search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Archive for agosto, 2010

André e Dani mais uma vez estão dando show em sua escola de culinária. Como sabem, o restaurante Babel, em Visconde de Mauá, é um dos paraísos na Terra. Os segredos da culinária são divididos na escola com carinho e maestria. Portanto, amigos, estão diante de oportunidades de ouro.

Incentivado pelo Paulo Cezar Queiroz do Blog Nosso Vinho, começo o post sobre este belo Bordeaux degustado à duas horas atrás em Jantar com amigos. Quando falamos de Bordeaux e mais ainda da safra 2000 que foi uma safra excelente sempre relacionamos a um alto preço. Mais pasmem este vinho foi comprado a R$ 32,00 reais em importadora capixaba a 5 anos atrás. Saint-Émilion é uma região caracterizada por vinhos de maior concentração da uva Merlot, dando maior elegância ao vinho. Degustado as cegas e foi um sucesso na mesa agradando a todos.

Paulo este post foi uma homenagem a você que é um apaixonado como eu pelo vinho e sua cultura, saúde!!!

Avaliação pessoal:

Visual escuro não demonstrando evolução, aromas de torrefação, cassis e ameixa seca. Na boca mostrou sinais que vai longe, ainda tânico e estruturado com retrogosto fantástico de ameixas e calda.

Harmonizou muito bem com um filé alto acompanhado de um risoto de parmesão.

França – Saint-Émilion – 85% Merlot e 15% Cabernet% – 2000 – 12,5% – ST(93+)


Cavaleiros e amazonas como Doda Miranda e Meredith Michaels-Beerbaum começam a circular pela Sociedade Hípica Brasileira, em mais um dia de Athina Onassis Horse Show. Devidamente paramentados, eles aquecem seus cavalos para mais as provas que começam às 16h. Por isso, a maioria passa o dia na Hípica, onde também faz suas refeições. O curioso é que o mesmo cardápio servido aos cavaleiros (da Pederneiras Gastronomia, um dos bufês mais badaladas do Rio) vai também à mesa dos convidados.

Hoje no jantar, por exemplo, a princesa Charlotte Casiraghi de Mônaco (e qualquer outra pessoa que esteja numa das mesas vendidas a 17.000 reais), poderá escolher entre pene gratinado com queijo gruyère, crocante de vitela e purê de batata baroa ou badejo com tomates frescos e risoto de aspargus.

GPS no Twitter: @gpsveja


 

KOYLE corresponde à sexta geração de um vinho com muita tradição da família Undurraga, no Chile, que começou com Sr. Francisco Undurraga Vicuña, em 1885.

As vinhas foram criados no ano de 2006, quando Alfonso Undurraga Mackenna, juntamente com seus filhos, Alfonso, Max e Cristóbal, começou a procurar um “terroir” para desenvolver um projeto de alta qualidade dos vinhos tintos.

Depois de viajar através de vales e analisar diferentes setores do Chile, uma propriedade de cerca de 1,100 hectares foi adquirida na zona de Los Lingues, Alto Colchagua, num contraforte da serra de Los Andes. O clima e as características do solo da propriedade são fundamentais fatores na obtenção de um terroir ótimo para fazer vinhos de grande qualidade.

No vídeo o simpático Cristóbal Undurraga Vinicultor e Winemaker fala sobre seus vinhos, inclusive de sua linha Royal que ainda não tem no catálogo da importadora.

Vinhos degustados:

Koyle Reserva Cabernet Sauvignon 2007 – 88% Cabernet Sauvignon e 12% Carmenére – R$ 49,00 – 14% – ST(90) – Best Buy – Maipo & Colchagua Valley, Chile.

  • Visual escuro, bastante aromático mostrando frutas vermelhas, ameixa e leve especiaria. Na boca mostrou boa estrutura aliada a uma elegância incomum em vinhos com esta relação de preço.

Koyle Reserva Syrah 2007 – 87% Syrah e 13% Carmenére – R$ 49,00 – 14% – 14% – ST(87) – Maipo & Colchagua Valley, Chile.

  • Visual vermelho brilhante, aromas de chocolate, tostado e cassis. Na boca se mostrou tânico, acidez adequada com boa persistência.

Arturo Larrain diretor comercial da Matetic Vineyards fala para o Blog Vivendo a Vida sobre as características do seu terroir.

