search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Desde 2013 o Wine Blog Hunter é uma das atividades realizadas no ExpoVinis Brasil, principal evento de vinhos da América Latina que acontece entre 22 e 24 de abril em São Paulo. O concurso é realizado em conjunto com o especialista Cesar Adames e consiste em reunir um grupo com os principais blogueiros de vinhos do Brasil para eleger o Melhor Tinto e o Melhor Branco da feira. Neste ano foi incluída a categoria Espumantes.

Os blogueiros “caçam” os rótulos que acreditam ser o melhor espumante, branco e tinto de até R$ 50,00(preço para consumidor final), independente da nacionalidade. Após a seleção, os vinhos são degustados às cegas no segundo dia do ExpoVinis e o resultado é divulgado em seguida.

“Nosso objetivo é, juntamente com Cesar Adames, jornalista e professor que organiza o concurso, promover a difusão dos rótulos com excelente custo-benefício e movimentar a blogosfera do vinho”, conta Ana Ishida, show manager da feira.

Interessados em fazer parte do time de hunters podem se inscrever através do e-mail  até o dia 27 de março. É pré-requisito ter um blog de vinho com frequência mínima de quatro posts por mês. 30 blogueiros compõem o júri do Wine Hunter, sendo que 10 serão sorteados para participar do desafio.

O resultado do concurso será divulgado do dia 23 de abril, às 18 horas, no site do evento:www.expovinis.com.br.

SERVIÇO

ExpoVinis Brasil 2015 | 19º Salão Internacional do Vinho

22 a 24 de abril de 2015

Expo Center Norte – Pavilhão Azul – Vila Guilherme – São Paulo

Informações, credenciamento visitantes e novidades: www.expovinis.com.br

E-mTelefone: (11) 3598-7800

A primeira edição brasileira do Guia Michelin, com lançamento previsto para abril, teve o conteúdo divulgado no site antes da hora. Hoje já era possível acessar o guia na web e conferir os restaurantes estrelados. Confira a lista abaixo:

DUAS ESTRELAS

São Paulo

  • D.O.M. (Alex Atala)

UMA ESTRELA

São Paulo

  • Attimo (Jefferson Rueda)
  • Epice (Alberto Landgraf)
  • Tuju (Ivan Ralston)
  • Maní (Helena Rizzo, Daniel Redondo)
  • Fasano (Luca Gozzani)
  • Huto (Fábio Honda)
  • Jun Sakamoto (Jun Sakamoto)
  • Dalva e Dito (Alex Atala, Luiz Gustavo Galvão)
  • Kinoshita (Tsuyoshi Murakami)
  • Kosushi (George Koshoji)

Rio de Janeiro

  • Oro (Felipe Bronze)
  • Le Pré Catelan (Roland Villard)
  • Roberta Sudbrack (Roberta Sudbrack)
  • Olympe (Claude Troisgros, Thomas Troisgros)
  • Mee (Rafael Hidaka)
  • Lasai (Rafael Costa e Silva)

BIB GOURMAND – O Bib Gourmand é um prêmio internacional dado a cada ano para restaurantes excepcionais, com preços razoáveis.

São Paulo

  • Mocotó
  • Esquina Mocotó
  • L’Entrecôte de Paris
  • Tian
  • Brasserie Victória
  • Sal Gastronomia
  • Antonietta Empório
  • Jiquitaia
  • Mimo
  • Ecully
  • Zena Caffè
  • Miya
  • Tartar & Co
  • Arturito
  • Casa Santo Antônio
  • Marcel
  • La Cocotte

Rio de Janeiro

  • Lima Restobar
  • Miam Miam
  • Entretapas
  • Oui Oui
  • Restô
  • Artigiano
  • Pomodorino
  • Cais

Empresa migra CD de São Paulo para o Espírito Santo, em busca de agilizar processos, reduzir custos e ampliar o negócio

A Evino (), segundo maior e-commerce de vinho do País, acaba de migrar seu Centro de Distribuição, antes localizado em São Paulo, para a cidade de Serra, no Espírito Santo. A ação faz parte do plano de crescimento da empresa, que prevê encerrar 2015 com faturamento de R$45 milhões. “Investimos aproximadamente R$400 mil na nova estrutura, incluindo equipamentos, contratação de mão de obra e tecnologia aplicada. Nosso objetivo é, principalmente, ganhar ainda mais agilidade nas operações e acesso irrestrito de caminhões de todos os portes”, afirma Marcos Leal, cofundador da Evino.

