search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Archive for the ‘ Ranking ’ Category

Como já divulgado aqui, os espumantes brasileiros farão parte do próximo Guia Descorchados (2015), a mais respeitada publicação de vinho da América do Sul. E em primeira mão o Blog Vivendo a Vida divulga para vocês leitores a relação completa de espumantes que se destacaram. Na próxima semana (28) estarei falando no Jornal A Gazeta mais sobre o tema e listando os valores e locais de venda.

Melhor espumante

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 /PINTO BANDEIRA

Melhor espumante charmat

  • X Decima / Cordon D’Or Prosecco NV / VALE DOS VINHEDOS
  • Estrelas do Brasil / Brut Viognier, Chardonnay NV / SERRA GAÚCHA
  • Perini / Casa Perini Moscatel NV / FARROUPILHA
  • Valmarino / Prosecco 2014 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante método tradicional

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante nature

  • Geisse / Cave Geisse Terroir Nature 2009 / PINTO BANDEIRA

Melhor espumante brut

  • X Decima / X Decima Brut Rosé Método / Champenoise Pinot Noir 2008 / SERRA GAÚCHA

Melhor espumante brut

  • Luiz Argenta / Brut Rosé Pinot Noir NV / F LORES DA CUNHA
  • Geisse / Cave Geisse Blanc de Noir Brut Pinot Noir 2011 / PINTO BANDEIRA
  • Pedrucci / Millesimé Chardonnay, Pinot Noir,Riesling Itálico 2010 / GARIBALDI
  • Perini / N 1 Pinot Noir, Chardonnay 2008 / FARROUPILHA

Melhor moscato

  • Perini / Casa Perini Moscatel NV / FARROUPILHA

Melhor prosecco

  • X Decima / Cordon D’Or Prosecco NV / SERRA GAÚCHA

Espumante revelação do ano

  • Estrelas do Brasil / Nature 2007 / SERRA GAÚCHA
  • Pizzato / Pizzato Vertigo Brut Nature 2012 / VALE DOS VINHEDOS

O eleito Faria Lemos

  • Estrelas do Brasil / Nature Chardonnay, Pinot Noir,Riesling, Viognier 2007 /FARIA LEMOS.

O eleito Farroupilha

  • Perini / N 1 Pinot Noir, Chardonnay 2008 / FARROUPILHA

O eleito Pinto Bandeira

  • Valmarino / Valmarino & Churchill Extra Brut Lote VI / PINTO BANDEIRA

O eleito Serra Gaúcha

  • Adolfo Lona / Pas Dosé Nature Chardonnay,Pinot Noir, Merlot NV / SERRA GAÚCHA
  • Estrelas do Brasil / Nature Chardonnay, Pinot Noir, / Riesling, Viognier 2007 / SERRA GAÚCHA

O eleito Vale dos Vinhedos

  • Casa Valduga / Gran Reserva Nature Chardonnay, Pinot Noir 2009 / VALE DOS VINHEDOS

Conheças os melhores vinhos do Guia Descorchados 2015, uma fonte segura para nortear nossas taças, que nesta edição conta com cerca de 500 páginas, apresentando mais de 3.000 (três mil) vinhos degustados. Conheça abaixo os destaques:

