search engine optimizationsubmit websiteemail extractor

Archive for the ‘ sobremesa, Tokaji, Furmint ’ Category

Possivelmente o vinho de sobremesa mais lendário do mundo, com mais de 400 anos de história, o Tokaj antecede ao Reno em um século e a Sauternes em dois na elaboração intencional de vinhos afetados pela podridão Botrytis cinerea em sua manifestação “nobre”. A alemã Marta Wille-Baumkauff faz parte da nova geração de investidores que chegou à região após a derrocada do sistema comunista, e com uma visão aberta e orientada à qualidade, conseguiu restituir à Tokajihegyalja a sua antiga glória, um verdadeiro renascimento do “vinho dos reis e rei dos vinhos”.

Vejam as diferenças entres os tipos de Tokaji, o vinho que degustei, Pendits Tokaji Furmint Édes 2007 é um colheita tardia:

  • Vinhos secos: Apelidados em tempos ordinarium (vinho comum) hoje em dia passaram a indicar o nome das respectivas castas: Tokaji Furmint, Tokaji Hárslevelû e Tokaji Sárgamuskotály.
  • Vinhos de colheitas Tardias: Nesta categoria encontram-se vinhos provenientes de uvas parcialmente boteytizadas com maior ou menor quantidade de açucar residual.
  • Tokaji Szamorodni: Esta palavra de origem polaca significa: “como nasceu” ou “como isso cresce”. O Szamorodni é elaborado a partir de uvas parcialmente botritizadas sem selecção dos bagos botritizados (aszú). Usado como aperitivo pode ser seco ou doce dependendo da proporção de uvas botritizadas.
  • Tokaji Aszú: São os vinhos mais conhecidos da região. Provêm da adição ao vinho de base de uvas com elevado grau de podridão (também designada por podridão nobre), como resultado da presença do fungo Botrytis Cinerea, dando origem à formação de uma massa pastosa. A quantidade desta “massa” adicionada ao vinho de base é quantificada em recipientes próprios designados por puttonyos (cada puttonyo significa 25 kg de aszú). Nos rótulos destes vinhos encontramos obrigatoriamente o número de “puttonyos” adicionados (varia de 3 a 6).
  • (3 puttonyos) = residual de açúcar mínimo exigido 60grs (6 a 9%) / (4 puttonyos) = residual de açúcar mínimo exigido 90grs (9 a 12%) / (5 puttonyos) = residual de açúcar mínimo exigido 129grs (12 a 15%) / (6 puttonyos) = residual de açúcar mínimo exigido 150grs (15 a 18%) / (Tokaj Eszencia Aszú) = residual de açúcar mínimo exigido 180grs (mais de 18%) / (Tokaj Eszencia) = residual de açúcar mínimo exigido 400grs (40 a 70%) muito raro.
  • Tokaji Eszencia: Uma raridade absoluta, o sumo gota-a-gota dos bagos aszú. A Eszencia é um néctar com uma concentração de açúcar comparável à do mel.

Avaliação Pessoal: ST (88) = Muito bom

Visual amarelo claro brilhante, aromas franco de frutas como abacaxi, casca de laranja, alternado com damasco e mel. O paladar apresenta untuosidade leve, bastante equilíbrio entre acidez e dulçor, fresco, com final bastante agradável e longo. Foi harmonizado com uma torta Strudel de Maçã, no qual se saiu bem.

Nordeste da Hungria – vinhedo específico “Holdvölgy” em conversão orgânica – Tokaj- Hegyalja – 100% Furmint – 3.400 garrafas – 6-8 meses em barricas de carvalho húngaro – Importador Decanter: 98,00

Ontem de tarde após fazer uma visita para um amigo em Vila Velha, aproveitei para dar uma passada na loja da Casa do Porto local. Sempre falo para o gerente da loja, Gil, que ir a cidade sem pagar o pedágio em sua loja não tem graça. Por lá sempre acho uma novidade, e dessa vez não foi diferente. Além de um azeite português não filtrado de ótima qualidade, tomei um susto ao ver um espumante Húngaro doce, o Törley Tokaji, uma novidade para meu conhecimento. Para se ver que no mundo do vinho nunca se sabe de tudo, estamos a cada dia aprendendo. Chegando em casa decidi preparar um petisco para harmonizar, Parma, Brie e uma geléia de damasco (foto abaixo).

Para saber a história da vinícola e o método de produção de todos os seus vinhos acessem o site: http://www.torley.hu/


Avaliação pessoal:

Como se pode ver na foto acima, visual dourado, perlage fina, que surpreende pela abundancia permanecendo por um bom tempo em taça. Nos aromas achei um pouco tímido, mostrando um leve floral. Seu paladar inicia seco, mostrando bom frescor, média acidez, finalizando com um dulçor não enjoativo lembrando abacaxi e mel.

A harmonização foi boa, mas acho que com uma salada de frutas para fechar uma refeição será ainda melhor.

Preço: 65,00 – ST (87)