O novo CD foi inaugurado em janeiro de 2015. “A migração de SP para o ES foi realizada em apenas sete dias, graças a uma força tarefa de todos na equipe. Ao final, o time teve direito a uma sessão de massagem para relaxar após o trabalho, como uma forma de agradecimento pelo empenho de todos”, comenta Ari Gorenstein, cofundador da Evino.

A evolução da Evino

Em São Paulo, a Evino começou em 2013 operando em uma sala comercial de 60m², no bairro da Vila Mariana. Ainda na capital paulista, em pouco mais de 6 meses, a operação foi migrada para um CD com 600m² e um pé direito de 7m. Agora, no ES, o novo CD conta com 3800m² de galpão, incluindo extensa área de escritório, seis docas e pé direito de 12m.

Hoje, o novo Centro de Distribuição da Evino possui 26 colaboradores, mas a empresa já busca por novos profissionais, tanto no ES quanto em SP. As áreas são as de Logística, Marketing, TI e Financeiro. A previsão é que novas contratações aconteçam também, nos setores de Operações e Atendimento.

Sobre a Evino: Uma das principais lojas de vinho do País, a Evino trabalha com a missão de democratizar o consumo no Brasil. Criada em abril de 2013, a empresa propõe estreitar a relação do brasileiro com a bebida, não apenas por meio de preços com descontos em relação aos valores de referência no mercado, mas também com fotos e conteúdo exclusivos, incluindo sugestões de harmonização e ocasião para o consumo. Liderada pelos sócios Ari Gorenstein e Marcos Leal, aposta em curadoria especial e reúne um portfólio com rótulos exclusivos, importados diretamente de vinícolas do velho e novo mundoe ícones do mercado. Além de atuar com flash-sales, aposta no modelo de assinaturas, em uma vitrine permanente e vem focando suas atividades no Clube Evino.

Com objetivo de transformar profissionais de restaurantes, jornalistas e líderes de opinião em conhecedores das principais regiões vinícolas de Portugal, a ViniPortugal, uma associação que promove o vinho português pelo mundo, estará realizando, pela primeira vez, um curso de formação em Vitória, que será realizado no hotel Sheraton, dia 26 de março, das 15h00 às 18h00. @nunogvpires

A ação conduzida pelo respeitado crítico de vinhos brasileiro Alexandre Lalas @alexandrelalas, terá um componente teórico (explicação da história, regiões, castas e caraterísticas dos vinhos portugueses) e prático (prova de rótulos representativos de diferentes regiões) e, no final, os participantes poderão ganhar um tour por vinícolas portuguesas. 

As inscrições são “totalmente gratuitas” mas sujeitas aos lugares disponíveis, pelo que os interessados deverão fazer cadastro em http://cadastro.winesofportugal.com.br.

Os vinhos em prova serão:

Vinho Verde | Portal do Fidalgo Alvarinho
Bairrada | Luís Pato Baga + Touriga Nacional
Lisboa |Quinta Monte D’Oiro Têmpera 
Setúbal | Vinha Val D’Alhos
Douro | Vale da Raposa Touriga Nacional
Dão | Quinta da Ponte Pedrinha Branco
Tejo | Fiuza Premium 
Alentejo | Esporão Reserva Tinto

Como já divulgado aqui, os espumantes brasileiros farão parte do próximo Guia Descorchados (2015), a mais respeitada publicação de vinho da América do Sul. E em primeira mão o Blog Vivendo a Vida divulga para vocês leitores a relação completa de espumantes que se destacaram. Na próxima semana (28) estarei falando no Jornal A Gazeta mais sobre o tema e listando os valores e locais de venda.

