consumidores finais têm acesso ao ExpoVinis nos dias 23 e 24 de abril a partir das 17 horas e em breve será aberta a compra antecipada de ingressos.

Consolidado como um ponto de encontro dos profissionais nacionais e internacionais, em 2015 o ExpoVinis Brasil vai apresentar, novamente, as tendências e lançamentos do mercado, além de discutir o setor nas aguardadas palestras e degustações que fazem parte da programação oficial que será divulgada ainda este mês.

Com foco nos profissionais iniciantes ou que não tenham consultoria de especialistas para montar uma carta de vinhos, em 2015 a feira traz uma novidade: o Dr. Wine, que possibilitará ao profissional marcar dia e horário para apresentar seu cardápio aos consultores do evento, que darão dicas e sugestões para compor a carta de restaurantes, pizzarias e bares. O agendamento das reuniões e os detalhes para o encontro com o Dr. Wine estarão disponíveis em breve no site do evento.

“Os profissionais que visitarem a feira terão uma extensa carta de vinhos para degustar e a oportunidade de fazer contato com produtores e empresários que visitam o Brasil em busca de novos negócios. Além disso,queremos enriquecer a experiência dos profissionais que estão começando a atuar no setor, cumprindo um papel fundamental do evento, que é contribuir com o crescimento e a profissionalização do segmento”, conclui Ana Ishida, show manager do ExpoVinis Brasil.

O winemaker da vinícola Bueno Wines, Roberto Cipresso, um dos mais respeitados enólogos da Itália, esteve com Galvão Bueno em Candiota, na região da Campanha gaúcha, onde fica a vinícola Bellavista Estate, fundada pelo apresentador. A dupla foi conferir a qualidade das uvas e iniciar  vinificação da safra 2015 dos vinhos da Bueno Wines, que devem chegar ao mercado a partir de 2016. Os vinhos são distribuídos pela Bueno Wines em todo o Brasil.

Localizada em Bento Gonçalves (RS), Vale dos Vinhedos, a família Valduga chama atenção na produção de vinhos desde que chegou ao sul do país, vinda da Itália no século XIX. Mas foi com seus espumantes, todos elaborados pelo método champenoise, que ganharam fama. O início não foi fácil, em meados de 1990 mais de 90% das garrafas estouravam, em virtude da vedação que era frágil e não conseguia suportar a pressão que se criava no interior das garrafas.

Três gerações depois, sob o comando dos irmãos Erielso, Juarez e João Valduga, a vinícola investiu em tecnologia e mão de obra, ganhando muita qualidade e prêmios pelo mundo. Hoje tem a maior cave de espumantes da América Latina, onde podem ser acomodados 5 milhões de garrafas, embora atualmente esteja descansando por lá 1,8 milhão.

Na semana passada, quatro de seus rótulos abriram com chave de ouro uma magnifica degustação de Riojas antigos, surpreendendo a todos participantes. Vejam a minha opinião sobre eles:

Casa Valduga 130

Elaborado com uvas chardonnay e pinot noir de safras especiais através do método champenoise, permanecendo 36 meses em contato com as leveduras. Visual amarelo palha, com borbulhas pequenas, em boa quantidade e persistência. Aromas de excelente intensidade, com destaque para frutas brancas e florais. O paladar apresentou frescor, equilíbrio, e notas que confirmam o nariz. ST (91) – Preço médio: R$ 90

Casa Valduga 60 meses Nature (sem adição de açúcar)

Elaborado através do método Champenoise, no qual os 60 meses em contato com as leveduras. Visual amarelo palha, com borbulhas pequenas, em boa quantidade e persistência. Aromas intenso, com leve pão tostado, frutas brancas e florais. O paladar é rico e complexo, com camadas de sabor e notas frutadas e minerais. ST (90) – Preço médio: R$ 100

Casa Valduga 60 meses Extra-Brut

Elaborado através do método Champenoise, no qual os 60 meses em contato com as leveduras. Um espetáculo de espumante em minha opinião. Muito próximo de um Champagne. Apresentou uma coloração ouro, perlage delicado, fino, intenso e persistente. Aroma complexo, amêndoas, damasco, mel, pão tostado….O paladar apresenta excelente estrutura, cremosidade, mostrando-se bastante equilibrado e refrescante. ST (93) – Preço médio: R$ 100