Melhor tinto

Cousiño Macul Lota Cabernet 2009 – 97 Pontos

Melhor branco

De Martino Viejas Tnajas Muscat 2013 – 96 pontos

Branco revelação

Sierras de Bellavista Riesling 2013 – 92 pontos

Tintos revelação

Tabalí Roca Madre Malbec 2014 – 93 pontos

Santa Carolina Specialties tinto de Montaña Malbec 2013 – 94 pontos

Concha y Toro Marques de Casa Concha País Cinsault 2014 – 93 pontos

J.A Jofré Vinos Fríos del Año Carignan Tempranillo Carmenére 2014 – 93 pontos

Marca revelação

Sol de Sol, Aquitania

Bodega revelação

House Casa del Vino e El Viejo Almacén de Souzal

Melhor Cabernet Franc

Maquis Franco 2011 – 96 pontos

Melhor Cabernet Sauvignon

Cono Sur Silencio 2010 – 96 pontos

Santa Rita Casa Real Reserva Especial 2011

Melhor Carignan

Bodegas RE Re Nace Cariñena 2013 – 95 pontos

Melhor Carmenére

Concha y Toro Terrunyo Lote 1 2013 – 95

Melhor Chardonnay

Aquitania Sol de Sol 2011 – 96 pontos

Melhor Cinsault

De Martino Viejas Tinajas 2014 – 94 pontos

Melhor espumante

Bodegas RE Re Noir Nature Virgen Pinot Noir – 94 pontos

Morandé Nature Chardonnay/Pinot Noir – 94 pontos

Melhor Malbec

House Casa del Vino 2013 – 93 pontos

Viu Manet Viu 1 2011 – 93 pontos

Melhor Merlot

Tres Palacios cholqui 2011 – 93 pontos

Melhor mescla branca

Apaltagua Coleccíon Blanc 2014 – 93 pontos

Ramirana Gran Reserva 2014 – 93 pontos

William Févre 2012 – 93 pontos

Melhor Mescla Tinta

Cousino Macul Lota Cabernet 2009 – 97 pontos

Melhor moscatel

De Martino Viejas Tinajas Muscat 2013 – 96 pontos

Melhor outras cepas brancas

Casa Marin Casona Vineyard Gewurztraminer 2014 – 94 pontos

Melhor outras cepas tintas

Lapostolle Collection Monastrel 2013 – 93 pontos

Pérez Cruz Chaski Petit Verdot 2012 – 93 pontos

Melhor país

Concha y Toro Marques de Casa Concha Limited Edicion 2014 – 93 pontos

Melhor Pinor Noir

Maycas de Limarí San Julián 2013 – 93 pontos

Montsecano 2013 – 93 pontos

Tabalí Talinay 2013 – 93 pontos

Melhor Riesling

Sierras Bellavistya 2014 – 94 pontos

Melhor Rosado

Bodegas RE Pinotel Pinot Noir Moscatel 2014 – 92 pontos

Melhor Sauvignon Blanc

Laberinto 2014 – 96 pontos

Leyda Lot 4 2014 – 96 pontos

Melhor Syrah

Errázuriz Costa 2013 – 95 pontos

Leyda Lot 8 2012 – 95 pontos

Undurraga TH 2012 – 95 pontos

Super preço extremo branco

Cono Sur Bicicleta Gewurztraminer 2014 – 89 pontos

Super preço extremo tinto

Santa Rita 120 Reserva Especial Cabernet Sauvignon 2013 – 89 pontos

Super Preço branco

Leyda Garuma Vineyard Sauvignon Blanc 2014 – 94 pontos

Super preço tinto

Cacique Maravilla 2014 – 92 pontos

Maycas de Limarí Sumaq Pinor Noir 2013 – 92 pontos

O espanhol Luiz Gutiérrez, atual responsável por avaliar os vinhos chilenos, argentinos e espanhóis, para a Wine Advocate de Robert Parker, divulgou sua primeira lista de vinhos chilenos. Veja:

2010 Memórias 90+ pontos
2010 El Principal 92 pontos

O crítico Joshua Greene, editor da revista norte-americana Wine & Spirits listou os 50 melhores vinhos portugueses. São eles:

  • Adriano Ramos Pinto, Collection 2009, tinto, Douro
  • Aliança, Quinta da Dôna 2009, tinto, Bairrada
  • Anselmo Mendes Vinhos, Contacto 2012, branco, Vinho Verde
  • Casa de Mouraz, Encruzado 2012, branco, Dão
  • Casa de Mouraz, Elfa 2010, tinto, Dão
  • Casca Wines, Monte Cascas Malvasia 2011, Branco, Colares
  • Duorum Vinhos, Reserva Vinhas Velhas 2009, tinto, Douro
  • Enoport United Wines, Quinta do Boição Reserva 2012, branco, Bucelas
  • Folias de Baco, Olho no Pé Grande Reserva 2008, tinto, Douro
  • Fonseca Porto Vintage 2011
  • FTP Vinhos, Quinta do Serrado Reserva 2009, tinto, Dão
  • Herdade de Vale Barqueiros Reserva 2008, tinto, Alentejo
  • Herdade do Esporão Reserva 2010, tinto, Alentejo
  • Herdade do Esporão Verdelho 2012, Alentejo
  • Eminência 2010, branco, Vinho Verde
  • João Brito e Cunha, Quinta de S. José Touriga Nacional 2011, tinto, Douro
  • Jorge Moreira, Poeira 2010, tinto, Douro
  • Jose Maria da Fonseca, Domingo Soares Franco Colecção Privada Moscatel Roxo 2012, P. de
  • Setúbal
  • Luís Pato, Vinha Pan, 2009, Bairrada
  • Lusovini, Pedra Cancela Seleção do Énologo 2010, tinto, Dão
  • Madeira Wine Company, Blandy’s Colheita Bual 1996, Madeira
  • Monte da Ravasqueira, Vinha das Romãs 2010, tinto, Alentejo
    Muxagat 2011, tinto, Douro
  • Niepoort Vinhos, Batuta 2010, tinto, Douro
  • Niepoort Vinhos, Porto Vintage 2011, Douro
  • Quinta da Alorna, Portal da Águia 2009, tinto, Tejo
  • Quinta da Lixa, Aromas das Castas Alvarinho Trajadura 2012, branco, Vinho Verde
  • Quinta da Plansel, Marquês de Montemor Colheita Seleccionada Touriga Franca 2010, tinto,
  • Alentejo
  • Quinta da Ponte Pedrinha Vinhas Velhas 2007, tinto, Dão
  • Quinta da Sequeira Reserva 2008, tinto, Douro
  • Quinta das Bágeiras Garrafeira 2009, tinto, Bairrada
  • Quinta das Bágeiras Garrafeira 2004, branco, Bairrada
  • Quinta de Chocapalha Arinto 2011, branco, Lisboa
  • Quinta de Chocapalha 2008, tinto, Lisboa
  • Quinta de Gomariz Avesso 2012, branco, Vinho Verde
  • Quinta de Paços Casa do Capitão-mor 2011, branco, Vinho Verde
  • Quinta do Noval 2008, tinto, Douro
  • Quinta do Pinto Estate Collection 2011, tinto, Alenquer
  • Quinta do Portal Reserva 2008, tinto, Douro
  • Quinta do Sagrado, Mutante 2007, tinto, Douro
  • Quinta Seara d’Ordens TalentVs Grande Escolha 2010, tinto, Douro
  • Rui Reguinga Enologia, Terrenus 2011, Alentejo
  • Secret Spot Wines, Vale da Poupa Moscatel Galego 2012, branco, Douro
  • Soalheiro Alvarinho 2012, branco, Vinho Verde
  • Soalheiro Primeiras Vinhas 2012, branco, Vinho Verde
  • Sogevinus Fine Wines, Burmester Tordiz 40 anos, Porto Tawny
  • Solar das Bouças Loureiro 2012, branco, Vinho Verde
  • Symington Family Estates, Graham’s Single Harvest 1969, Porto Tawny
  • Vidigal Wines, Brutalis 2010,tinto, Lisboa
  • Wine & Soul, Quinta da Manoella Vinhas Velhas 2010, tinto, Douro

Texto publicado originalmente na coluna Vivendo a Vida | Caderno Prazer & Cia | Jornal A Gazeta

Virada a página de 2013, é hora de fazer uma retrospectiva, analisar o que deu certo, o que não deu e traçar metas e objetivos para o ano que acaba de começar. Meu 2013 foi espetacular, pessoalmente e profissionalmente, de muito aprendizado, com viagens, eventos e participações no júri de diversos concursos. Avaliei mais de mil rótulos.

Não poderia esquecer do meu início aqui no jornal, como colunista. Só tenho a agradecer a Deus por realizar meus sonhos e me dar a oportunidade de fazer o que gosto. É um verdadeiro “vidão”, como dizia meu falecido pai.

