search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Archive for dezembro, 2010

A qualquer hora em que chegares, sentarás comigo em minha mesa.
A qualquer hora em que bateres a minha porta, o meu coração também se abrirá.
A qualquer hora em que chamares, eu me apressarei.
A qualquer hora em que vieres, será o melhor tempo de te receber.
A qualquer hora em que te decidires, estarei pronto para te seguir.
A qualquer hora em que quiseres beber, eu irei a fonte.
A qualquer hora em que te alegrares, eu bendirei ao Senhor.
A qualquer hora em que sorrires, será mais uma graça que o senhor me concede.
A qualquer hora em que quiseres partir; eu irei frente nos caminhos.
A qualquer hora em que cantares, eu estenderei os braços.
A qualquer hora, em que te cansares, eu levarei a cruz.
A qualquer hora em que te sentires triste, eu permanecerei contigo.
A qualquer hora em que te lembrares de mim, eu acharei a vida mais bela.
A qualquer hora em que partires, ficarás com a lembrança de uma flor.
A qualquer hora em que voltares, renovarás todas minhas alegrias.
A qualquer hora que quiseres uma rosa, eu te darei toda roseira.
Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar uma amizade que não seja total, de todos os instantes e para todo bem.

Que este ano que se adentra seje de realizações em todos os aspectos da suas vidas. 

VIVENDO a VIDA !!! FELIZ 2011 !!!! SAUDE !!! FELICIDADES !!! PAZ !!!!! VINHOS !!!!



Não tem jeito, todo o lugar que vou me pedem dicas de vinhos Chilenos e Argentinos. Apesar de defender a mudança de hábito com diversidade de conhecimento no paladar e na cultura do vinho dos enófilos, buscando conhecer vinhos de outros países, fiz uma lista aonde o Blog Vivendo a Vida tem segurança de indicar bons vinhos brancos e tintos com boa relação qualidade X preço para a virada. Quanto as safras deixei em aberto, para os vinhos brancos quanto mais novo melhor, e para os tintos não tem problema ser uma safra mais antiga, 2005 para frente. Boas festas!

Chile branco:

  • Terrunyo Sauvignon Blanc Block 27 Mature
  • Casa Marin Cartagena Gewurztraminer Estate Grown
  • Concha y Toro Chardonnay Marques de Casa Concha
  • Arboleda Sauvignon Blanc
  • Casa Marin Riesling Miramar Vineyard
  • Concha y Toro Sauvignon Blanc Trio
  • Garces Silva Amayna Sauvignon Blanc

Argentina Branco:

  • Vina Cobos Felino Chardonnay
  • Bodega Monteviejo Lindaflor Chardonnay
  • Crios de Susana Balbo Torrontes
  • Dona Paula Sauvignon Blanc
  • Catena Zapata Chardonnay

Chile tinto:

  • Concha y Toro Carmenere Marques de Casa Concha
  • Montes Alpha Cabernet Sauvignon
  • Montes Alpha Carmenere
  • Caliterra Carmenere Tribute
  • Concha y Toro Trio
  • Cousino Macul Cabernet Sauvignon Antiguas Reservas
  • San Pedro Syrah 1865 Single Vineyard
  • Concha y Toro Cabernet Sauvignon Marques de Casa Concha

Argentina tinto:

  • Catena Zapata Malbec
  • Vina Cobos Felino Cabernet Sauvignon
  • Benegas Malbec Estate
  • Clos de Los Siete
  • Crios de Susana Balbo Malbec
  • Dona Paula Malbec Estate
  • Luigi Bosca Syrah Reserva
  • Vina Alicia Cabernet Sauvignon Paso de Piedra

 O sommelier Manoel Beato traz no currículo degustações dos melhores vinhos do mundo, viagens para grandes vinícolas, orientações com grandes conhecedores da bebida. Nesse vídeo ele nos orienta a harmonizar com espumante.

Para ganhar tempo, você já colocou um espumante no congelador? Não deveria. “É perigoso, a garrafa pode explodir”, alerta Mario Telles Jr., diretor da Associação Brasileira dos Sommeliers. Há quem acredite que esse tipo de bebida deva ser consumido geladíssimo, mas não é bem assim.

O jornalista Jorge Carrara, colunista de vinhos do jornal Folha de São Paulo, da revista Prazeres da Mesa e do site Basilico, explica os métodos de produção de uma espumante.

Neste vídeo a Sommelier Alexandra Corvo fala sobre as diferenças entre os tipos existentes de espumante.

Veja esta garrafa de champanhe Bollinger, edição especial que vem envolto em uma bala de aço carbono. É dedicada a James Bond, uma das bebidas favoritas de 007. Apenas 200 unidades foram feitas, cada frasco custa 6.500 euros. 

 

Em um momento muito feliz Andreas Larsson solta a voz. Aconteceu na Casa do Porto de São Paulo no final de uma  degustação vertical histórica de Valandraud com a presença do garagista Jean Luc Thunevin e demais convidados ilustres em São Paulo.

Este momento mostra como no vídeo anterior da sabragem, a sensibilidade e descontração de um grande Sommelier! 

Andreas Larsson eleito melhor sommelier do mundo em 2007 sabrando uma champagne em um jantar em São Paulo na feira organizada por Ariel Perez que se chama Renaissance de Appelations em Novembro de 2010.  Veja a fineza de um grande sommelier, espetacular!!!

Acabo de receber um email do meu amigo Eduardo Lopes gerente de vendas da importadora Portus Cale dando conta da chegada ao Brasil do Porto SCION 1855, que a Wine Advocate acaba de conceder 100pts. Segundo Neil Martin, o provador de vinho do Porto para Robert Parker, “O SCION é um Tawny incrível, na verdadeira aceção da palavra.”

O Taylor’s SCION é um Porto que embora lançado recentemente tem 155 anos, o que faz dele um vinho pré-filoxérico, “notável não só pela sua raridade e importância histórica”, mas também por “estar em perfeitas condições”, segundo refere fonte da empresa.

“A Taylor’s orgulha-se de envidar todos os seus esforços naquela que é talvez a melhor Denominação de Origem a nível mundial – o Vinho do Porto”, salienta Adrian Bridge, director-geral da Taylor’s.

O responsável considera ainda que “poucas Denominações de Origem podem apresentar vinhos com século e meio de envelhecimento com características tão excecionais capazes de espantar todo o mundo”.

A companhia acrescenta que “o SCION é um dos raros sobreviventes do período pré-filoxérico e a admirável forma como enfrentou a passagem do tempo fazem dele um marco na história do vinho”, sendo, por isso, “um monumento a uma era perdida”.

A filoxera foi uma praga que atacou as vinhas do Douro em 1870, devastando-as.

Este ” extraordinário vinho” foi descoberto em 2008 por David Guimaraens, enólogo da Taylor’s, num armazém de uma distinta família do Douro, situado perto da Régua, no coração da Região Demarcada do Douro.

Com exceção de um casco, que se diz ter sido adquirido pelo antigo primeiro-ministro inglês Winston Churchill, o restante vinho foi “conservado como uma relíquia de família que o passava de geração em geração”.

A Portus Cale importador exclusivo do Porto SCION 1855, está sendo comercializando ao preço de R$ 7.200,00.

Eduardo obrigado pela atenção!

Eduardo Lopes

Gerente de Vendas Brasil

” LIFE IS TOO SHORT TO DRINK BAD WINE “.

Portus Cale Export. e Import. Ltda.

Tel: 11 3675-5199

Fax:11 3675-5199 – Ramal: 104

www.portuscale.com.br