Maria Valduga Brut

Este espumante é uma homenagem à matriarca da família, Maria Valduga. Foi dela o sonho de elaborar espumantes na Casa Valduga pelo método champenoise, segundo a tradição da região de Champagne, na França.  Elaborado com uvas selecionadas Chardonnay (80%) e Pinot Noir (20%), passa pelo menos 48 meses em contato com as leveduras. Visual amarelo palha, com borbulhas finíssimas, em grande quantidade e persistência. Nariz com aroma elegante e intenso, com notas de frutas em calda, pão torrado e paladar deliciosamente cremoso, complexo e longo. ST (92) – Preço médio: R$ 198

Publicação do crítico Patricio Tapia e da Inner Editora é um instrumento essencial de informação sobre vinhos argentinos, chilenos, uruguaios e, a partir deste ano, dos espumantes brasileiros

Publicação referência no mundo dos vinhos da América do Sul, o Guia Descorchados, do crítico Patricio Tapia, será lançado pela Inner Editora e Eventos no dia 23 de março, em São Paulo. O evento acontece no Restaurante Praça São Lourenço, na Vila Olímpia, reunindo imprensa e produtores em uma grande degustação com a presença confirmada de mais de 60 vinícolas chilenas, argentinas, uruguaias e brasileiras. Profissionais (compradores, importadores, distribuidores, sommeliers) e enófilos também podem participar do evento, que tem vagas limitadas e exige inscrição prévia [ver instruções abaixo]. “É o mais completo guia de vinhos sul-americanos já elaborado”, afirma o publisher da Inner, Christian Burgos.

Em sua 17ª edição, o guia traz notas de degustações, harmonizações, apresentação de vinícolas e regiões produtoras do Chile, da Argentina, do Uruguai e do Brasil. Em 2015, a publicação traz ainda uma novidade: a presença de espumantes brasileiros. Em dezembro de 2014, o principal crítico de vinhos da América Latina, o chileno Patricio Tapia, avaliou os espumantes brasileiros em visita ao Vale dos Vinhedos. ”É provável que os espumantes brasileiros ainda sejam desconhecidos pelo mundo. E isto é uma pena. A paisagem da Serra Gaúcha, exuberante e dramática, esconde alguns dos melhores espumantes da América do Sul. Borbulhas que, em muito pouco tempo, tiveram um avanço impressionante”, destaca Tapia, que provou 150 rótulos nacionais.

Com abrangência nacional e periodicidade anual, a publicação da Inner Editora é hoje um instrumento essencial de informação sobre vinhos para consumidores, lojistas e importadores. Com uma tiragem de cinco mil exemplares, o guia traz um resumo das regiões vitivinícolas mais importantes do Chile, Argentina, Brasil e Uruguai. Inclui ainda a pontuação e o ranking dos vinhos selecionados, além de guia de harmonização.

Para sua composição, foram degustados vinhos de mais de 190 vinícolas chilenas, 150 argentinas, 25 uruguaias e 15 brasileiras, resultando em cerca de 3 mil vinhos avaliados por Patricio Tapia. Na edição anterior foram provados 2,5 mil vinhos. Para os amantes do mundo do vinho, o Guia Descorchados estará disponível na loja virtual da Revista Adega (www.lojaadega.com.br) e nas principais livrarias do país, já a partir do final de março. A publicação também estará disponível para compra no evento.

Lançamento do Guia Descorchados

Dia: 23/03

Onde: Restaurante Praça São Lourenço: Rua Casa do Ator, 608 – Vila Olímpia, São Paulo –SP.