Melhor espumante

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 /PINTO BANDEIRA

Melhor espumante charmat

  • X Decima / Cordon D’Or Prosecco NV / VALE DOS VINHEDOS
  • Estrelas do Brasil / Brut Viognier, Chardonnay NV / SERRA GAÚCHA
  • Perini / Casa Perini Moscatel NV / FARROUPILHA
  • Valmarino / Prosecco 2014 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante método tradicional

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante nature

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante brut

  • X Decima / X Decima Brut Rosé Método / Champenoise Pinot Noir 2008 / SERRA GAÚCHA

Melhor espumante brut

  • Luiz Argenta / Brut Rosé Pinot Noir NV / F LORES DA CUNHA
  • Geisse / Cave Geisse Blanc de Noir Brut Pinot Noir 2011 / PINTO BANDEIRA
  • Pedrucci / Millesimé Chardonnay, Pinot Noir,Riesling Itálico 2010 / GARIBALDI
  • Perini / N 1 Pinot Noir, Chardonnay 2008 / FARROUPILHA

Melhor moscato

  • Perini / Casa Perini Moscatel NV / FARROUPILHA

Melhor prosecco

  • X Decima / Cordon D’Or Prosecco NV / SERRA GAÚCHA

Espumante revelação do ano

  • Estrelas do Brasil / Nature 2007 / SERRA GAÚCHA
  • Pizzato / Pizzato Vertigo Brut Nature 2012 / VALE DOS VINHEDOS

O eleito Faria Lemos

  • Estrelas do Brasil / Nature Chardonnay, Pinot Noir,Riesling, Viognier 2007 /FARIA LEMOS.

O eleito Farroupilha

  • Perini / N 1 Pinot Noir, Chardonnay 2008 / FARROUPILHA

O eleito Pinto Bandeira

  • Valmarino / Valmarino & Churchill Extra Brut Lote VI / PINTO BANDEIRA

O eleito Serra Gaúcha

  • Adolfo Lona / Pas Dosé Nature Chardonnay,Pinot Noir, Merlot NV / SERRA GAÚCHA
  • Estrelas do Brasil / Nature Chardonnay, Pinot Noir, / Riesling, Viognier 2007 / SERRA GAÚCHA

O eleito Vale dos Vinhedos

  • Casa Valduga / Gran Reserva Nature Chardonnay, Pinot Noir 2009 / VALE DOS VINHEDOS

A Delicatessen e Adega DZ Empório, na Praia da Costa (Vila Velha), vai promover um curso básico de vinhos, em que os apreciadores da bebida interessados na cultura que a envolve poderão adquirir conhecimento sobre as uvas, e as etapas de preparação e produção, além de noções de harmonização e dicas sobre como escolher um rótulo. A aula, ministrada pelo professor Franklin Martins está marcada para o dia 21 de março, sábado, das 10 às 18 horas, na sala de degustação da loja. O investimento é de 250 reais (por pessoa). Mais informações:  tel: 3062.70.70

Com design inovador, a Clicquot Suitcase chega ao Brasil para impressionar os apaixonados pela marca. A embalagem metálica, inspirada em uma pequena mala de viagem, é uma reinterpretação do viajante chic. Uma maneira divertida, leve e elegante para transportar seu champagne Veuve Clicquot.

A alça “yellow Clicquot” em couro, o conhecido símbolo do cometa da Veuve Clicquot e os detalhes em amarelo garantem um charme especial ao novo estojo, que pode ser reutilizado quando desejar ou transformado em objeto de puro design para a decoração de sua casa, escritório ou de onde a criatividade o levar. 

Ao abrir, a deliciosa surpresa: uma garrafa de Veuve Clicquot Yellow Label.

Preço: R$ 355,00 (Estojo Suitcase + garrafa de Veuve Clicquot Brut 750 ml) 

SAC LVMH: (11) 3062-8388

Você sabia que várias culturas creem em superstições milenares relacionadas ao vinho?

Conheça algumas dessas crenças. Afinal, cada vinho tem a sua história:

Na Itália, se alguém derramar vinho, deve esfregar um pouco do vinho derramado atrás de cada orelha. Esta superstição foi propagada na Roma Antiga. Acreditava-se que derramar o vinho era sinal de mau presságio.

Em Varnhalt, na Alemanha, acredita-se que as últimas uvas colhidas em cada estação devem ser trazidas por um carro de bois, ou a colheita toda da temporada irá azedar.

Também na Alemanha, há a crença de que quando uma pessoa morre, todo o vinho na sua adega deve ser agitado o mais rapidamente possível.

Na Romênia é comum derramar um pouco de vinho no chão, para convidar os amigos que já morreram para beber junto aos que ainda vivem.

