Gewürztraminer é certamente a uva branca que mais divide opiniões. Seu perfume exótico e ataque geralmente doce é o fator da polêmica. Eu particularmente adoro, principalmente os elaborados na Alsacia, França. A região é o maior produtor mundial de casta e você pode encontrar vários vinhos excelentes. São mais complexos e elegantes.

Recentemente tive a oportunidade de provar um alsaciano elaborado pelo Domaine Paul Blanck, que fica localizado entre as latitudes 47,5 e 49 possuindo um período de amadurecimento longo e frio. As montanhas “Vosges”, que correm no sentido Norte-Sul, protegem a região dos ventos e das chuvas. A pluviosidade é uma das mais baixas da França: 500mm. Vinhas com 20 anos de idade, manejadas organicamente.

Na taça o Paul Blanck Alsace Gewurztraminer 2010 mostrou seu lado mais doce, extremamente aromático, com notas de lichia, rosas, mel, damasco, especiarias e muito mais. O paladar grosso de textura, rico e corajoso, foi casamento perfeito com três temidos queijos de casca lavada – Taleggio, Pont L’Évêque e Reblochon. Caminhando nas nuvens. Super recomendo.

Avaliação Pessoal (ST-Silvestre Tavares) 93 pontos

Onde encontrar > http://www.utilitaimportados.com.br/

Preço: R$ 245