- Almoço para a imprensa e enólogos convidados a partir das 12h

- Degustação aberta das 16h às 22h, reunindo os seguintes produtores: Norton, Tres 14 e Imperfectos, Concha y Toro, Doña Paula, Chakana, Maximo Boschi, Grupo Décima, Mauricio Lorca, Casarena, Vinícola Geisse, Casa Valduga, Miolo, De Martino, Zuccardi, Pizzato, Terranoble, Mais (Tupungato), Caliboro/Erasmo, Trapézio, Santa Rita, Zorzal Wines, Gen Del Alma, Maquis/Calcu, San Pedro, Leyda, Tarapaca, Maitia, Cacique Maravilla, Andes Plateau, Cousiño Macul, JA Jofre, Bodegas RE, Ventisquero, Santa Carolina, La Celia, Catena Zapata, Rep. De Chachingo, Aleanna, Andeluna, Tabalí, Los Toneles, Undurraga, Mais Tupungato, Familia Cassone, Dominio Del Plata e Bouza.

Seguem abaixo os links para participação no lançamento do Guia Descorchados:

- Profissional do Vinho: inscrição gratuita através do link 

- Consumidor final: deve comprar antecipadamente o Guia na loja virtual da revista Adega):

- Dúvidas e outras informações pelo (11) 3876.8200 (ramal 34).

Wine.com.br amplia portfolio em novo mercado com aquisição de empresas Monodor Patents e Mocoffee, lançadas pelo engenheiro suíço Eric Favre, criador de patentes e inventor do sistema de cafés em cápsulas

A Wine.com.br, maior e-commerce de vinhos e cerveja da América Latina e terceiro do mundo, anuncia hoje importantes aquisições internacionais no segmento de fabricação e comercialização de café em cápsula de alta tecnologia tipo “espresso”.

A empresa brasileira, que tem como sócio principal a e.Bricks Digital, adquiriu os controles das marcas suíças Monodor Patents S.A., empresa de patentes, pesquisas e desenvolvimento de café em cápsula e da MocoffeeTM, empresa de café monodose para o consumidor final.

Com estas aquisições, a empresa dá mais um passo importante na expansão no mercado de consumo de bebidas, depois da entrada no setor de cervejas em outubro de 2013.

A Mocoffee será a marca da wine que operará mundialmente no segmento de café em cápsula. A operação, que está presente em 17 países por meio de uma série de acordos e já é uma das líderes de mercado na Suíça, França e Austrália, será lançada e comercializada este ano no Brasil e Holanda com previsão de entrada nos EUA em 2016.

O objetivo deste novo negócio é crescer neste segmento oferecendo novas experiências no consumo de café em cápsulas, criando sinergias operacionais e aproveitando todo o conhecimento da plataforma digital desenvolvido nas bem sucedidas operações de vinho e cerveja.

A wine é conhecida no e-commerce por ter construído uma das maiores operações verticais de vinho do Brasil em menos de cinco anos. O modelo foi estruturado a partir do tripé seleção (curadoria), indicação e serviço, com entrega eficiente das WineBox (caixas adequadas ao transporte de garrafas de vinho) para os consumidores de todo o país.

A Monodor Patents foi fundada por Eric Favre, conhecido mundialmente por ter inventado, patenteado e desenvolvido o sistema de cafés em cápsulas – aparelhos portáteis e cafés em doses únicas – para a marca NespressoTM (veja mais na Wikipedia: ). Atualmente, metade de toda a produção de café em cápsula vendida mundialmente está baseada na invenção original de Eric Favre. Na Monodor, Eric conseguiu patentear e desenvolver um modelo avançado de cápsulas para extrair ainda mais sabor do café.

Com a conclusão do negócio, oficializada hoje, o seu fundador Eric Favre, 69 anos, deixará as duas companhias que serão dirigidas a partir de agora por Pascal M. Schlittler, co-fundador da Mocoffee e Ricardo Flores, diretor de marketing e novos negócios da wine.

Para Rogério Salume, CEO da empresa, “a entrada no segmento do café faz todo o sentido e dá continuidade ao nosso projeto de selecionar, indicar e entregar produtos de alta qualidade aos nossos clientes em todo o Brasil, e agora, em outros países. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo em grãos, mas não conseguiu desenvolver até hoje nenhuma marca mundial. Acho que podemos contribuir de alguma maneira levando produtos que tenham a essência do nosso país e continuar a trajetória de inovação e empreendedorismo, lançando novidades e antecipando tendências de mercado, características marcantes da wine em seus modelos de comercialização por e-commerce. E mais importante: esperamos agora transmitir a todos que a Mocoffee será uma marca com o blend e a essência do talento dos brasileiros com a precisão e tecnologia dos suíços”.