Critérios

Os critérios que utilizei para a escolha dos rótulos passam por qualidade, valor (limite 200 reais), disponibilidade no mercado capixaba ou pela internet e, finalmente, o gosto pessoal, um critério bastante subjetivo. Mas os vinhos são assim. Os sugeridos a seguir são de safras novas, facilmente encontrados no mercado, vinhos dos quais gostei muito e compraria para beber novamente. Ficaram de fora da seleção grandes ícones de safras antigas, que muito aprecio. Porém essa informação seria de pouca utilidade ao leitor, pura soberba.

Pesquisando os vinhos para classificar e incluir na lista, lembrei-me de cada momento, dos aromas e dos sabores, das conversas com amigos… foi incrível. Nada melhor do que ter o direito de desfrutar de um bom gole dessa bebida. Afinal, ao contrário do que alguns sugerem, degustar é um ato simples. Basta ter um abridor, uma taça e uma garrafa de boa marca e safra. Se a companhia for agradável, melhor ainda.

Desejo a todos um 2014 repleto de saúde, paz, realizações e bons caldos na taça. Até a próxima!

Vinho do Ano

Santa Ema Amplus Carignan 2009: aroma gostoso, com mentol, coco e baunilha (que também aparece em boca). Prazeroso, com ótima acidez, pede o próximo gole. Tinto longo e equilibrado, impressiona na taça. Campeão. R$ 79 | Onde: Wine Vix

Branco do Novo Mundo

Bravado Wines Marina 2011 Sauvignon Blanc: visual amarelo esverdeado e aromas minerais – nota de cajá evidente e encantadora. Paladar muito fresco, com acidez viva e bem equilibrada. Vinhaço! R$ 73 | Onde: Buywine.com.br

Tinto do Novo Mundo

Manso de Velasco 2009: 100% Cabernet Sauvignon de aroma intenso (cânfora, mentol e ameixa em calda). Paladar de bom corpo, taninos sedosos e boa acidez. Equilibrado e longo. Onde: Devinum.com.br | R$ 200

Branco do Velho Mundo

Esporão Reserva 2012: nariz com uma boa salada de frutas (abacaxi, tangerina, pêssego) e toque mineral. Paladar gordo, com notas frutadas e minerais. Saboroso, com ótima acidez. Final longo e equilibrado. R$ 80 | Onde: Ville du Vin

Tinto do Velho Mundo

Poliphonia Signature Tinto 2009: corte nada habitual de Syrah e Alicante Bouschet. Aroma intenso (coco, caramelo e frutas). Paladar gordo e retrogosto intenso, marcado pelo coco. 18 meses em carvalho. R$ 160 | Onde: Carone

Espumante Brasileiro     

Alma Única Nature: método champenoise. Borbulhas finas e persistentes. Seu aroma intenso e complexo lembra frutas secas e um delicioso tostado. Na boca, é estruturado, refrescante e longo. R$ 48 | Onde: Almaunica.com.br

Brasileiro do Ano

Miolo Lote 43 2011: de aroma intenso e complexo. Notas de frutas vermelhas e negras, florais, minerais e madeira sutil. Boca macia, fresca, com ótima acidez. Estruturado, longo e equilibrado. R$ 118 | Onde: Wine.com.br

Custo-benefício do ano

Paulo Laureano Clássico Tinto 2011: aroma de frutas frescas, ameixa e amora (toque de especiarias). Paladar leve e fresco, equilibrado. Bem-elaborado. Excelente custo-benefício. R$ 29 | Onde: Carone

Nas borbulhas que embalam o ano do centenário do espumante brasileiro, a Associação Brasileira de Enologia (ABE) realizou o 8º Concurso do Espumante Brasileiro na Capital Nacional do Champagne, Garibaldi (RS), uma homenagem ao produto que conquistou apreciadores em todo o mundo. O sabor Brasil, evidenciado e reconhecido na taça por 68 degustadores, resultou na premiação de 83 espumantes de 43 vinícolas brasileiras, sendo duas Grande Medalha de Ouro (acima de 92 pontos), 59 Ouro (88 a 91 pontos) e 22 Prata (84 a 87 pontos). O concurso reuniu 259 espumantes de 69 vinícolas.