A história da Vinícola Matetic começa em 1999 quando a família Matetic decidiu diversificar seus riscos de negócio e entrar no mundo do vinho, confiantes nas virtudes do clima e dos solos no Vale do Rosário. As vinhas Matetic estão localizadas no Vale do Rosário, uma subdivisão do San Antonio Vale, a 120 quilômetros de Santiago entre Casablanca e San Antonio. Com 9.000 hectares de comprimento e perpendicular ao mar, possui luz extraordinária e possui as condições ideais de clima e topografia para os vinhos tintos e brancos. Os primeiros 90 hectares estão em todos os solos orgânicos e estão produzindo uvas de 100 por cento natural.


Provei dois vinhos que já conhecia, um Sauvignon Blanc e um Pinot Noir, são vinhos que mostram toda tipicidade de seu terroir.

Eq Sauvignon Blanc 2009 – 13,5% – 100% Sauvignon Blanc- Best Buy 59,00 – ST(91)

Visual amarelo palha, aromas maravilhosos de frutas tropicais, maracujá, casca de limão e uma leve grama cortada. Na boa apresentou grande frescor acompanhado de uma acidez natural e equilibrada. Custo x beneficio.


Pinot Noir 2008 – 100% Pinot Noir -15% – 130,00 – ST(93+)

Visual vermelho rubi, um ataque aromático de coco e frutas vermelhas, mostrando uma evolução em taça liberando aromas deliciosos de caramelo . Na boca se mostrou com boa estrutura, taninos redondos, álcool integrado e uma persistência longa. Belo vinho!

Robin Shay, gerente de marketing do grupo Allegrini, fala para o Blog Vivendo a Vida sobre o Mediterra Toscana IGT, vinícola Paggio Al Tesoro, 14,5% Alc, 133,00 um vinho que surpreendeu a muita gente mostrando uma complexidade de aromas, taninos finíssimos e longa persistência. Dos vinhos apresentados destaco também o Brunello de Montalcino DOC San Polo, 13,5% Alc, R$ 240,00, 24 meses de barril, simplesmente o melhor vinho da feira.

O projeto de Allegrini na Toscana, resultado de uma sociedade com Leonardo Lacascio na região de Bolgheri, aonde se desenvolvem supertoscanos. São 173 hectares de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Petit Verdot, com o propósito de produzir vinhos de alta gama.

Diego Chavez, Export Manager Latinoamerica da Viña Santa Rita na Grand Cru Tasting, fala sobre o maravilhoso Medalha Real Cabernet Sauvignon 2007, Valle de Maipo, 14,6%alc, R$ 83, um vinho bastante aromático, encorpado com taninos macios e com longo final de boca. Adorei este vinho!



O Sommelier Boris Acevedo Valderas convida todas vocês para participar da primeira confraria de mulheres da Ville du Vin, que será realizada no dia 1° de setembro aqui na capital Capixaba.

 

Está acontecendo em São Paulo até o dia 28 de agosto o I Love Chocolate Week, festival realizado no Aboo Wine Lounge Bar do Sofitel Ibirapuera, traz à cidade um bufê inteiro de receitas com o ingrediente.
O chef francês Patrick Ferry, que comanda a cozinha do hotel, prepara tortas, trufas, brigadeiros, mousses, cookies, croissants e crepes. O evento tem também a presença de profissionais renomados. Nesta segunda, o belga Philippe Vancayseele, mestre mundial na arte com chocolate, demonstra ao vivo o que sabe.
Entre hoje dia 26 a 27 de agosto, é a vez do francês Patrick Ravenet. O chocolatier, representante da marca suíça Barry-Callebaut no Brasil, elabora quitutes à base de cacau.

Fonte: Guia da Semana-SP    



É meus amigos não é só charuto que tem em Cuba. Vai decorrer de 5 a 7 de Outubro, no Hotel Nacional, em Havana, uma nova edição da tradicional festa do vinho em Cuba.
“La Fiesta”, como é conhecido o evento, está considerada já como um atrativo turístico em todo o mundo. Curiosamente, vai ter lugar no âmbito das comemorações dos oitenta anos do emblemático hotel cubano “La Fiesta Internacional del Vino” irá reunir não só os melhores sommeliers bem como produtores, comerciantes e distribuidores do setor dos vinhos.

Fonte: Opção turismo