“Este movimento completa ainda mais a proposta de valor da wine e está em linha com a nossa crença de que o digital está transformando as indústrias de consumo, trazendo valor e eficiência ao setor”, diz Fabio Bruggioni, CEO da e.Bricks Digital.

Eric Favre, fundador da Monodor Patents e inventor do sistema de café em cápsulas acrescenta: “estou muito feliz que a nossa tecnologia de encapsulamento, que mantém toda a qualidade e integridade do produto até o seu consumo, tenha sido adquirida por um grupo empresarial do Brasil, um país que produz mais de um terço do café em todo o mundo. O cultivo e o mercado de café no Brasil envolve mais de oito milhões de pessoas e cerca de 300 mil produtores.

Eric Favre deixou a NespressoTM com a autorização para desenvolver novos sistemas de café em cápsula tendo fundado a Monodor S.A. em 1991. De acordo com ele, “desde então tem trabalhado incansavelmente com o objetivo de desenvolver novos e aprimorados sistemas que consiga obter os melhores sabores com o menor impacto ecológico”.

Atualmente, metade das cápsulas de café consumidas mundialmente são baseadas diretamente na invenção original de Eric Favre ou derivadas dela. As suas inovações foram reconhecidas pelo Global Coffee Review (maior prêmio internacional do mercado de café), tendo conferido a ele o primeiro “Lifetime Achievement Award” por sua enorme contribuição ao segmento do café durante o International Coffee Symposium.

Favre diz que “com mais tempo sobrando poderei finalmente me dedicar à tarefa de aconselhamento de jovens empreendedores e start-ups”. Parte de seus ensinamentos podem ser acessados em seu livro mais recente, “How to turn honey bees and money bees (without been stung)” (“Como transformar o mel de abelhas em dinheiro – Sem ser picado”, em tradução livre) que acaba de ser publicado em inglês.

Matéria publicada originalmente na coluna Vivendo a Vida | Caderno C2 + Prazer & Cia | Jornal A Gazeta

Você já deve ter ouvido muito falar na palavra “Terroir”. Mas você consegue defini-la? O terroir é a união de solo, clima, variedade de uva e o trabalho do homem. Da mistura desses elementos nascem, em cada vinhedo, vinhos únicos, que representam a personalidade de cada uma das diferentes regiões do mundo – em outras palavras sua identidade.

Por isso quando se fale em vinhos de terroir, basicamente se está definindo um vinho que expressa uma região ou uma área vitivinícola determinada. Muitos vinhos que existem no mundo inteiro, com suas denominações ou apelações de origem (regras de cultivo), diferenciam-se entre si porque, além de diferentes combinações de castas, graduação alcoólica e rendimento por hectare, os solos ou o clima em que foram criados deixam, em cada um deles, uma forte personalidade.

É por isso que um Rioja (Espanha) – basicamente elaborado com a uva tempranillo – ou um Chablis (França) – elaborado exclusivamente com a uva Chardonnay – são muito diferentes de vinhos produzidos com a mesma variedade, em qualquer outra parte do mundo.

No chile, apesar de existirem poucas regras de cultivo, depois de décadas, o pais tem emergido como um importante produtor de vinhos tanto de entrada quanto premium. O que chama atenção para é o crescente número de vinícolas que produzem novos e interessantes vinhos em locais recém-descobertos. Em regiões costeiras de clima frio, como Casablanca, San Antonio, Elqui e Limarí, várias vinícolas estão elaborado excelentes Sauvignon Blanc, muito minerais e elegantes Pinot Noir. Nas regiões mais temperadas do Maipo, Aconcagua, Colchagua e Cochapoal, eles estão se especializando em aromáticos e saborosos Carmenere. E, no sul do Chile, em Bio-Bio, Malleco e do Vale do Maule, vinícolas estão provando que eles podem produzir distintivo Pinot Noir, Chardonnay e também reinventando a Carignan. 