Além da qualidade que já é notória entre especialistas e consumidores, o espumante brasileiro também demonstrou, segundo o presidente da ABE, enólogo Luciano Vian, sua evolução. “Nesta edição tivemos o privilégio de degustar espumantes jovens e maduros. A presença marcante de reservados de safras mais antigas foi um dos destaques, assim como a diversidade de estilos”, observa.

As amostras foram avaliadas por 67 degustadores divididos em cinco júris, cada um com amostras diferentes. As degustações aconteceram na quarta e quinta-feira (16 e 17), somente na parte da manhã, na Câmara da Indústria e Comércio de Garibaldi (CIC). Os trabalhos seguiram normas da Organização Internacional da Uva e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos (UIOE).

A cada edição o concurso vem crescendo no número de amostras inscritas e em sua representatividade. De 2011 para 2013 o incremento no número de espumantes foi de 12%, passando de 231 para 259 amostras. Participaram do concurso, conforme o regulamento, espumantes – já em comercialização – naturais, provenientes de uvas vitis viníferas, em duas categorias: Espumantes de segunda fermentação (charmat e tradicional) e Espumantes de primeira fermentação (moscatel).

A divulgação dos resultados e entrega das medalhas ocorreu em coquetel realizado ontem à noite, 18, no CTG Sentinela da Serra, no Parque da Fenachamp. Foram premiados os espumantes melhores classificados por categoria, respeitando o limite de 30% dos inscritos.

Silvestre Tavares avaliando – Crédito da foto (Gilmar Gomes)

68 DEGUSTADORES

Affonso Ritter – Grupo Bandeirantes e Jornal do Comércio

Alberto Miele – Embrapa Uva e Vinho

Alejandro Cardoso – Cia Piagentini

Álvaro Cézar Galvão – Site Divino Guia

Amarildo Nespolo – Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento

Anderson Schimitz – Amazon Group

André Donatti – Vinícola Campestre

Andreia Debon – Editora Novo Ciclo (Bon Vivant)

Antonio Czarnobay – Bodega Czarnobay

Atila Zavarize – Hermann Vinhos e Vinhas

Bruna Cristófoli – Four Trees Inteligência & Valor

Bruno Motter – Vinícola Don Guerino

Carlos Abarzúa – Vinícola Geisse

Carlos Zanus – Vinícola Salton

Cedenir Fortunatti – Fante Indústria de Bebidas

Christian Bernardi - Natural Products

Claudia Stefenon - Biotecsul

Daniel De Paris – Vinícola Dom Cândido

Darci Dani – AGAVI

Delto Garibaldi – Laboratório Lavin

Dirceu Scottá – Vinícola Monte Lemos

Edegar Scortegagna – Luiz Argenta Vinhos Finos

Eduardo Milan – Revista Adega

Edvaldo Galon – Vinícola Monte Lemos

Elton Viapiana - Vinícola Viapiana

Fausto Filippon - Laurentia Vinhedos

Firmino Splendor – Adega Splendor

Flavio Novello – Cooperativa Vinícola Nova Aliança

Flavio Zilio – Cooperativa Vinícola Aurora

Gabriela Poletto – IBRAVIN

Geyce Salton – Sucos Vistamontes

Gilberto Pedrucci – Vinícola Casa Pedrucci

Gilberto Simonaggio – Vinícola Miolo

Gilson Berselli – Courmayeur do Brasil

Giseli Scopel – Vinícola Perini

Irineu Guarnier Filho – Site As Boas Coisas da Vida e RBS TV

Ismar Pasini – Cooperativa Vinícola São João

Jefferson Nunes – Laboratório Enolab

Joice Seidenfus – Vinícola Salton             

Jorge Cattani – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Jose Venturini – Vinícola Góes & Venturini