No antigo Egito, membros da realeza eram enterrados com cinco garrafas de vinho para que fossem levadas na vida após a morte. Eles acreditavam que o vinho traria boa sorte nesta passagem e que o vinho poderia ser consumido no possível encontro do com outros membros da realeza.

Na Lituânia, existe a crença de que, exatamente à meia-noite na véspera de Natal, a água se transforma em vinho e os animais começam a falar quando os humanos não estão em torno para ouvir.

Nos casamentos judaicos, é costume o noivo pisar em um copo de vinho, a fim de garantir um casamento feliz e próspero.

Alguns pescadores, em dias de tempestade, têm o costume de derramar vinho no mar, pois acreditam que isto irá acalmar as águas.

O Aplicativo Taxa de Rolha foi criado para ajudar a encontrar restaurantes que aceitam, mediante cobrança ou não, que você leve seus vinhos. Disponível para iOS e Android, com ele você pode verificar se há lugares perto de você, buscar lugares específicos, contribuir cadastrando a taxa de rolha (ou informando sobre rolha free) do local que você já conhece e também marcar seus locais favoritos.

O Espírito Santo Restaurant Week chega a 10ª edição sugerindo o tema da gastronomia saudável aos menus dos 40 estabelecimentos participantes. O festival gastronômico será realizado entre os dias 16 e 29 de março, com uma novidade na semana posterior ao término. Pela primeira vez aqui no Estado, os menus promocionais continuam pelos dias 30 de março a 5 de abril, com exclusividade para clientes Banescard. Outra novidade da edição é a destinação das arrecadações sociais, que pela primeira vez serão entregues à Santa Casa de Misericórdia de Vitória, que destinará o valor para a área de atendimentos oncológicos. A cada menu vendido, o Restaurant Week arrecada R$ 1,00 de doação.

Os menus contarão com duas opções de entrada, prato principal e sobremesa, no valor de R$ 37,90 no horário do almoço e R$ 49,90 no jantar. Alguns restaurantes foram além, como é o caso do Ristorante Valentina, que criou três opções de entrada, prato principal e de sobremesa, tanto no almoço como no jantar. Ao todo, o 10° Espírito Santo Restaurant Week conta com 474 opções de combinações de menus. São 198 combinações para o almoço e 276 para o jantar.

Comm tudo isso, mais uma vez o evento permite que o capixaba viaje pela gastronomia, já que entre seus 40 participantes há casas com especialidades da culinária japonesa, argentina, brasileira, francesa, portuguesa, árabe, suíça, e a italiana, que novamente é recorde no evento, totalizando 12 estabelecimentos com essa especialidade.

Além dos 26 restaurantes de Vitória e 11 de Vila Velha, agora Serra, Colatina e Nova Venécia também contam com seus representantes no festival. Na Serra, o restaurante Casa de Mestre, em Manguinhos participa pela primeira vez do evento. Em Colatina, a participação é do Restaurante Drink e em Nova Venécia é o Don Benin. Por aqui, mais uma vez destaca-se o bairro de Jardim Camburi, que firma-se como um novo pólo gastronômico. O circuito do Espírito Santo Restaurant Week é ainda uma opção para rechear de sabor a Semana Santa para aqueles que fazem o jejum de carne, já que 35 dos 40 participantes oferecem menus sem carne vermelha ou vegetarianas.

O tema leva os chefs a usar muita criatividade, mantendo o sabor e qualidade somados a um menu leve e saudável. Exemplo disso é o prato  “três mares”, do restaurante Aldeia da Ilha, que leva tentáculo de polvo, bacalhau e filé de salmão, cenoura, brócolis e arroz sete grãos; o menu do Le Méditerran conta com anéis de lula marinados ao azeite de oliva com pimentões vermelhos servido com arroz ao molho de tomate aromatizado ao açafrão e ervilhas frescas, a entrada do restaurante conta ainda com um petit gâteau salé, versão leve o tradicional bolinho francês, que é recheado com ragoût levemente apimentado de tomate pelati e atum ao azeite extra virgem; no Aroeira Bistrô e Armazém, um supremo de salmão grelhado com risoto aromático de gengibre marinado na seiva cítrica de laranja-da-China é destaque. O d’Bem elaborou uma sobremesa zero glúten e zero lactose cheia de sabor, um shot de cuscuz de castanha e abacaxi caramelado. 

 Todos os restaurantes e pratos –