Rafael Prieto, criador da Top Winemakers – já falamos por aqui – e um dos nomes que assinou o Guia de Vinhos de Chile, por muitos anos avaliou e acompanhou a evolução desses terrois, conseguindo identificar de onde vinham as melhores uvas. Diante disso criou o projeto Visionary Wines e convidou Juan Alejandro Jofré, eleito o melhor enólogo jovem do Chile em 2014 com o objetivo de elaborar uma linha de vinhos que pudesse viajar pela diversidade de estilos, climas e zonas do Chile, refletindo na taça o que cada terroir tem de melhor. Para se ter uma idéia onde eles querem chegar, as uvas de Cabernet Sauvignon foram compradas diretamente dos Vale de Maipo e a carmenére em Peumo excepcional micro-terroir para casta no Vale do Cachapoal.

Recentemente estive na Casa do Porto em Vila Velha, importador exclusivo da linha no Brasil, para provar sua linha completa, que inclui seus vinhos de entrada (mais simples), Singular Edition, e intermediária Special Edition e as superiores Private Edition e Premium Edition. Vinhos agradáveis e gastronômicos com uma boa relação qualidade x preço, no qual emito uma opinião pessoal nas próximas linhas.

Visionary Singular Edition Carmenére 2013 – R$ 39,90 – Onde encontrar: Wine Vix

  • 100% Carmenére, sem passagem por madeira, mostra um visual rubi claro, aromas de framboesa e leve floral. Paladar leve, frutado, se mostrando mais atraente que o nariz.

Visionary Singular Edition Cabernet Sauvignon 2013 – R$ 39,90 – Onde encontrar: Wine Vix

  • 100% Cabernet Sauvignon, sem passagem por madeira, mostra um visual rubi ​​claro, nariz agradável de frutas vermelhas e negras, com leve toque apimentado. O paladar é leve, fresco, com sabores privilegiando a fruta. 

Visionary Wines Special Edition Carmenére 2012 – R$ 59,90 – Onde Comprar: Wine Vix

  • 100% Camenére, com 50% do vinho envelhecido em carvalho por cerca de 12 meses, o que aportou mais estrutura e maciez ao vinho, além de boa presença de fruta.

Visionary Wines Special Edition Cabernet Sauvignon 2012 – R$ 59,90 – Onde Comprar: Casa do Porto

  • 100% Cabernet Sauvignon, com 50% do vinho envelhecido em carvalho por cerca de 12 meses, macio, redondo, com boa concentração de frutas e especiarias.

Visionary Wines Private Edition Cabernet Sauvignon 2012 – R$ 89,90 – Onde Comprar: Casa do Porto

  • 85% Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc 15% com passagem em barricas novas francesas. Agradável, elegante, com notas de frutas negras e vermelhas, além de ervas. Equilibrado, com taninos macios e final longo.

Visionary Wines Premium Edition Blend 2012 – R$ 189,00 – Onde Comprar: Casa do Porto

  • 80% Cabernet Sauvignon e 20% Carmenére. Visual granada escuro, nariz complexo de cerejas, ameixas, e toque de couro. Paladar com ataque macio, aveludado, confirmando as notas do nariz. Vinho de guarda.

Feira traz evento nacional para a Serra Gaúcha, reunindo chefs renomados com aulas práticas abertas aos visitantes, apostando no fortalecimento da área vinícola

A ExpoBento 2015 será palco do ‘Mesa ao Vivo’, evento enogastronômico itinerante que percorre o Brasil desde 2004 reunindo chefs famosos. Como num verdadeiro reality show editorial, eles executam receitas remodeladas com o perfil da região, disponibilizando os pratos para degustação do público participante. Estreando no Rio Grande do Sul, o ‘Mesa ao Vivo’ da ExpoBento 2015 chega para fortalecer a área vinícola da feira numa valorização da gastronomia regional. O evento será realizado nos dias 4, 5 e 6 de junho no Pavilhão A do Parque de Eventos de Bento Gonçalves.