Juciane Casagrande – Casa Valduga Vinhos Finos

Jurandir Nosini – Cooperativa Vinícola Aurora

Leandro Santini – Vinícola Perini

Luciane Daux - Jornal Notícias do Dia

Luciano Manfroi – IFRS-BG

Luciano Scomazzon – Chandon do Brasil

Lucindo Copat – Vinícola Salton

Luiz Renato Pozza – Vinícola Cave de Pedra

Magnos Basso – Basso Vinhos e Espumantes

Marcel Miwa – Revista Prazeres da Mesa

Marco Salton – Estabelecimento Vinícola Valmarino

Marcos Carlesso – Casa Valduga Vinhos Finos

Marcos Vian – Enovitis

Mateus Poggere – Famiglia Zanlorenzi

Mauricio Roloff – Ibravin e Jornal Pioneiro

Mauro Zanus – Embrapa Uva e Vinho

Nelson Rotta Randon – Laboratório Randon

Neuri Bruschi - Vêneto Mercantil

Paula Schenato – Aracuri Vinhos Finos

Philippe Mevel – Chandon do Brasil

Ricardo Morari – Estabelecimento Vinícola Peterlongo

Sergio De Costa – Vinícola La Cantina

Silvestre Tavares – Site Vivendo a Vida, Jornal A Gazeta e Rádio CBN de Vitória (ES)

Silvia Mascella Rosa – Revista Adega

Thomas Bolzan – Sociedade de Bebidas Panizzon

Vanderlei Gazzi – Vinícola Gazzaro

Vanessa Stefani – Vinícola Geisse

Resultado final:

Para baixar em PDF http://www.clicrbs.com.br/pdf/15745326.pdf

Desafiado pela ViniPortugal, o Master of Wine e Master Sommelier norte-americano avaliou vinhos portugueses e de acordo com a sua opinião elegeu os melhores vinhos portugueses para os EUA

Doug Frost analisou cerca de 500 vinhos portugueses. Dentro desta selecção, propõe ainda 10 Best of the Best, uma identificação dos melhores entre os melhores dentro do leque degustado, e Top 10 Best Values (custo x beneficio), uma sugestão dos vinhos que melhor se adaptam ao mercado norte-americano e melhor podem cativar os consumidores, pela relação preço-qualidade. 

10 Top of the Top da selecção:

2005 – Adega Coop de Palmela, Adega de Palmela Moscatel
Adriano Ramos Pinto, 20 Years Quinta do Bom Retiro
Casa Agricola Horacio Simões, Excellent Moscatel Roxo
2008 – Fontes da Cunha, Munda Touriga Nacional
2009 – Luis Pato, Vinha Pan
2005 – Murganheira, Vintage Bruto Espumante, Távora-Varosa
2009 – Quinta do Crasto, Reserva Old Vines, Douro
2009 – Jorge Moreira, Poeira
2010 – Quinta Dos Roques, Touriga Nacional
1969 – Symington Family Estates, W. & J. Graham’s Single Harvest Tawny Port, 

Top 50 Great Portuguese Wines:

1980 – Adega Cooperativa de Favaios ,Moscatel de Favaios 
2011 – Adega Cooperativa de Monção, Muralhas de Monção branco
2005 – Adega Cooperativa de Palmela, Adega de Palmela Moscatel
2008 – Adega Cooperativa de Penalva do Castelo, Adega de Penalva Tinto
2008 – Adega de Borba, Montes Claros Garrafeira
2009 – Adriano Ramos Pinto, Duas Quintas Reserva 
Adriano Ramos Pinto, 20 Years Quinta do Bom Retiro Porto
2011 – Anselmo Mendes Vinhos, Muros de Melgaço Alvarinho
2011 – Armindo Fernandes Vianna Loureiro, Vinhos Verdes
2009 – Bacalhôa Vinhos de Portugal, Moscatel de Setúbal
1994 – Blandy’s, Colheita Malmsey Madeira
2011 – Boas Quintas, Quinta da Giesta Tinto
Casa Agricola Horacio Simões, Excellent Moscatel Roxo
2007 – Casa Agrícola Santos Jorge, Herdade dos Machados Reserva 
2009 – Casa Santos Lima, CSL Sousão 
2009 – Casca Wines, Monte Cascas Ramisco 
2009 – Companhia das Quintas, Quinta do Cardo Grande Escolha 
2009 – Companhia das Quintas, Herdade da Farizoa Grande Escolha 
2008 – Esporão, Quinta das Murças Reserva 
2010 – Filipa Pato, Nossa Calcário 
2008 – Fontes da Cunha Munda Touriga Nacional
2009 – Herdade da Madeira Velha, Zéfyro 
2008 – Herdade dos Coelheiros, Tapada de Coelheiros 
2009 – Julia Kemper Wines, Touriga Nacional
2009 – Luis Pato, Vinha Pan
2009 – ManzWine, Contador de Estórias 
2008 – Marcolino Sebo, Visconde de Borba Reserva 
2009 – Monte da Ravasqueira, Vinha das Romãs 
2009 – Mouchão Wines, Dom Rafael 
2005 – Murganheira, Vintage Bruto Espumante
2009 – Parras Vinhos, Quinta do Gradil 
2009 – Prats & Symington, Chryseia
2011 – Quinta da Raza, Dom Diogo Alvarinho
2008 – Quinta de Lemos, Dona Georgina
2011 – Quinta do Ameal, Loureiro
2009 – Quinta do Casal Monteiro, Forma de Arte Reserva 
2009 – Quinta do Crasto, Reserva Old Vines
2008 – Quinta do Escudial, Reserva Vinhas Velhas
2008 – Quinta do Perdigão, Touriga Nacional
2009 – Quinta do Pinto, Touriga Nacional
2009 – Quinta do Poeira, Poeira
2009 – Quinta do Portal, Touriga Nacional
2008 – Quinta do Quetzal, Reserva 
2010 – Quinta dos Roques, Touriga Nacional
2009 – Sobredos, Aneto 
1969 – Symington Family Estates, W. & J. Graham’s Single Harvest Tawny Port 
2009 – Tahora, Medeiros Tinto
2009 – Terras de Alter, Fado Reserva 
2009 – Vidigal Wines, Brutalis 

