Grande estrela da América do Sul, o Chile tem excelentes condições de clima, solo, geografia para o cultivo de uvas de ótima qualidade. Além disso, o país conta com modernas vinícolas. As principais uvas são as varietais francesas, como as tintas Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, além da Carmenére, que se transformou no mais conhecido símbolo da vitivinicultura local.

Ontem provei dois rótulos e safras do vinho chileno Anbordu, 2015 e 2014 Limited Edition. Anbordu é uma marca registrada de importadora de mesmo nome, localizada em Vitória/ES. O projeto têm um conceito diferente que é de ir mudando de vinícola, região e enólogo, de tempos em tempos, sem data definida.

A primeira safra 2012 foi produzida na vinícola Vik, vale do Cachapoal, com assinatura do enólogo Patrick Valett, ex-sócio fundador da vinícola El Principal (Memórias).

Já na safra 2015 o projeto foi para o vale do Colchagua, sendo produzido na vinícola Puent Austral Wines, com a assinatura do enólogo José Inacio Maturana, responsável pelo MW Carmenére, um dos melhores caldos feitos com esta casta no Chile.

Anbordu 2015 (14% Alc) – 58% de Cabernet Sauvignon, 22% Syrah, 15% Carmenére e 5% Merlot, que estagiou 18 meses em carvalho sendo 25% de primeiro uso e 75% de segundo. R$ 169

Destaca-se pelos aromas frutados, com toques de especiarias. Corpo médio, macio, é muito gastronômico e agradável. Harmoniza com tábua de queijos e embutidos.

Anbordu Limited Edition 2014 (14,5% Alc) – 504 garrafas produzidas – um corte inusitado de 50% Carmenére, 43% de Cabernet Sauvignon e 7% Garnacha. estagiou 18 meses em carvalho sendo 40% de primeiro uso e 60% de segundo. R$ 239 

É um vinho que chama atenção logo no início, super perfumado, fruta exuberante, concentrado e textura aveludada. Precisa de tempo em decanter.  Harmoniza bem com costela bovina e queijos maturados.

Onde encontrar > Zanatta, Wine Vix, Espaço Doc, Wine Spot e no Supermercados Perim.

Comments

comments