Serão aulas práticas numa cozinha aberta, montada na área das vinícolas que permitirá ao público visitante interagir com os grandes chefs numa verdadeira arena eno-gastronômica. Já estão confirmados os nomes dos quatro chefs nacionais: Ivan Achcar (Restaurante Alma, SP e um dos protagonistas do Cozinheiros em Ação , da GNT), Emmanuel Bassoleil (um dos ícones da cozinha francesa no Brasil, do restaurante Skye , SP), YannCorderon (chef francês, do bistrô L’Amitier, SP) e Kátia Barbosa (uma das mais prestigiadas e inventivas chefs cariocas da atualidade, do Aconchego Carioca, RJ). Junto com eles, outros 11 chefs regionais farão parte do Mesa ao Vivo, reforçando a gastronomia e os talentos regionais num evento nacional. A programação inclui, ainda, aulas de degustação de vinhos com o editor chefe da Prazeres da Mesa, Ricardo Castilho.

Mais de mil pessoas poderão participar das 15 aulas previstas, 80 em cada uma delas. Mas a interatividade com o público será permanente, pois os visitantes poderão assistir as aulas ao vivo. O projeto é uma ação conjunta entre a ExpoBento e a Prazeres da Mesa, que durante o evento estará produzindo ao vivo a revista na frente das pessoas, com circulação nacional, além de levar a cultura regional para todo o país. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas durante o mês de abril pelo site www.expobento.com.br.

A feira está investindo pesado no projeto e com isso pretende ampliar a presença das vinícolas no evento. O presidente da ExpoBento 2015, Laudir Miguel Piccoli, destaca a importância do setor para a feira. “Elegemos a temática de Bento Gonçalves e, com isso, apostamos na valorização das vinícolas em um espaço de época. Como inovação desta edição, o Mesa ao Vivo vem fechar com chave de ouro a iniciativa”. Para este ano, a feira direciona esforços para ampliar o número de vinícolas participantes, colocando-as frente a frente com um público consumidor de cerca de 200 mil pessoas, que estarão circulando pelos pavilhões nos 11 dias de feira.

A frente da ação está o diretor de Projetos e da Área Vinícola, Diego Bertolini, que acredita na ampliação da adesão das vinícolas em razão do novo projeto. “Estamos trazendo o maior evento de gastronomia do país para a ExpoBento, uma ação que vai gerar mídia nacional e atrair a atenção de um público apreciador da boa gastronomia e de bons vinhos. A oportunidade é única, abre espaço para quem deseja ser mais ousado e com presença no mercado”.

O setor vitivinícola tem importante papel no desenvolvimento da cidade e na sua projeção no cenário nacional. Responsável por atrair centenas de milhares de turistas todos os anos, o enoturismo tem sido uma importante fonte de renda para famílias que vivem da uva e do vinho, além de uma rede de atendimento que hoje oferece um trade diferenciado. O presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC/BG) – entidade promotora da feira -, Leonardo Giordani, sustenta o investimento não apenas pelo ganho direto às vinícolas, mas também a toda cadeia que se beneficia com o fortalecimento d o setor. “O vinho é o nosso principal produto enquanto apelo institucional e de marketing. A partir dele, ainda em 1967, nossa cidade passou a ser vitrine e levou o município a criar novas frentes de trabalho, hoje principais economias do município: móveis e metalurgia”, ressalta.

O Mesa ao Vivo tem o patrocínio da Verallia Brasil, Orquídea Farinha, Massas e Biscoitos, Italínea Móveis Planejados, Giordani Turismo, Ibravin, Prefeitura de Bento Gonçalves, Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Senac BG, Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS) – Região Uva e Vinho e Posto São Bento do Sul. O lançamento do Mesa ao Vivo e da Área Vinícola foi realizado no dia 5 de março, no Salão Nobre da Prefeitura de Bento Gonçalves, reunindo autoridades, convidados, lideranças e empresários do setor e a imprensa.

O Supermercado Perim preparou para hoje e amanhã, a partir das 18h30, uma degustação especial para as mulheres. Quem comparecer na loja da Mata Da Praia vai ter a oportunidade de provar uma variedade de espumantes e tintos selecionados pela competente equipe de vendas, Amilton Siqueira e Elias Junior.

O evento visa homenagear as mulheres antecipadamente pelo Dia Internacional da Mulher comemorado no dia 08 de março.