Top 10 Best Values da selecção:

2008 – Adega de Borba, Montes Claros Garrafeira
2011 – Armindo Fernandes, Vianna Loureiro
2009 – Bacalhôa Vinhos de Portugal, Moscatel de Setúbal
2009 – Casa Santos Lima, CSL Sousão Tinto
2009 – ManzWine, Contador de Estórias 
2008 – Marcolino Sebo, Visconde de Borba Reserva 
2009 – Quinta do Casal Monteiro, Forma de Arte Reserva 
2008 – Quinta do Escudial, Reserva Vinhas Velhas
2008 – Quinta do Quetzal, Reserva Tinto
2009 – Terras de Alter, Fado Reserva 

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook

Neal Martin, assessor de Robert Parker que assumiu a responsabilidade de avaliar os vinhos da Espanha, Argentina e Chile para revista The Wine Advocate no lugar de Jay Miller, finalmente e depois de provar 943 vinhos de 187 produtores argentinos, publicou o seu relatório sobre o país. Intitulado: “Making Malbec on the Moonscape: Argentina 2012“, Martin destacou o papel e as percepções de vários produtores de vinho locais. Ele também sugeriu que a Argentina ainda não descobriu um potencial para gerar misturas interessantes. Informação completa em erobertparker.com.

PS: Na noite de ontem tomei conhecimento de práticas obscuras
que podem levar ao descrédito essa prova. Estou investigando. Se confirmada, será mais uma quebra de confiança ao sistema de avaliação da Wine Advocate, sob o comando do nosso querido amigo Robert Parker.

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook

O guia Platter’s South African Wines está em sua 33 ª edição e traz a avaliação de 7300 vinhos de 900 produtores da África do Sul. Platter’s South African Wines 2013
é publicado em duas versões impressa e digital, onde leva ampla informação sobre o mundo vinícola no país, hotéis, restaurantes, visitas as vinícolas, tudo isso coordenado por GPS. Nessa edição de 2013 doze vinícolas receberam classificação 5 estrelas.

Os vinhos 5 estrelas de 2013 são:

Cabernet Franc

• Raka 2009

• Von Ortloff Quintessence 2008

• Warwick 2009

Cabernet Sauvignon

• Delaire Graff Laurence Graff Reserve 2009

Pinotage

• Cape Chamonix Greywacke 2010

• Kanonkop 2010

Pinot Noir

• Cape Chamonix Reserve 2011

• Newton Johnson Family Vineyards 2011

Shiraz/Syrah

• Boschendal Cecil John Reserve 2010

• Cederberg CWG Auction Reserve Teen die Hoog 2010

• Delheim Vera Cruz 2009

• Fable Bobbejaan 2010

• Fairview Jakkalsfontein 2009

• Mullineux Family Schist 2010

• Mullineux Family Syrah 2010 (Red Wine of the Year)

• Raka Biography 2010

• Saronsberg 2010

• Simonsig Merindol Syrah 2010

Tintos (Blends)

• Dalla Cia Wine & Spirit Company Giorgio 2007

• Fleur de Cap Lazlo 2008

• Keets First Verse 2010

• Ken Forrester The Gypsy 2009

• La Motte Pierneef Shiraz-Viognier 2010

• Mvemve Raats MR De Compostella 2009

• Nico van der Merwe Mas Nicolas Cape 2007

• Sadie Family Columella 2010

Chardonnay

• Boschendal Reserve 2011

• Cape Chamonix Reserve 2011

• Hamilton Russell 2011

• Jordan CWG Auction Reserve 2011

• Jordan Nine Yards 2011

Chenin Blanc

• Alheit Cartology 2011

• Beaumont Hope Marguerite 2011

• Botanica 2011

• DeMorgenzon Reserve 2010

• Jean Daneel Signature 2011

• KWV Cathedral Cellar 2011

• Sadie Family Skurfberg 2011

• Spice Route 2011

Sauvignon Blanc

• Fryer’s Cove 2011

• Graham Beck Pheasant’s Run 2012

• Tokara Walker Bay 2012

Brancos (Blends)

• AA Badenhorst Family 2010

• Cape Chamonix Reserve 2011

• Cape Point CWG Auction Reserve 2011

• David Aristargos 2011

• Fairview Nurok 2011

• Flagstone Treaty Tree Reserve 2010

• Miles Mossop Saskia 2011

• Nederburg Ingenuity 2011

• Nederberg Sauvignon Blanc-Semillon Private Bin D252 2012

• Nitida Coronata Integration 2011

• Rall 2011

• Tokara Director’s Reserve 2011

Méthode Cap Classique

• Bon Courage Jacques Bruére Brut Reserve 2008

• Villiera Monro Brut 2007

Vinhos de sobremesa não fortificados

• Fairview La Beryl Blanc 2011

• Fleur du Cap Noble Late Harvest 2011

• Mullineux Family Straw Wine 2011

• Nederburg Winemaster’s Reserve Noble Late Harvest 2011

• Paul Cluver Noble Late Harvest 2011 (White Wine of the Year)

Fortificados tipo Porto

• De Krans The Last Cape Vintage Reserve Port 2010

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook

Para quem ainda não sabe, existe um concurso que elege as companhias aéreas que oferecem o melhor vinho. A premiação é promovida pelo Skyscanner, um site especializado em buscas de passagens aéreas, hotéis e locação de veículo. O júri foi formado por 12 sommeliers que às cegas provaram 21 vinhos que são servidos nas classes econômicas das companhias Europeias.

A companhia Thomson Airways foi eleita como a que oferece o melhor vinho tinto, o Finca La Linda Cabernet Sauvignon 2011, vendido aqui no Brasil ao preço de R$ 38,00 pela importadora Decanter.

2º SAS – Backhouse Pinot Noir, USA, 2011.

3º Pegasus Airlines – Kavaklidere Angora 2011.

4º BMI (Britishi Midland) – Grand Sud, Merlot 2011.

5º KLM (Koninklijke Luchtvaart Maatschappij) – Terra Andina Cabernet Sauvignon-Merlot (Chile) 2011.

As melhores Companhias na categoria Vinho Branco

1ª Lufthansa – Peter & Peter Riesling, Mosel, Germany 2011

2ª KLM – Terra Andina Sauvignon Blanc-Chardonnay (Chile) 2012

3ª Easyjet – Louis Mondeville, Sauvignon Blanc, Pays d’Oc, 2011)

4ª Pegasus – Kavaklidere Cankaya 2011

5ª BA & Iberia – Val de los Frailes, Bodegas Matarromera Verdejo 2011

Curta a pagina do Blog Vivendo a Vida no Facebook